FYI.

This story is over 5 years old.

Um Cara Está Vendendo sua Camiseta Autografada pela PC Music por 100 Mil Dólares

A PC Music não é o One Direction, mas esse anúncio no Craiglist é tipo vender um pote com o ar que seu ídolo pop respirou.
Emma Garland
London, GB
Essa notícia foi publicada originalmente no Noisey EUA.

A internet é um lugar bizarro. Você pode usá-la pra pedir pizza (ou uma noiva) e combinar que seja entregue na porta da sua casa. Também pode conversar com pessoas que você nunca viu e que vivem num fuso horário completamente diferente do seu, ver um catálogo infinito de pirocas no Chatroulette e se posicionar politicamente na frente de todos os seus amigos do Facebook assinando o máximo de petições online que pode. Ou você pode vender seus bens mais preciosos, como o cara acima.

Publicidade

O moço, que vive nos arredores de Chinatown e Little Italy, em Manhattan, está anunciando no Craiglist uma camiseta assinada pelos integrantes da PC Music. Tem autógrafo da QT, da Hannah Diamond, do A.G. Cook, do Danny Harle e do FINNDIESEL. E esse item SUPER RARO sai pela bagatela de 100 mil dólares que, segundo o anunciante, vai para uma instituição de caridade que a QT escolher. Ele diz que conseguiu todas essas assinaturas na festa que a gravadora deu em Nova York, mas o conceito disso tudo é tão esquisito e tosco quanto a própria PC Music pelas razões a seguir:

1. É fácil entender quando isso acontece com ícones mundiais da cultura pop, mas a PC Music não é exatamente o Harry, o Niall, o Louis, o Liam e o Zayn (que o Deus das boyband o tenha, metaforicamente) do One Direction. E essa camiseta nem foi usada pra secar o suor da galera. Quem é o público-alvo que compraria isso?

2. Alguém ainda compra itens autografados depois de 1994? Já estamos em 2015, as pessoas querem frascos de sangue, sachês com gotas de suor, mechas do cabelo e potes com o ar que o artista respirou em shows históricos.

3. A GFOTY nem autografou a camiseta, e ela é a melhor de todos.

4. Por que alguém acha que vai arrecadar 100 mil dólares por algo que provavelmente foi usado como bandana?

5. Ah, tava quase esquecendo, POR QUÊEE?!

As possíveis respostas são: a) os americanos são insanos ou b) esse cara foi contratado pelo A.G. Cook como mais um de seus experimentos sobre a estupidez humana vs. capitalismo. E mais, quão perfeito e conveniente seria se um grupo de artistas que praticamente disponibilizou o catálogo todo de músicas gratuitamente compensasse essa grana perdida às custas de um cara com uma camiseta básica customizada com caneta com glitter?

Mas se você, assim como eu, está em busca de respostas pra essas perguntas de extrema importância, visite a página do vendedor no Craiglist. Mas nem pense em oferecer serviços específicos em troca da camiseta. Isso é tiração de onda.

Siga a Emma Garland no Twitter.