FYI.

This story is over 5 years old.

Ouça "Cacimba", Novo Som do Produtor Paulistano EXZ

A faixa une uma linha de violão acústico a beats e o resultado é um som tranquilão.

O Alexandre Silveira ainda é um rosto novo na cena eletrônica paulistana, mas tudo indica que ele sabe o que está fazendo e curte mesmo uma brasilidade nas suas produções. Mais conhecido como EXZ, ele lançou seu primeiro EP, Mangue, pela Gop Tun no ano passado e Saola há dois meses, além de sempre se apresentar em festas como a Voodoohop e a Mamba Negra. Seguindo essa vibe brasilis, hoje (15) ele lança o single "Cacimba", sem previsão pra entrar em algum EP ou álbum. Segundo o produtor: "'Cacimba' é o nome que se dá, em algumas regiões do Nordeste, quando um poço para retirar água é cavado na rocha".

Publicidade

O Alexandre Silveira ainda é um rosto novo na cena eletrônica paulistana, mas tudo indica que ele sabe o que está fazendo e curte mesmo uma brasilidade nas suas produções. Mais conhecido como EXZ, ele lançou seu primeiro EP, Mangue, pela Gop Tun no ano passado e Saola há dois meses, além de sempre se apresentar em festas como a Voodoohop e a Mamba Negra. Seguindo essa vibe brasilis, hoje (15) ele lança o single "Cacimba", sem previsão pra entrar em algum EP ou álbum. Segundo o produtor: "'Cacimba' é o nome que se dá, em algumas regiões do Nordeste, quando um poço para retirar água é cavado na rocha".

"Nessa faixa eu quis explorar uma sonoridade mais acústica e uma estrutura mais solta", explica EXZ. A música surgiu quando o cara gravou uma session com a banda eletrônica Lumen Craft e a linha de violão deu o estalo que precisava. "A partir dela montei o beat e fui construindo em cima. Meu processo é bem fluido, vou experimentando diversas coisas até chegar em um resultado que me agrade, ao vivo cheguei a tocar ela com umas três estruturas diferentes já". Com esse resultado final bem tranquilão, só nos resta beber dessa cacimba e aproveitar o som.

O EXZ está no SoundCloud

"Nessa faixa eu quis explorar uma sonoridade mais acústica e uma estrutura mais solta", explica EXZ. A música surgiu quando o cara gravou uma session com a banda eletrônica Lumen Craft e a linha de violão deu o estalo que precisava. "A partir dela montei o beat e fui construindo em cima. Meu processo é bem fluido, vou experimentando diversas coisas até chegar em um resultado que me agrade, ao vivo cheguei a tocar ela com umas três estruturas diferentes já". Com esse resultado final bem tranquilão, só nos resta beber dessa cacimba e aproveitar o som.

O EXZ está no SoundCloud