FYI.

This story is over 5 years old.

Noticias

Notícias pela manhã: o casamento a três e o dia do topless

E ainda: as corridas de caranguejos são moda.
28.8.13

Façam de conta que são quenianos e que proporção de género é a inversa

.

Há acordos para tudo. No Quénia, dois gajos assinaram um contrato de casamento no qual se comprometem a partilhar a mesma mulher. A senhora em questão namora com estes parceiros há quatro anos e não consegue decidir de qual gosta mais (mesmo à Marco Paulo). No documento estão previstos horários — alternados, claro — para cada homem frequentar a casa da (agora) esposa. Para quê complicar o amor?

"Importa-se que fume? E que tire a roupa?"

Recentemente, celebrou-se o dia do topless, efeméride dedicada a (surpresa!) comemorar as vantagens de ter as maminhas ao léu. Claro que somos todos a favor de causa e a Lori Welbourne, locutora de uma rádio canadiana, também. Vai daí, e enquanto entrevistava um presidente da câmara sobre o tema, a Lori decidiu retirar a blusa e passou o resto do tempo semi-nua a questionar um senhor chamado Walter Gray. Depois do engasganço inicial (sem piadas), o autarca lá conseguiu responder ao que lhe era perguntado. Aprendam, estudantes de comunicação social.

"

Guito, vem a mim!

"

Quem é a artista que mais lucra no mundo? Não, não é a Miley Cyrus (nem vamos falar dela aqui). Não, também não é a Oprah. Madonna, sim! A eterna rainha da pop é a celebridade que mais ganha no mundo, tendo amealhado, só este ano, 94 milhões de euros. Se calhar, mais valia Portugal pedir um resgate à “Isla Bonita”. Não que o FMI não seja querido, mas a Madonna tem pernas mais bonitas.

Ser raptado por profissionais é outra coisa.

Afinal, ainda há criminosos com bom coração. Uma menina de 11 anos foi sequestrada na China e o objectivo dos sequestradores era pedir um resgate de 120 mil euros. Só que a criança explicou que a família era muito pobre e não só foi libertada, como os raptores ainda lhe ofereceram 60 euros. Ainda há esperança para a humanidade.

Glória aos vencedores, honra aos vencidos.

Esqueçam as corridas de cavalos, o poker, a suecada e todos os restante jogos de azar. A nova moda na Austrália são as corridas de caranguejos. Os pubs de Sydney enchem-se de gente que bebe até cair e que aposta o seu suado dinheirinho num caranguejo favorito. E nós que pensávamos que os crustáceos só serviam para matar o apetite (ver foto).