Por que fazendeiros americanos estão hackeando seus tratores
Motherboard

Por que fazendeiros americanos estão hackeando seus tratores

Um mergulho no mercado negro de softwares ucranianos modificados para transportes agrícolas.
24.3.17

Para driblar a rigidez de uma das maiores fabricantes de tratores dos Estados Unidos, agricultores de todos os cantos do país começaram a hackear suas máquinas com softwares da Europa Oriental vendidos em fóruns online exclusivos.

O hacking de tratores está crescendo em popularidade. Parte disso se deve ao fato de que a fabricante John Deere e outras empresas similares vêm proibindo modificações "não autorizadas" em suas máquinas agrícolas. Revoltados e com discurso afiado, agricultores se juntam numa verdadeira comunidade de troca de conhecimento hacker para customizar e melhorar suas máquinas e se libertar do controle e do sistema fechado das companhias.

"Quando o trator quebra, não temos tempo para esperar um funcionário da concessionária vir arrumar", disse Danny Kluthe, um criador de porcos de Nebraska, à assembleia legislativa do estado no início do mês. "A maioria das máquinas mais novas precisa de um download para ser consertada."

O pior dos cenários — e um medo mencionado em quase todas minhas conversas com os agricultores — é que a John Deere possa inutilizar seus tratores de forma remota, deixando os fazendeiros à mercê da empresa.

Leia o resto da reportagem em Motherboard.