Publicidade
Broadly Specials

O supermercado do sexo em Espanha

Das ruas de Barcelona, aos clubes de Ibiza, ou La Jonquera, a Broadly mostra as consequências da falta de regulação no trabalho do sexo.

Por Broadly Staff
01 Setembro 2015, 3:07am

Este video foi originalmente publicado na nossa plataforma Broadly. Vê mais vídeos, reportagens e documentários em VICE VÍDEO.

Espanha tem um panorama muito diversificado no que se refere ao negócio do sexo. A falta de uma legislação específica e a abertura das fronteiras europeias, ajudam a que um fluxo enorme de mulheres provenientes de outros países entre em território espanhol. Os problemas económicos que assolam o país levaram muitas delas a tomar a decisão de se dedicarem voluntariamente à prostituição.

Viajámos a vários pontos de Espanha para conhecer a situação e falámos com pessoas envolvidas na indústria do sexo - desde as primeiras mulheres filiadas numa cooperativa de prostitutas, a uma das prostitutas mais cotadas de Espanha, Paula VIP, que dá workshops para ajudar as trabalhadoras a defenderem os seus direitos.

Também entrevistámos mulheres do Leste da Europa, que atravessaram muitas fronteiras, seja à força ou voluntariamente, para satisfazer a procura insaciável de um país em que 39 por cento dos homens admite ter pago para ter sexo, pelo menos uma vez na vida.

Das ruas de Barcelona, aos clubes de Ibiza, ou de La Jonquera, onde o tráfico de seres humanos constitui um problema aflitivo, a Broadly mostra as consequências da falta de regulação no trabalho do sexo e as suas possíveis soluções.

Tagged:
Feminisme
crime
sexo
Mulheres
prostitutas
trabalho
reportagem
Documentário
imigração
prostituição
Espanha
trabalhadoras sexuais
actualidade
Destaques
fronteiras espanholas