Noticias

CEO da Amazon diz que tablóide tentou extorqui-lo com fotos de pinto

Em post no Medium, Jeff Bezos denunciou chantagem imposta pelo tablóide norte-americano National Enquirer.
Jeff Bezos
Jeff Bezos em 2018. Foto por SAUL LOEB/AFP/Getty.

Na noite de quinta-feira, Jeff Bezos – o poderoso fundador da Amazon, dono do Washington Post e o homem mais rico do mundo – foi ao Medium anunciar que o tablóide National Enquirer tentou chantageá-lo.

Mês passado, depois do anúncio de que Bezos estava se divorciando, o Enquirer publicou mensagens de celular picantes entre Bezos e sua suposta amante Lauren Sanchez. Segundo a postagem de Bezos no Medium, o bilionário então “colocou investigadores para saber como essas mensagens foram obtidas e para determinar os motivos das muitas ações incomuns do Enquirer”.

Publicidade

No começo do mês, outras publicações, incluindo o Post, relataram que o trabalho do Enquirer sobre Bezos teria sido um ataque com motivos políticos, uma teoria baseada no fato que o Enquirer é propriedade da American Media, Inc. (AMI), cujo CEO, David Pecker, é um aliado de longa data de Trump – ano passado a AMI admitiu trabalhar para eleger Trump pagando para enterrar histórias de mulheres que teriam tido casos com o astro de reality show.

Segundo a postagem de Bezos, intitulada “Não, obrigado Sr. Pecker”, a AMI respondeu à cobertura do Post do caso ameaçando publicar um suposto e-mail de um executivo da AMI descrito como uma “foto de p****o”, além de fotos incluindo:

O Sr. Bezos sem camisa segurando o celular com a mão esquerda – usando seu anel de casado. Ele está usando uma calça cargo ou shorts apertado – e sua masculinidade semi-ereta está penetrando o zíper da peça.

Uma selfie de corpo inteiro do Sr. Bezos usando cueca boxer preta, com o celular na mão esquerda – usando seu anel de casado.

Um corpo inteiro despido usando apenas um shorts.

Uma selfie nu num banheiro – usando seu anel de casado. O Sr. Bezos está usando apenas uma toalha branca enrolada na cintura – e o topo de sua região púbica pode ser visto.

A Sra. Sanchez usando um vestido vermelho revelando o decote e uma vislumbre de suas regiões baixas.

A seguir, Bezos colou mais trechos do email. Na mensagem, mostrou que o advogado da AMI diz que, se o CEO da Amazon e seus representantes divulgassem uma declaração “afirmando que não tinham conhecimento ou base para sugerir que a cobertura da AMI foi politicamente motivada ou influenciada por forças políticas, e assinar um acordo prometendo parar de se referir a tal possibilidade”, a companhia não publicaria as fotos.

Publicidade

Esse suposto esforço para chantagear uma das pessoas mais poderosas do mundo – ameaçando publicar fotos constrangedoras documentando um caso que já pode ter acabado com o casamento dele e que todo mundo já está sabendo – não funcionou, como evidenciado pelo próprio post no Medium.

Com a postagem, até pessoas que geralmente criticam Bezos e a Amazon elogiaram a ação de envergonhar publicamente seus supostos chantagistas em vez de ceder a eles. Segundo Bezos, muitas pessoas cederam a AMI quando encararam chantagem: “Várias pessoas contataram nossos investigadores sobre experiências similares com a AMI, e como precisaram capitular porque, por exemplo, seus trabalhos estavam em jogo”, ele escreveu.

Se verdade, as alegações de Bezos iluminam uma prática escrota que vai além dos padrões não muito legais do jornalismo de tabloide – o que é ainda mais preocupante considerando que o dono do tabloide tem laços fortes com o presidente dos EUA. Claro, tem muitas coisas para tirar dessa postagem do Medium, algumas cheias de nuances, outras, bom, fica a critéiro de vocês:

o homem mais rico das Américas se chama Jeff, e estamos prestes a ver o pênis dele”

Siga o Harry Cheadle no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.