Drogas

Boletim Matutino da VICE - 19/11/2018

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
19.11.18
A deputada federal e futura ministra Tereza Cristina
Antonio Cruz / Agência Brasil

Brasil

Futura ministra da Agricultura Tereza Cristina tem ligações com JBS e é citada em delação

A futura ministra da Agricultura do governo Jair Bolsonaro (PSL), Tereza Cristina (DEM-MS), concedeu incentivos fiscais ao grupo JBS na mesma época em que manteve uma parceria pecuária com a empresa. A deputada arrendava uma propriedade em Terenos (MS) aos irmãos Joesley e Wesley Batista para a criação de bois e, ao mesmo tempo, ocupava o cargo de secretária estadual de Desenvolvimento Agrário e Produção de Mato Grosso do Sul. Os documentos assinados por Tereza foram entregues pelos delatores da JBS em agosto de 2017 como complemento ao acordo de delação premiada fechada em maio. – Folha de S. Paulo

Publicidade

Denúncias de violência contra religiões afro-brasileiras crescem 7,5% em 2018

O número de denúncias de discriminação religiosa contra adeptos de religiões de matriz africana no Brasil feitas pelo Disque 100, serviço de atendimento 24 horas do Ministério de Direitos Humanos, aumentou 7,5% em 2018. Foram 71 denúncias do tipo feitas de janeiro a junho deste ano, contra 66 no mesmo período de 2017. Já as denúncias feitas por discriminação contra todas as religiões caíram de 255 para 210, queda de 17% no mesmo período. Ao mesmo tempo em que crescem as denúncias de violência, as religiões afro-brasileiras registraram crescimento de 43,8% no número de adeptos em São Paulo, de acordo com o estudo “Diversidade Étnico-racial e Pluralismo Religioso no Município de São Paulo”, publicado em dezembro de 2016. – G1

Após matar mulher em sua cela, traficante Marcelo Piloto é extraditado para o Brasil

O brasileiro Marcelo Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, acusado de tráfico internacional, falsidade ideológica e homicídios, foi extraditado neste domingo (19) do Paraguai para o Brasil. Segundo a imprensa do Paraguai, ele deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05. Traficante confesso, Marcelo Piloto fugiu do Brasil depois de ser condenado a 26 anos de reclusão. No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou 17 vezes na cela em que estava uma jovem, de 18 anos, que foi visitá-lo. Autoridades paraguaias acreditam que ele cometeu o crime na tentativa de evitar a extradição para o Brasil. – Agência Brasil

Publicidade

Nova regra obriga marcas a informar no rótulo se cerveja tem milho ou arroz

As cervejas nacionais e importadas vendidas no Brasil precisarão ter, em seus rótulos, especificações mais claras sobre os ingredientes usados na fabricação. A medida está prevista em instrução normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (16). As empresas terão prazo de um ano para se adequar às novas regras. A instrução estabelece a obrigatoriedade de constar, "de modo claro, preciso e ostensivo" no rótulo das cervejas, as informações que indiquem os ingredientes que compõem a bebida, substituindo as expressões genéricas "cereais não malteados ou maltados" pela especificação dos nomes dos cereais e matérias-primas utilizados como adjunto cervejeiro. – UOL

UFRN abre primeiro curso sobre uso medicinal da maconha

Natal, capital do Rio Grande do Norte, terá pela primeira vez um curso sobre uso medicinal da cannabis voltado para estudantes e profissionais da saúde. A iniciativa é do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ICe-UFRN), que coordena o programa pós-graduação em Neurociências da instituição. O curso “Cannabis medicinal: uma atualização profissional” será promovido entre os dias 3 e 7 de dezembro. Um dos participantes do curso será o neurocientista Sidarta Ribeira, um dos autores do livro Maconha, cérebro e saúde. Também participarão do curso os neurocientistas e pesquisadores Rodrigo Romcy-Pereira, Cláudio Queiroz, Igor Sales e Sérgio Ruschi, todos do ICE. – OP9

Publicidade

Mundo

Incêndio nos EUA tem 1,3 mil desaparecidos e 79 mortes confirmadas

O número de pessoas que continuam desaparecidas em decorrência de dois incêndios que atingem o norte e o sul da Califórnia há uma semana chegou a 1,3 mil pessoas, segundo boletim divulgado pelas autoridades locais na madrugada deste domingo (18). Além disso, foram confirmadas 79 mortes. Os incêndios já devastaram cerca de 400 quilômetros quadros, segundo levantamento do Departamento de Proteção Florestal e de Incêndios da Califórnia. A maior parte das vítimas é do condado de Butte, no norte do estado. O presidente Donald Trump visitou o estado neste sábado (17) e se reuniu com equipes de resgate, bombeiros e com o governador, Jerry Brown. – Agência Brasil

Deslizamentos de terra matam 12 pessoas no Vietnã

Doze pessoas morreram no sul do Vietnã soterradas por deslizamentos de terra provocados pela tempestade tropical Toraji, que chegou à região durante o fim de semana, informou nesta segunda-feira (19) o centro de gestão de desastres do governo. As fortes chuvas causaram enchentes e deslizamentos de terra que soterraram pelo menos 12 casas em várias regiões da cidade litorânea de Nha Trang, um dos locais de maior fluxo de turistas do país. – G1