Obituario

Richard Swift morre aos 41 anos

O artista, multi-instrumentista e produtor tinha sido hospitalizado recentemente.

Este artigo foi originalmente publicado na nossa plataforma Noisey.

Richard Swift, cantor e compositor, multi-instrumentista e produtor, conhecido pelo seu trabalho com os The Shins e The Black Keys, bem como pelos seus meticulosamente elaborados álbuns a solo, morreu na manhã de terça-feira, 3 de Julho, em Tacoma, Washington, avançou o site Pitchfork. Tinha 41 anos. Não foi ainda confirmada a causa da morte, mas Swift tinha sido recentemente hospitalizado devido a uma condição de saúde descrita como de "risco de vida".

Publicidade

Swift lançou o seu primeiro EP, The Novelist, em 20013 e relançou-o juntamente com o mini álbum de estreia Walking Without Effort, depois de assinar com a Secretly Canadian, em 2005. Tornou-se um nome crucial na cena indie rock, lançando vários EPs de culto e discos de longa duração. O último LP, The Atlantic Ocean, de 2009, incluía contribuições de Mark Ronson, Ryan Adams, e Sean Lennon.

Em 2011 juntou-se aos The Shins e tocou com os The Black Keys como guitarrista na digressão de 2014, antes de se juntar a Dan Auerbach e à sua banda de rock de garagem, The Arcs, com quem lançou um álbum, Yours, Dreamily, em 2015. Trabalhou como produtor em discos de Tennis, Tijuana Panthers, Kevin Morby, Foxygen e muitos outros. A colaboração de Swift com Damien Jurado, Other People's Songs Volume One, foi lançada em 2013.

"Hoje, o mundo perdeu um dos músicos mais talentosos que conheço", escreveu Auerbach escreveu no Instagram. "Vou ter saudades tuas, amigo".


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.