Cultura

Isto é gozar com a música descartável da Eurovisão

A Final do Festival da Canção que se realiza este sábado em Elvas, leva 8 temas a concurso. Nenhuma soa a “fogo-de-artifício” e ainda bem.
06 March 2020, 4:41pm
hero
Depois de “Telemóveis” de Conan Osiris ter ido a Israel, quem irá representar Portugal nos Países Baixos? (Imagem referente à primeira semi-final, no Pavilhão Atlântico, em 2018. Cortesia Thomas Hanses via Eurovision.tv).

Janeiro de 2017. Meses antes de acontecer a vitória portuguesa na Eurovisão, era impensável conhecer alguém que considerasse essa hipótese. Chegados à grande final, disputada na Ucrânia, a leveza de Amar Pelos Dois bateu a concorrência e fez Salvador Sobral afirmar o seguinte:

Vivemos num mundo de música descartável, de música fast food sem qualquer conteúdo. Música não é fogo-de-artifício, são sentimentos. Vamos tentar mudar isto e trazer a música de volta, que é o que realmente importa.”

De facto, não é preciso ser um expert em Eurovisões para ter a noção de que 90 por cento das canções apresentadas são para mastigar e deitar fora. Para consumir e mandar para a reciclagem do desktop.

Em sentido contrário, os oito apurados para a final do Festival da Canção 2020 parecem caminhar por outras vielas. Depois de assistir a cada um dos temas e respectivas performances nas semi-finais, é garantido o seu contraste com a superficialidade presente na Eurovisão - o evento irá decorrer entre 12 e 16 de Maio, em Roterdão (Países Baixos). Como vais ver abaixo, há quem se destaque pela positiva, quem desiluda e quem tenha meios para surpreender os votantes do Velho Continente.

Este sábado, a partir das 21 horas na RTP1, podes ver as faixas a concurso (palavra ingrata para qualquer artista), no Coliseu Rondão Almeida, em Elvas. A cerimónia conta com a apresentação de Filomena Cautela e Vasco Palmeirim.

CANÇÃO 1

“Gerbera Amarela do Sul” - Filipe Sambado (Música e Letra: Filipe Sambado)

Descrição: Desde que o certame ganhou o actual formato (compositores escolhidos por uma equipa designada pela RTP), há músicos que, surpreendentemente, se metem nestas andanças. Em 2018, JP Simões fez o seu Alvoroço, agora é Filipe Sambado que junta inteligentemente a velha escolha do cançonetismo luso - Zeca, Fausto - com uma flamância a lembrar Ney Matogrosso.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 40% vs 7.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Deve soar a estranho junto dos eurofãs, mas ao mesmo tempo pode ganhar apreço suficiente e ser uma das que atingem o dia das grandes decisões.

Onde é certo o sucesso: Na aldeia Bons Sons.

CANÇÃO 2

“Abensonhado” - Jimmy P (Música e Letra: Jimmy P)

Descrição: Com o título mais inspirado de todos (não viesse do “imagibulário” de Mia Couto), o rapper divaga sobre as boas e as más experiências, Deus e família. Antes da batida entrar, a presença em palco ganha outra dimensão ao ter ao seu lado um quinteto com um “toque” gospel. Cantemos, irmãos.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 80% vs 7.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: A bênção dos adeptos de hip-hop e, quem sabe, ultrapassar a semi-final.

Onde é certo o sucesso: Festival Sudoeste.

CANÇÃO 3

“Mais Real Que o Amor” - Tomás Luzia (Música: Pedro Jóia / Letra: Tiago Torres da Silva)

Descrição: A juventude é bela, airosa e resplandecente. Prestes a completar os 18 anos (em Abril), Tomás Luzia demonstra uma vontade de conquistar quem o ouve, de se abrir como uma flor que se apaixona pelo jardim que a aconchega. Pese embora o esforço, este desabrochar não convence.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 25% vs 4.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Eliminação precoce.

Onde é certo o sucesso: Programas da tarde nos canais televisivos em sinal aberto.

CANÇÃO 4

“Não Voltes Mais” - Elisa Rodrigues (Música e Letra: Elisa Rodrigues)

Descrição: Um coração tropical que nos faz trautear, põe-nos a cintura a bailar e serve de atalho para evitar um ou outro espírito negativo. Há que discordar do nome da faixa e pedir que este ritmo, esta voz e toda a linguagem corporal da cantora, regressem quando quiserem.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 55% vs 6.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Apesar de ser uma carta fora do foguetório usual, tem ginga para obter muitos pontos a favor.

Onde é certo o sucesso: Festival Músicas do Mundo.

CANÇÃO 5

“Movimento” - Throes + The Shine (Música e Letra: Throes + The Shine)

Descrição: Shake com um pé em Angola e outro nos grandes centros em Portugal. Não precisamos de atiçar muito para sentir o vigor da composição, mesmo que o trio já nos tenha concedido bem melhor em quase uma década de existência.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 40% vs 5.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Estes “olhos vendados” farão agitar a multidão habitualmente marcada pela comunidade “arco-irís”. Resultado da votação? Who cares?

Onde é certo o sucesso: Eventos electrónicos e/ou de âmbito world music.

CANÇÃO 6

“Diz Só” - Kady (Música: Dino d’Santiago / Letra: Kalaf)

Descrição: O charme cabo-verdiano é deslumbrante pela mão de Katy e do trio que a acompanha. Sob o efeito “Kalafiano”, a viagem é um compêndio de reflexões e conselhos onde se homenageia, entre outras figuras, Cesária Évora e Marielle Franco. “Nada acontece sem paixão não”.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 80% vs 7.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Uma lufada de ar fresco que pode gerar a simpatia de muitos europeus e ultrapassar sem dificuldade a pré-eliminatória.

Onde é certo o sucesso: B.Leza Clube e Festival Super Bock em Stock.

CANÇÃO 7

“Medo de Sentir” - Elisa (Música e Letra: Marta Carvalho)

Descrição: Faltava a balada da praxe e essa é cantada de maneira competente pela madeirense Elisa Silva, que tem na calha o seu álbum de estreia. Não vamos perguntar ao tempo o que é uma evidência: este “medo” é uma das favoritas a cortar a meta em primeiro.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 85% vs 7.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Passar à fase decisiva e ficar a meio da tabela (ou mais acima?).

Onde é certo o sucesso: Semanas Académicas.

CANÇÃO 8

“Passe-Partout” - Bárbara Tinoco (Música e Letra: Tiago Nacarato)

Descrição: É como se os Deolinda e os Squirrel Nut Zippers fizessem uma filha e a educassem com referências do caraças (por isso, vem à baila Vinícius de Moraes, Django Reinhardt, Edith Piaf, etc.). Se te faltar imaginação para meter os patins no parceiro, podes começar por este pop-swing.

Probabilidade de vencer a Final vs Pontuação VICE 1-12: 80% vs 7.

Perspectiva caso seja escolhida para a Eurovisão: Dependendo do cenário que suporta a vivacidade do tema (a começar pela fundamental envolvência dos dançarinos), a passagem à finalíssima está no papo. Depois… É sonhar.

Onde é certo o sucesso: Peça de teatro baseada num musical.


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.

Publicidade