FYI.

This story is over 5 years old.

O Bin Laden não é mais da KL Produtora

O funkeiro soltou um vídeo na tarde desta quarta (27) explicando os motivos pelos quais deixa a produtora.

O Bin Laden só queria ir pros States. Não deu (pela segunda vez) e poucos dias depois do lance que barrou sua entrada nos Estados Unidos, o funkeiro mais conhecido do país não parece mais tão tranquilo/favorável: ele anunciou que não faz mais parte do time da KL Produtora. No vídeo que postou nesta quarta-feira (27), no seu canal no YouTube, Bin Laden explica que não "ocorreu briga, discussão, ao contrário, tivemos uma conversa de amigo memo — a amizade continua entre eu e o Emerson Martins [dono da KL], que segue como um dos vendedores dos meus shows e a edição de música continua fazendo parte da KL Records".

Publicidade

Logo depois de explicar que não houve treta entre ele e seu antigo empresário, Bin Laden também disse que não está indo pra GR6 Eventos — empresa que é a nova casa do Brinquedo, por exemplo. No vídeo sem cortes, o MC ainda explica que a mudança de rumo vai ajudar seu pai, vendedor de água em semáforos, que deve trabalhar junto de Bin Laden agora. Com algum entusiasmo, o MC disse também que a mudança vai dar continuidade à sua carreira — "na minha forma" —, o que talvez sugira que as coisas andassem sendo impostas.

No reino do YouTube, fique tranquilo, tudo deve continuar igual: os clipes antigos serão mantidos no canal da KL, assim como a produtora ainda é responsável pelos direitos autorais de parte dos sons do funkeiro.

O que muda de verdade? Vamos esperar pra ver.

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.