O que os esotéricos do centro de São Paulo preveem sobre o futuro do Brasil?

FYI.

This story is over 5 years old.

Outros

O que os esotéricos do centro de São Paulo preveem sobre o futuro do Brasil?

Relaxem aí por que a Dilma continua presidente até 2018. Mas novo escândalo — fora da Operação Lava Jato — vai abalar o País.
1.4.16

Nenhuma trama da novela, série ou filme chega aos pés do atual momento político brasileiro, que nos últimos meses tem sido um sem fim de escândalos dos mais variados tipos e cores. Com base no pouco apoio do Congresso, boa parte dos cientistas políticos trabalha com a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff (PT) nos próximos meses, conforme processo guiado por Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara envolvido até o pescoço em enriquecimento ilícito, que toca o barco numa velocidade alucinante.

Publicidade

Numa situação em que até os mais experientes analistas evitam ao máximo arriscar qualquer previsão de cenário para além das próximas 24h (ou nem isso), fomos nesta semana até a região central de São Paulo para tentar encontrar respostas para algumas difíceis questões, mas agora contando com a ajuda do que está muito além das nossas mundanas capacidades de percepção.

Foto: Guilherme Santana

Pois bem, os videntes garantem que a petista consegue terminar o segundo mandato em 2018, mesmo com os infortúnios, que incluem até um pedido de cassação da chapa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os adivinhos foram questionados na tarde da última terça (29), enquanto o, até então, maior aliado PMDB anunciava a debandada do governo.

A ialorixá Tereza Ramos Santos jogou os búzios na peneira, ao meio de guias, pedras místicas e um ramo de acocô antes de ver um caminho penoso para a presidente. "Dilma vai lutar, lutar, lutar e ficar perto de cair, mas não cai", garantiu a baiana que serve às entidades do Candomblé há 62 anos e há 42 atende no Viaduto do Chá. "Vai ter gente poderosa a favor de Dilma, mas também muita danação. Ela vai passar raspando do impeachment", completou a devota de Oxum e Omolu.

Tereza agitando as conchas do futuro. Foto: Guilherme Santana

Há poucos metros dali, na Praça da República, a taróloga Márcia Silva alegou que "Dilma é uma mulher forte" e não conseguiu enxergar o vice Michel Temer (PMDB) com a faixa presidencial. A cigana, porém, viu um trunfo na vida do senador José Serra (PSDB), uma das principais lideranças da oposição. "Esse Exu aqui indica confusão, mas esse Sol mostra que ele vai brilhar. Se ele quiser ser ministro, terá que brigar muito para isso", falou após analisar cartas de tarô dos Orixás postas numa mesinha com uma cabeça de alho.

Publicidade

Ciganos não gostam de ser fotografados por estranhos, mas a Márcia era tão gente boa que deu um jeitinho. Foto: Guilherme Santana

O futuro político da ex-ministra Marina Silva (Rede), terceira colocada nas eleições de 2014 e líder na pesquisa de intenção de votos para 2018, parece ser um pouco decepcionante, segundo o tarô tradicional. "Marina tem tudo para ser presidente do Brasil, sim, mas ela tem medo. Essa carta Torre mostra que ela constrói tudo que é necessário para se elevar, mas em última hora ela cai fora", interpretou a cigana Márcia garantindo também que Marina está "rodeada de gente falsa".

A grande crítica dos petistas e defensores de Dilma é o fato dela não ser ré em nenhuma ação judicial, nem mesmo da Operação Lava Jato da Polícia Federal, fato esse que transformaria o dispositivo do impeachment em "golpe". O baralho cigano garante que tudo dará certo para a primeira presidente mulher do Brasil. A chefe de Estado ganhou cartas referentes à "vitória", "alegria" e "luta" das mãos do perito judicial e vidente Sultão das Matas, alocado também na Praça da República. "Dilma é guerreira, protegida de Iansã e vai lutar até o último minuto", falou o umbandista um tanto mal humorado.

Prazer, Sultão. Foto: Guilherme Santana

Lula ministro? Sultão contou ter lido a notícia de que o procurador-geral da República Rodrigo Janot liberaria a posse do ex-presidente como Ministro Chefe da Casa Civil, mas mesmo assim consultou o oráculo da cartomancia. "Temos aqui duas cartas positivas com essa terceira de luta. Pode dar tudo certo para Lula, mas há uma briga de foice entre três facções em Brasília e tudo pode mudar", mostrou.

Publicidade

No momento em que este texto é escrito, o ex-presidente ainda é mantido fora do primeiro escalão do governo por decisão liminar de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Voz contrária dos místicos do centro é a vidente, sensitiva e telepata Rosa Maria Jaques que ao lado do marido João Tocchetto comanda o programa Caça Fantasmas Brasil Visão Paranormal. Assim como analistas políticos, a oposição e desafetos do PT ela garante que a presidente cai logo menos. A diferença entre o entendimento da profeta e os especialistas é o modo: ela aposta que um evento muito mais forte que a Operação Lava Jato abalará o Brasil. "A Lava Jato está fazendo um belo trabalho, mas o que vem por aí, uau! Eu sei o que vem, mas se eu falar vou prejudicar o andamento", disse.

Rosa Maria e seus instrumentos para caçar fantasmas. Foto: Guilherme Santana

Paranormal desde criancinha, Rosa Maria fez ainda outra revelação relacionada à fuga. Um político, que não é Lula, e "que ninguém espera" pode deixar o país escondido para não se complicar ainda mais na Justiça. "Tem uma outra pessoa ligada ali ao governo que não está tão em evidência e que está com a malinha pronta", falou.

O espírito de Dom Pedro II (1825-1891) teria aparecido para a caça fantasmas no Museu Ferroviário do Funicular, no distrito de Paranapiacaba, durante o carnaval deste ano, e caçoado da situação política do Brasil com uma fina ironia. "Dom Pedro II nos perguntou de dentro do vagão do trem: 'é para isso que vocês queriam fundar a República?'", relatou a mística que não conseguiu dar nenhuma resposta à altura ao antigo imperador.

Aos pobres mortais sem poderes mediúnicos resta a reza braba contra o PIB negativo e o desemprego chegando aos 10%. Saravá!

ATUALIZAÇÃO 15h45: Depois da publicação desta matéria, Rosa Maria Jaques e João Tocchetto fizeram um compilado especialmente para a VICE com recados de militantes mortos do PT, Maria (a mãe de Jesus Cristo), e Dom Pedro II sobre a política brasileira. A dupla gravou as possíveis aparições em Guaíba (RS), Jundiaí (SP) e Paranapiacaba (SP) em diferentes datas. Assista:

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.