Entretenimento

Família do ‘menino do Acre’ fez parceria com uma editora para publicar livros

O pai de Bruno afirmou que uma editora irá publicar “Teoria de Absorção de Conhecimentos (TAC)”.
19 June 2017, 3:38pm

O 'caso do menino do Acre' ganhou um novo desdobramento. Dessa vez, o pai do estudante Athos Borges anunciou que o primeiro livro da série de obras deixadas pelo estudante, "Teoria de Absorção de Conhecimentos (TAC)", teve os direitos comprados por uma editora. O nome da editora, no entanto, não foi revelado, bem como a data de publicação do livro.

A sinopse divulgada pela família narra que o livro traz uma metodologia capaz de potencializar o leitor a absorção e criação de conhecimentos. Uma das práticas abordadas no livro sugere que o isolamento poderia ter impacto sobre a espiritualidade e os órgãos sensoriais das pessoas, gerando assim mais conhecimento, como informa o portal G1.

Leia: Investigações do menino do Acre apontam ação de publicidade

Desde o começo de maio, o caso está sendo investigado pela Polícia Federal (PF) sob suspeita de que o sumiço do Bruno seria uma jogada de marketing para promoção dos 14 livros deixados pelo jovem. A parceria entre Bruno e os amigos foi firmada em cartório, determinando a distribuição do lucro para cada participante.

Bruno, 24 anos e estudante de Psicologia, desapareceu em 27 de março e seu paradeiro segue desconhecido. O caso chamou atenção pelo teor místico e científico das inscrições que o jovem deixou na parede de seu quarto, além da estátua do filósofo Giordano Bruno cuja confecção também foi feita a pedido de Bruno antes de seu desaparecimento. Relembre os principais lances da novela no post em que contamos tudo o que sabemos sobre o caso.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.