FYI.

This story is over 5 years old.

Entretenimento

Veste as tuas maminhas como fantoches engraçados

Uma contribuição para a felicidade mundial.
11.4.12

Ouve-se muitas vezes que as boas ideias já foram todas inventadas, mas isso é uma treta pegada. Se têm dúvidas visitem o Tit Thinks It’s People, um blogue que se dedica a coleccionar fotos de maminhas adornadas com caras, bigodes e roupa. O nome oficial da coisa é “buppet” (”breast” + “puppet”) e podemos agradecer à canadiana Heidi Leigh a sua contribuição para a felicidade mundial. Adoramos mamas e fantoches, por isso ligámos à Heidi para conversar sobre tudo isto. VICE: Tenho de perguntar: como é que isto começou? Viste-te ao espelho sem roupa e pensaste “ei, isto parece uma cara!”?
Heidi Leigh: Tenho uma brincadeira com amigas que consiste em enviar e receber fotos más de telefone para chocar as outras pessoas. Começámos a enviar fotos do nosso peito em posições esquisitas. Tenho um cão que usa muita roupa, sombreros pequeninos e isso. A ideia veio daí . A maioria das fotos é com as minhas mamas, mas nem todas. Ah, então foi mesmo: tenho um sombrero e umas mamas, vamos lá combinar isto a ver no que dá?
Foi isso, sim. E assim nasceu o Señor Tetito. E agora o pessoal até pode mandar-te os seus próprios buppets.
No início, tinha umas seis ou sete fotos e pensei em criar um blogue para partilhar isto com amigos e assim. No primeiro dia tivemos logo mais de mil visitas. E foi aí que pensei em continuar, por haver gente na Austrália interessada no conceito. Depois disso tinha de permitir que o pessoal contribuisse.  Também vi um buppet masculino.
Sim, é do meu marido. Estás receptiva a buppets masculinos e femininos de igual forma?
Completamente. Na verdade, queria que isto fosse o menos sexual possível. Pois, o blogue está cheio de mamas de gaja, mas não é propriamente excitante. Não olho para aquilo e fico com ideias. Desenhar um bigode numa mama tira-lhe o apelo sexual?
A cena é que vês primeiro a cara palerma e só depois o peito. Ajuda que enquadres a foto da maneira mais adequada. E queres manter a cena assim numa de inocência.
Quero, mas é engraçado porque aquilo é no Blogspot e o Google não põe anúncios porque considera conteúdo para adultos. A reacção das pessoas é interessante. Algumas dizem-me: “Não é apropriado estar a ver isto no trabalho, não me devias ter mandado." Mas mando isto à minha mãe na boa. Não acho que seja ofensivo. O pessoal tem um problema com peitos, claramente.
Tenho pensado em maneiras de tornar tudo ainda menos sexual. Ter homens é uma das maneiras. Ou relacionar isto com o cancro da mama. Assim, se isto me desse dinheiro, podia doar algum para investigação científica na área. Isto é mais uma celebração do que uma coisa para adultos. É isso, celebrar os peitinhos.
Claro. E celebrar os buppets também.