Games

Lanchonete do Xande: o time de 'Rainbow Six Siege' que só podia ser do Brasil

A história por trás do time de eSports com nome de lanchonete de bairro.
30.1.18
Ninguém diria que a Lanchonete do Xande conseguiu uma vaga pro mundial de 'Rainbow Six Siege'. Imagem: ESL/Reprodução.

Empresas de todo o mundo fazem fila para abocanhar um pedacinho do mercado de esports através de patrocínios e parcerias, mas até quem já está acostumado com isso ficou surpreso ao ver um time chamado Lanchonete do Xande entre os competidores da ESL Pro League de Rainbow Six Siege no começo deste ano.

Leia mais: Como um policial arruinado criou o game mais reacionário dos anos 90

A “Lanchonete e Suqueria do Xandão”, como também passou a ser chamada, ganhou ainda mais notoriedade por ter vencido a qualificatória latino-americana pro torneio Invitational (que dá direito a uma vaga no campeonato global) de Rainbow Six Siege, sendo assim um dos representantes do Brasil no mundial do game, que vai rolar em fevereiro, no Canadá.

Só que tudo mundo ficou encucado com essa história: como uma lanchonete de bairro virou um time de esports?

Para começar, a equipe era formada por ex-jogadores da Pain e INTZ: Guilherme “Revo1Tz” Constancio, David “SpwNs” Couto, João “Yoona”, Gabriel “Fk1” Sousa e Gabriel “GCR” Teixeira.

Publicidade

Já o nome, por incrível que pareça, não passou de uma brincadeira. Foi o Yoona que contou pra gente como aconteceu tudo. Quando os jogadores ficaram sem time, em dezembro de 2017, resolveram formar a nova equipe para disputar o Invitational, mas como não tinham apoio de nenhuma grande organização por trás, escolheram um nome no improviso.

“O Revoltz [outro membro do time] sempre falava dessa lanchonete que tinha perto da casa dele, aí resolvemos colocar o nome na brincadeira, meio que mudando um pouco, adicionando a parte de ‘Suqueria’”, revelou o jogador.

Mas a melhor parte da história é que a própria lanchonete não tinha a mínima ideia que isso estava acontecendo.

Fachada do Sucão do Xande, lanchonete de Bangu, no Rio de Janeiro. Imagem: Divulgação.

A verdadeira lanchonete do Xande se chama, na real, Sucão do Xande e existe desde 2009 em Bangu, no Rio de Janeiro. Ela é uma típica lanchonete de bairro que vende sanduíches, tortas, pizzas e sucos. A expansão dos negócios pra área de esports, porém, foi uma surpresa pro dono do estabelecimento.

“Quando eu soube, fiquei perdido, porque não sabia o que era esse jogo”, falou Alexandre de Assis, o Xande, em entrevista à VICE. “Como é que colocam o nome do meu lanche e eu não sei de nada?”

Para disputar a qualificatória pro Invitational, além do nome, o time usou também a logomarca do Sucão do Xande sem pedir autorização — o que poderia dar ruim pros jogadores. Porém, Xande viu toda a exposição que ganhou por causa de Rainbow Six Siege como algo positivo e, por sorte do time, se tocou que tudo não passava de uma brincadeira.

Publicidade

“Eu tinha duas opções: ou entrava na justiça, ou aproveitava a publicidade que estavam me dando. Como não me prejudicou, só somou pra mim, então não prejudiquei eles também", explicou.

Xande viu o seu nome aparecer nos principais sites de videogame do país e a página da lanchonete ganhar dezenas de seguidores do dia pra noite. “No final, acabei entrando na brincadeira”, disse Xande, que nunca chegou a conhecer pessoalmente os jogadores, mas os convidou para comer um lanche por lá quando for possível.

Jogadores da equipe, que agora se chama Yeah! Gaming. Imagem: Divulgação.

Infelizmente, a história do time da Lanchonete e Suqueria do Xande teve um fim precoce. Após ganharem a vaga pro mundial de Rainbow Six Siege, os jogadores entraram pra recém formada organização Yeah! Gaming (que tem Gabriel ‘Fallen’ Toledo e outros jogadores da SK Gaming, de CS:GO, como sócios) e o nome da equipe foi trocado.

Mesmo assim, sempre lembraremos do time profissional de videogame que conquistou uma vaga no mundial de Rainbow Six Siege enquanto nos proporcionava tiros, bombas e uma bela larica por um x-tudo e um suco gelado, algo que só poderia acontecer mesmo no Brasil.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.