Brutalidade e broderagem no Maryland Death Fest 2016

Veja fotos da última edição do "maior festival de metal da América", incluíndo Mayhem, Infest, Weedeater, Hirax e mais.
1.6.16

Samael. Todas as fotos pelo autor.

Viver em Baltimore no final de maio significa muitas coisas: é quando o restinho do persistente inverno finalmente resolve se transformar em verão, é quando caranguejos e laranjas tomam conta da cidade e é quando uma legião de fãs de metal aparece toda coberta de roupas pretas e de couro para o Maryland Deathfest.

No seu 14º ano, o MDF continua cravado no coração do centro da cidade. E se no começo ele era um festival que só acontecia por um dia e em apenas um lugar, agora ele se extende por quatro dias em dois locais na região turística do Inner Harbor (o que sempre resulta em olhares desconfiados das famílias que foram pra cidade pro fim de semana), assim como também em um estacionamento, que virou um festival a céu aberto com dois palcos e várias tendas.

Publicidade

O que diferencia o MDF do restante dos festivais dos EUA, na minha opinião, é a broderagem que rola na multidão, os fãs de fora que vêm curtir os shows, a equipe de seguranças (vi que muitos deles sabiam as letras das músicas — isso porque a organização do evento se preocupa em só contratar seguranças que curtem metal) e a estratégia de curadoria, que colocou juntos tanto uns artistas já bem famosos na cena estadunidense quanto alguns que geralmente só fazem shows na Europa, como Paradise Lost e Samael.

Neste ano, a maior surpresa foi o afluxo das bandas mais velhas — já se esperava que os headliners Mayhem, Venom e Testament fizessem um show super daora, o que eles realmente fizeram, mas foi ótimo poder ver outras bandas menores dessa mesma "era", como Satan, Hirax ou o Demolition Hammer, fazerem shows tão bons quanto. Pra mim, o show mais cheio de energia que eu vi na semana inteira foi o do Excel — o Dan Clements estava claramente se divertindo pra caralho.

Apesar de algumas bandas terem cancelado (particularmente, foi bem triste não poder ver o Discharge) e de uma chuvinha no último dia ter dado uma esfriada no clima, o festival deste ano aconteceu sem muitos problemas. Nos leve já pro próximo, deuses do Deathfest.

The Offering

Venom

Doom

Weedeater

Claudio Simonetti's Goblin

Afternoon Gentleman

Samael

Mayhem

Repulsion

Hirax

Testament

Infest

Incantation

Khold