FYI.

This story is over 5 years old.

Samba do Afrodescendente com Distúrbios Mentais: Os Sambas-Enredo de 2014

O Brasil é o país do carnaval, do samba, da bunda e da pinga e isso é muito foda.

Alô povão, agora é sério! Falta apenas um dia para o Carnaval 2014. E, como tem sido nos últimos anos, talvez você não tenha escutado nenhum dos sambas-enredo que serão apresentados nos sambódromos de São Paulo e do Rio de Janeiro neste ano. Podemos culpar as rádios que não tocam os sambas, ou a rede de televisão transmissora dos desfiles que, apesar de fazer vinhetas com todas as escolas de samba, coloca sabe-se lá em qual horário esse material. Mas não tem problema, estamos aqui para ajudá-lo a identificar quais serão os refrões mais legais e as estrofes mais bizarras. Se você não vai viajar, uma coisa legal a se fazer é reunir sua turma na casa de algum amigo e montar um camarote pessoal para bater-papo, tomar bebidas alcóolicas e julgar os desfiles pela TV. É diversão garantida.

Publicidade

Legal, mas e os sambas? Quem define o tema? Por que tem patrocínio? Vamos à lousa. Primeiramente, logo depois do carnaval (ou antes, dependendo da escola) a diretoria da escola se reúne para definir qual será o enredo - o tema do carnaval - do próximo ano. Caso alguma empresa ou governo tenha interesse em patrocinar uma escola, ele conversa com a diretoria e propõe um enredo. Lembrando que o desfile e a letra do samba não podem fazer referências diretas a empresas ou marcas. Bom, definido o enredo, o carnavalesco - ou comissão de carnaval - criam uma sinopse, explicando aquele determinado tema será contado no desfile. Essa sinopse vai para a ala de compositores, que são convocados a criar sambas de acordo com o enredo. Existem “compositores profissionais” que escrevem sambas para várias agremiações. Depois, são feitas as eliminatórias na quadra da escola com os sambas concorrentes até se chegar a um vencedor. Na real cada escola tem a sua própria mecânica, mas em geral é assim que funciona.

Portanto, chegou a hooooora! Vamos analisar cada um dos sambas-enredo do grupo especial do Rio e de São Paulo. Solta o pandeiro!

Rio de Janeiro

Império da Tijuca

Ousado esse tema da Império da Tijuca, o batuque. O intérprete parece um pouco apressado e a letra dá muitas voltas.

Grande Rio

Trata-se de um enredo patrocinado pela cidade de Maricá, no estado do Rio de Janeiro. Sem mais.

Beija Flor

O nome do enredo é “O Astro Iluminado da Comunicação Brasileira” e homenageia o Boni. Sério, Beija Flor? Me dá uma alegria ouvir o Neguinho da Beija Flor falando “olha a Beija Flor aí gente!”, mas depois o samba fica chato demais.

Publicidade

Salgueiro

De longe o melhor samba desse e dos últimos anos. O Salgueiro retoma um tema clássico nos enredos: a religiosidade afro. Será cantado em uníssono na avenida.

Mangueira

Ano passado a Rosas de Ouro, de São Paulo, exibiu um enredo similar, sobre as festas brasileiras. Achei fraco o samba.

São Clemente

Gostei do samba e do enredo da São Clemente. Em 2014 eles cantam a favela. Sim, aqui não tem “comunidade” e eles mandam a real.

Mocidade Independente de Padre Miguel

É um enredo encomendado pelo governo de Pernambuco e apesar da letra não empolgar muito, pode ser que a bateria faça alguma bossa que remeta a algum ritmo pernambucano.

União da Ilha

Fique atento ao Ito Melodia, intérprete da Ilha. O cara é fera demais. Fera também é esse samba de 2014 deles que fala do mundo infantil, Se fosse um pouco mais curto, esse samba entraria para o rol dos grandes sambas da União da Ilha.

Vila Isabel

A campeã de 2013 vem novamente com um enredo patrocinado. O interessante nos sambas patrocinados da Vila é que eles conseguem deixar a coisa sutil, sem parecer exatamente uma peça comercial. Entretanto, mais um samba esquecível.

Imperatriz Leopoldinense

A Imperatriz homenageia o Zico, mas o samba é tipo a Copa de 86: melhor não lembrar.

Portela

Belíssimo samba que na avenida vai homenagear a cidade do Rio de Janeiro. Sem dúvidas, vai levantar a Sapucaí.

Unidos da Tijuca

Pode ser um problema meu, mas eu não gosto de sambas-enredo que homenageiam uma pessoa. É o caso desse da Tijuca, que fala de Ayrton Senna. Espero que passe rápido na avenida.

Publicidade

São Paulo

Leandro de Itaquera

A Leandro vai iniciar os trabalhos no sambódromo de São Paulo falando da Copa do Mundo. O refrão é bom.

Rosas de Ouro

A Rosas de Ouro canta as recordações das nossas vidas. Talvez a gente não lembre desse samba no futuro, mas gostei de terem incluído uma referência (‘Roseira onde canta o Sabiá’, de 1992) a um dos melhores sambas de todos os tempos.

X-9 Paulistana

A X-9 fala da loucura. Mais um samba que se tivesse algumas estrofes a menos seria muito bom.

Dragões da Real

A Dragões vai abordar a saudade da infância nos anos 70 e 80. O samba é bom.

Acadêmicos do Tucuruvi

O que aconteceu neste ano? Todo mundo resolveu falar de infância? Mesmo com enredo batido, o samba da Tucuruvi é empolgante.

Vai-Vai

A gigante do Bixiga vem com um enredo patrocinado que fala da cidade de Paulína (SP). A Vai Vai costuma levantar a avenida, mas esse samba é fraco.

Tom Maior

A prefeitura de Foz do Iguaçu encomendou esse enredo. Pena não ser tão bonito quanto as Cataratas.

Pérola Negra

A Pérola vem com um enredo genérico, que fala da felicidade. Mas o samba é só tristeza.

Gaviões da Fiel

Sabe o que cansa na Gaviões? Eles só falam de Corinthians nos enredos. O enredo desse ano é inacreditável. Eles homenageam o Ronaldo. Espero que ele venha vestido de Rei Momo.

Mocidade Alegre

A atual bicampeã do carnaval vai cantar a fé. A presidenta da escola, Solange Bichara, costuma acompanhar as apurações da notas de olhos fechados e com um terço na mão. O enredo veio daí. Achei interessante.

Publicidade

Nenê de Vila Matilde

A Nenê pegou o melhor intérprete de São Paulo, Aguinaldo Amaral e na avenida eles vão cantar a sedução. Acho que a proposta será cumprida.

Águia de Ouro

Apesar de homenagear uma pessoa, Dorival Caymi, a Águia conseguiu fazer um bom samba-enredo.

Império de Casa Verde

O tema é sustentabilidade, mas o samba não se sustenta.

Acadêmicos do Tatuapé

O Tatuapé encerra o carnaval do grupo especial cantando São Jorge. Matou o dragão e mostrou o pau. Mandaram bem.

O Pattoli manja tudo de carnaval e escreve no Churrasco Grego e no twitter às vezes: @pattoli