Líder da molecada, Neymar Jr. fala sobre jornada para trazer a medalha para o Brasil

FYI.

This story is over 5 years old.

Gillette Brasil

Líder da molecada, Neymar Jr. fala sobre jornada para trazer a medalha para o Brasil

"A gente tem que entrar ligado em campo desde o primeiro minuto", afirma o camisa 10 da seleção.
11.8.16

Foto: Divulgação

A rotina do camisa 10 do Brasil é fora do normal. Tudo a sua volta ganha proporção grandiosa. Faça um teste: anote quantas vezes ao dia você lê algo sobre Neymar. Aos 24 anos, o menino da família humilde de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, deixou de ser apenas um dos mais talentosos e valiosos jogadores de futebol do mundo. Rodeado por câmeras o tempo todo, o atacante é como um astro de cinema que, em vez de ser avaliado pelos 3 ou 4 filmes ao ano, tem seu desempenho analisado uma ou duas vezes por semana, no campo.

Publicidade

A caminhada para chegar até lá, porém, não foi fácil. "Você tá ali batalhando todos os dias, é difícil, você sofre, mas no final vale a pena porque é a realização de um sonho", diz o craque. A superação, afirma o atacante, não vem fácil; o sucesso e o reconhecimento, muito menos. Tudo é fruto do tópico um da sua lista: o treino. Muito treino, diga-se. "Nos treinamentos eu procuro estar sempre fazendo os dribles pra que no jogo possa sair com perfeição", conta. "A gente tem que estar descansado pra na hora ter a precisão exata do que fazer."

Foto: Divulgação

Neymar Jr. agora treina mais forte porque sabe que será cobrado como nunca nos Jogos Olímpicos Rio 2016. No papel de um dos jogadores mais velhos do time – há apenas três jogadores com mais de 23 anos no elenco– Neymar não nega."É difícil controlar a ansiedade", disse o atacante em evento promovido pela Gillette em parceria com o canal de zoeira do esporte Desimpedidos."O que eu posso passar pra eles é a experiência que eu tive na última edição das Olimpíadas, em que perdemos a final. De estar esperto a todo momento, concentrado porque em um detalhe você pode perder tudo e foi assim com a gente."

E, focado, num tom mais sério, complementa: "A gente tem que entrar ligado em campo desde o primeiro minuto. Na verdade a gente tem que ficar ligado já desde o dia 18, que é a apresentação. O foco é ali, a gente tem que estar concentrado no nosso objetivo, focado no que a gente quer e nos unirmos, que é o mais importante."

Uma coisa é certa: Neymar Jr. está pronto para fazer a diferença e quer esse ouro para o Brasil. "Espero que eu vença, que eu consiga o meu sonho, o meu objetivo que é a medalha de ouro", diz. "Vou fazer o possível, vou treinar, vou me dedicar e me esforçar ao máximo pra tá lá no pódio no dia da final."

Foto: Divulgação