FYI.

This story is over 5 years old.

Entretenimento

​Haruo Kaneko e as peladezas trash artísticas do BRWax viraram um documentário

O trabalho do fotográfo paulistano ganha as telas pelas mãos do diretor Jun Sakuma, e terá, além de lindas mulheres peladas, comentários de gente importante da fotografia.
5.4.16

Há um ano e alguns dias, eu tocava a campainha da casa do Haruo Kaneko, a mente criminosa por trás do BRWax, buscando uma entrevista (recomendo a leitura, rs). Ele estava prestes a inaugurar uma exposição na Casa Sinlogo, em São Paulo, e me recebeu do seu jeito particular: uma câmera na mão e um baseado na outra. Meu tipo de pessoa, admito. Ele estava tirando algumas fotos da Thaís Mayumi Higa, que tive oportunidade de conhecer num workshop de shibari do PopPorn um ano antes, e uma dessas imagens até fez parte da exposição. Nosso papo foi extenso, voltamos pra época em que ele trabalhava no Mercado Municipal do Ipiranga com a família, até seu primeiro ensaio, que teve aquela motivação fetichista como impulso principal. "Ela queria se mostrar, eu tinha aptidão pra fazer e também queria ver ela pelada, saca?", palavras dele.

Mas não estou citando essa bela e comovente história porque o Facebook me lembrou e estou nostálgica. É que esse mesmo cara — e seu trabalho extremamente erótico, às vezes um pouco trash, outras vezes flertando com o artístico — agora é também tema de um documentário dirigido pelo Jun Sakuma, da produtora Bravo Cinematográfica. E o teaser é verdadeiramente emocionante, com cenas de bastidores de alguns ensaios, uma bela galeria de fotos e comentários de alguns personagens do meio, como Ju Hirschmann, Fabio Gomide, Adriano Vasconcelos, Gustavo Amaral, entre outras pessoas que já cruzaram com o Haruo nessa vida. Vale a pena o play, mas o lançamento de Snap — A fotografia de Haruo Kaneko ainda não tem data definida.

Para assistir ao trailer, clique aqui.

Siga a VICE Brasil no_ Facebook, Twitter e _Instagram.