cinema

Dez conselhos para triunfar como realizador de cinema

Profissionais experientes e novatos da sétima arte aconselham os mais jovens cineastas.

Por Colin Crummy
12 Junho 2015, 2:06pm

Frame do documentário "Oriented" de Jake Witzenfeld

Este artigo foi originalmente publicado na nossa plataforma i-D.

Ser único autêntico e agradável com os outros é tudo o que os jovens cineastas necessitam se quiserem deixar a sua marca numa indústria tão atractiva e ambiciosa? A resposta não é simples e, por isso, vários realizadores, comissários e organizadores de festivais reuniram-se no Sheffield Doc/Fest para discutirem qual é o verdadeiro segredo para alcançar o êxito no grande ecrã.

A palestra - Getting a Foot in the Door for Young Filmmakers - foi presidida por Charlie Lyne, o realizador de Beyond Clueless, um documentário sobre o cinema adolescente americano que estreou em 2014. Recompilámos os melhores conselhos que foram dados durante o evento.

1. O pitching (ou seja, a apresentação)
"Se a apresentação não te prende durante as primeiras frases, não esperes que alguém fique preso ao filme", assegura Pegah Farahmand, o realizador do programa Random Acts, do canal britânico Channel 4. Os erros mais habituais num pitch são as frases vazias e as descrições intermináveis. Segundo Farahmand, o melhor é escrever um parágrafo curto, claro e conciso.


2. A ideia
Segundo Farahmand, muitos acreditam que as melhores histórias já foram contadas, mas a verdade é que o segredo está na forma como são contadas. Tens um ponto de vista diferente? Se apresentas a história a um produtor, pergunta-te a ti mesmo se podes encontrar a forma de a desenvolver dentro do contexto que eles te pedem, ou se deves adaptá-la às suas necessidades.


3. Tens que vender o teu filme!
O cineasta Jake Witzenfeld - que estreou o seu documentário Orientated no Doc/Fest - disse que tens que centrar-te em vender o teu trabalho, não esperar que as oportunidades venham bater à tua porta. Witzenfeld contou que, até que em Sheffield mostrassem interesse no seu filme, teve que fazer circular a obra por muitos sítios ( e teve de ouvir "não" muitas vezes).


4. Encontra o teu mentor
"Encontra alguém que adoraria ser o teu mentor. Quando estava no início da minha carreira, tive a sorte de encontrar uma pessoa que me ajudou a entender todos as artimanhas do cinema: festivais, redes, distribuição... É informação privilegiada e alguém terá que te ensinar", confessou Tom Davies, produtor do filme Breaking Monster.


5. Compromete-te
"Podes pensar que o teu projecto é tudo, mas às vezes tens que dar um passo atrás e ampliar a tua perspectiva. É muito muito importante estar atento a tudo o que se está a passar no Mundo - tanto a nível social como cultural".


6. Colabora
Se queres ser realizador, vais precisar de um operador de câmera: encontra alguém com quem trabalhar e partilhar custos. "O networking vai muito mais além de conheceres Steven Spielberg. Tens que encontrar gente que está na mesma situação que tu", assegura Charlie Lyne.


7. Sê amável
"O tamanho do teu ego pode fazer com que certas pessoas não queiram trabalhar contigo", diz Farahmand.


8. Retro-alimenta o teu trabalho
O realizador e produtor de Orientated também funciona como uma empresa que lhe dá o dinheiro suficiente para financiar o seu filme. "Encontra um trabalho em que possas fazer uso das tuas habilidades", conta-nos.


9. Sê realista
Tens que manter um equilíbrio entre as tuas metas e a realidade. Segundo Witzenfeld: "Acredita no teu trabalho, mas tem em conta que estás frente a um mercado saturado e com escassos recursos, por isso tens que ser prático".


10. Consome muito cinema
E por último, Allison Gardner - a directora da programação do Glasgow Film Festival - aconselha "ver muito cinema (e do bom)".