Noticias

Pessoas em situação de rua são acordadas com jato d’água em SP

Em uma das manhãs mais frias do ano, pessoas tiveram cobertores molhados durante operação de limpeza na região central da cidade.
19.7.17

O rigoroso inverno tomou conta das regiões Sul e Sudeste do país e as temperaturas despencaram nos termômetros. Na mesma semana em que a segunda tarde mais fria do últimos 13 anos atingiu a capital paulista, a rádio CBN noticiou que a Prefeitura Municipal de São Paulo acordou pessoas em situação de rua com jato d'água. A ação, segundo a reportagem, aconteceu na Praça da Sé, na manhã de quarta-feira (19).

Publicidade

Uma empresa encarregada no trabalho de limpeza urbana estava na região por volta das 7h da manhã. Com auxílio de caminhões pipa, a empresa terceirizada limpava a praça com jatos de água que atingiam os espaços próximos de quem estava dormindo por ali. Relatos dão conta de que cobertores de pessoas em situação de rua foram molhados.

Durante a ação não foi constatada a presença de assistência social e da Guarda Civil Municipal (GCM). Em depoimento à CBN, pessoas em situação de rua afirmaram que não deu tempo de acordar e sair do lugar devido o frio desta manhã. A limpeza ocorre durante a madrugada também, tendo início por volta das 4h30 da manhã.

A prefeitura informou a equipe de reportagem que haverá entrega emergencial de cobertores na tarde de quarta-feira (19) no Canindé, zona Norte de São Paulo.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.