FYI.

This story is over 5 years old.

Tecnologia

O centro da Terra é oco e está ocupado por extraterrestres

Pelo menos é isso que pensa Dianne Robbins.
18.8.13

Este artigo foi originalmente publicado na VICE USA.

Quem é que não gosta de uma boa teoria da conspiração? Não estou a falar de merdas chatas (como governos sombra, ou cenas dessas). Estou aqui para vos contar uma história sobre o facto de o planeta Terra ser oco. Depois de descobrir que a Terra alberga no seu interior extraterrestres altamente evoluídos, o meu interesse sobre o assunto atingiu níveis épicos.

Publicidade

E quando investiguei um pouco mais sobre o conceito por trás desta teoria da conspiração, percebi que as pessoas que acreditam nela fazem parte de uma comunidade enorme que se opõe à ideia - cientificamente sustentada - de que as entranhas do Planeta não estão repletas de extraterrestres superiores. Há vários livros sobre o tema, uma data de páginas web cheias de informação sobre a Terra Oca e até uma sociedade chamada I.S.C.E. (International Society for a Complete Earth), com sede em Ontário, Canadá, que celebrará a sua primeira convenção num futuro próximo (para o caso de estares interessado).

Há muito tempo que estas pessoas acreditam na existência de uma colónia subterrânea. O primeiro crente famoso é, sem dúvida, um gajo chamado John Symmes. Johnny "Buraco de Donut na Terra" Symmes queria levar uma equipa até ao Pólo Norte para encontrar uma das aberturas que, segundo ele, conduziam ao centro da Terra. Ainda que a sua expedição nunca se tenha realizado, os fanáticos da Terra Oca baptizaram a suposta entrada no Pólo Norte em sua honra, chamando-lhe "Buraco de Symmes".

Um dos primeiros relatos dignos de nota sobre uma Terra Oca surgiu em 1947, depois de uma viagem até ao Pólo Norte. Quem se saiu com o testemunho foi um almirante norte-americano chamado Richard E. Byrd. Desde que o homem disse que o Pólo Norte era "uma terra de permanente mistério", os teóricos da conspiração da Terra Oca acreditaram logo que o "permanente mistério" só poderia significar que a Terra está oca e cheia de extraterrestres.

Publicidade

Seja como for, depois de desenterrar e ler toda a informação sobre a Terra Oca, continuava curioso sobre como seria a vida no interior do nosso Planeta e, claro, com o porquê de as pessoas acreditarem que a Terra é oca. Para saber mais (e para poder expandir a minha mente superficial), liguei a Dianne Robbins, autora de Mensagens desde a Terra Oca e Telos, dois livros baseados nas suas conversas com humanóides da Terra Oca.

VICE: Olá Dianne. Podes explicar-me melhor a teoria da Terra Oca?

Dianne Robbins: Não é uma teoria. A Terra é oca e no centro há um sol central, que se mantém facilmente no seu sítio graças à gravidade. Todos os planetas são ocos e todos têm um sol central. Na Terra Oca, há mais terra firme do que água. É assim que se criam os planetas. A uns 640 quilómetros de profundidade, a gravidade muda. Nós ficamos à superfície, mas quando estás no centro também te encontras na superfície. Muito bem. O teu livro fala de um lugar lá em baixo chamado Agartha. Como é que são as diferentes formas de vida lá?

Agharta é uma rede de 100 cidades subterrâneas. No total, são cerca de 120. Telos é uma cidade subterrânea e as outras cidades aghartianas são como Telos. Se leres o meu livro Telos, ficarás a saber o que é Telos e a sua rede. Os habitantes de Telos são fisicamente humanos como nós, mas vivem em paz e em reclusão. Graças a isto, obtiveram a imortalidade. Só em paz é que é possível evoluir. Essa é a razão pela qual nós estamos presos à superfície. Já tiveste contactos com eles?

Publicidade

Sim. Sou telepata. Estas mensagens são-me ditadas por Adama, o grande sacerdote de Telos. Todas as mensagens estão nos meus livros. Também estive em contacto com Mikos, que me ditou mensagens a partir do centro da Terra. Todas as mensagens estão no meu livro Mensagens a partir da Terra Oca. De modo que, sim, estou em contacto telepático com eles. Isso é interessante. Como recebes estas mensagens? Chegam-te aleatoriamente?

Oiço-as palavra por palavra, tal e qual como te estou a ouvir agora mesmo. Nunca mudo palavras. Apenas adiciono pontuação e separo os parágrafos. Eles avisam-me sempre que querem estabelecer encontros para entregar as suas mensagens. Quando estou a escrever os meus livros falamos cerca de uma hora por dia, ou uma hora a cada dois dias. Mas tudo é feito mediante encontros. Eles sabem quando estou pronta e estão lá.

Parece que estão organizados. São amigáveis?

São como nós, mas mais evoluídos. São humanos, têm a nossa fisicalidade, mas têm uma consciência maior. Porque é que decidiram viver no centro da Terra?

Porque é maravilhoso. É um paraíso. No centro da Terra há tudo o que eles desejam: ar limpo, água pura e consciência pura. Não há dualidades ali. Tudo é perfeito. Estes extraterrestres são nativos do nosso Planeta ou fomos invadidos a partir de outro?

Vieram de outro sistema estelar. Cada ser e cada espécie veio de outros lugares. Eles começaram a chegar à Terra aquando da criação do Planeta. Muito bem. Vou assumir que os habitantes da Terra Oca são mais avançados científica, mental e espiritualmente do que nós. Estou certo? Que diferenças há entre nós e eles?

Publicidade

Eles têm tudo o que nós não temos. Têm uma visão interior. Podem ver qualquer parte do Planeta que desejem ver. Assim como tu tens lentes bifocais com as quais podes ver ao longe e ao perto, eles têm olhos que se podem ajustar a qualquer lugar do interior, ou da superfície, e quando me ditam as suas mensagens estão a olhar através de mim.

Têm um porto espacial no centro, onde naves espaciais que não emitem ruído nem poluição vêm e vão para os polos Norte e Sul. Podem abandonar o Planeta sempre que querem e voar para outros lugares da Galáxia. Têm tudo. Têm transportes que, como é óbvio, são gratuitos e têm sistemas puros e limpos. Têm transportes que são como um carro muito pequeno (como um trenó de neve) que levitam e não fazem barulho, não provocam contaminação e não utilizam combustível. Também têm água pura para beber e os oceanos têm uma consciência pura. Quando entram na água não se podem afogar, porque confluem com o próprio Oceano. Podem respirar debaixo de água e, como é óbvio, nunca matam nada que esteja no Oceano. Eles comunicam telepaticamente com a vida oceânica e entre eles.

A história desse trenó de neve parece-me muito bonita. Mas, espera, se destruírmos a nossa crosta terreste, será que isso afectará o centro da Terra e os seus residentes?

Não acho que afecte tão abaixo, mas poderá ter um efeito até muitos quilómetros de profundidade. Afecta o reino elementar que vive por baixo. Afecta as pedras preciosas, o ouro e os diamantes que crescem e se criam debaixo da superfície. Também afecta as bolsas de gás que sustêm as placas tectónicas. Quando se deslocam, supõe-se que devem deslocar-se suavemente, sem chocar umas com as outras. Como não acontece, é isso que provoca os terramotos. Não era suposto que os terramotos existissem, porque essas bolsas de gás são como lubrificante. Portanto, o que estamos a fazer afecta o que está debaixo de nós. Quando rebentam bombas, atravessas a terra inteira. Todos os seres, plantas e elementos podem senti-lo. Há pessoas que acham que Hitler viajou até ao centro da Terra para escapar ao seu destino no final da Segunda Guerra Mundial. Achas que é possível?

Publicidade

Sim, foi o que li. Pessoalmente, não recebi essa informação, mas soube que ele sabia que existia uma Terra Oca e que os alemães foram escavar para o Pólo Sul depois da Segunda Guerra Mundial. Pelo que li, diria que sim, mas nunca lhes perguntei. A sério? Esta seria a minha derradeira pergunta. Mas, mesmo assim, nós já visitámos muitas vezes os pólos Norte e Sul. E só algumas pessoas é que dizem ter visto esses buracos. Se estivessem realmente ali, não apareceriam nas imagens de satélite?

Aparecem nas imagens por satélite, mas a NASA guardou-as em segredo. Claro que aparecem. As fendas são enormes, mas têm campos de forças que as cobrem, por isso não são facilmente descobertas. Mas consegues vê-las. Eu vi muitas fotos por satélite onde se vêem, mas mantêm-nas ocultas para as pessoas. Existem outras formas de entrar?

Não me parece. Há muitos túneis e entradas em todo o Planeta, mas está tudo camuflado. Não querem que ninguém entre, porque é a sua casa. É o seu reino. Tenho a certeza que te deste conta de que tudo isto soa, no mínimo, muito extravagante. O que tens a dizer às pessoas que não te levam a sério?

Não lhes digo nada. Não estou aqui para convencer ninguém. Tens de ter um conhecimento interior. Neste mundo, tudo é uma possibilidade. Não tento convencer ninguém. Não tenho nada que dizer a pessoas que não acreditam nisso. Se as pessoas são suficientemente conscientes e abertas, se me perguntarem algo, então eu responderei. Algumas pessoas têm sistemas de crenças programados para que pensem que somos os únicos seres no universo e não estou interessada em falar com elas. Não são conscientes do mundo que as rodeia. Última pergunta. Há algo que os habitantes da Terra Oca queiram dizer-nos a nós, habitantes da superfície?

Sim, acabem com as guerras. Tentem sentir a paz, simplesmente isso. Reclamem a paz para o Planeta, porque só através da paz se pode evoluir. Todas as pessoas do centro da Terra estão prontas para passar a uma dimensão superior. Estão à espera que a superfície encontre a paz, para que todos possamos fazer uma ascensão juntos. Eles estão à nossa espera e só podemos fazê-lo mediante pensamentos pacíficos para todos, em todas as partes do Mundo.