FYI.

This story is over 5 years old.

Ouça o novo EP do Sants, 'Flex'

Resultado de um hiato criativo do produtor, o trabalho é uma expansão do que já conhecíamos como Sants; em mais um lançamento Vila Califórnia style da Man Recordings, do Haaksman.
Arte por Vinicius Theodoro.

Logo depois que o produtor Diego Santos, ou Sants, lançou seu primeiro EP Chavoso, há mais de um ano, o Daniel Haaksman sugeriu que ele produzisse outro trabalho pra soltar pela sua label, a Man Recordings. Mas o Sants andava desprovido de inspiração. "Fiquei devendo porque nada do que eu tava fazendo me agradava", conta. Quando começou a trabalhar na Red Bull Studios, em São Paulo, o Diego deu uma pausa na produção de música pra só absorver e aprender com o que via lá. E saiu, segundo ele, revigorado.

Publicidade

"Foi uma experiência engrandecedora para a minha visão enquanto produtor sair do nicho ao qual eu me comunico. Acho que o que mudou foi que eu me desprendi de algumas visões um tanto limitadas de enxergar música e quis fazer algo que não só o pessoal que conhece o meu trampo poderia ouvir como também terceiras pessoas - só que sem deixar de ser eu", diz. Com essa nova perspectiva, o produtor começou a trabalhar do que futuramente seria Flex EP, que sai nessa sexta (1), justamente pela Man Recordings.

O nome vem exatamente dessa flexibilidade que o produtor pretende mostrar com o seu trabalho: "Por muitos anos eu produzi, mas por conta da falta de maturidade, acredito eu, acabei me privando de tentar coisas novas, sair da caixa. Eu vou tocar um som do DJ Maa com a mesma vontade que eu tocaria um beat de 300 plays do SoundCloud, enfim…é o jeito como eu sempre enxerguei música, sem barreiras", diz.

Ouça Flex EP:

Logo depois que o produtor Diego Santos, ou Sants, lançou seu primeiro EP Chavoso, há mais de um ano, o Daniel Haaksman sugeriu que ele produzisse outro trabalho pra soltar pela sua label, a Man Recordings. Mas o Sants andava desprovido de inspiração. "Fiquei devendo porque nada do que eu tava fazendo me agradava", conta. Quando começou a trabalhar na Red Bull Studios, em São Paulo, o Diego deu uma pausa na produção de música pra só absorver e aprender com o que via lá. E saiu, segundo ele, revigorado.

"Foi uma experiência engrandecedora para a minha visão enquanto produtor sair do nicho ao qual eu me comunico. Acho que o que mudou foi que eu me desprendi de algumas visões um tanto limitadas de enxergar música e quis fazer algo que não só o pessoal que conhece o meu trampo poderia ouvir como também terceiras pessoas - só que sem deixar de ser eu", diz. Com essa nova perspectiva, o produtor começou a trabalhar do que futuramente seria Flex EP, que sai nessa sexta (1), justamente pela Man Recordings.

O nome vem exatamente dessa flexibilidade que o produtor pretende mostrar com o seu trabalho: "Por muitos anos eu produzi, mas por conta da falta de maturidade, acredito eu, acabei me privando de tentar coisas novas, sair da caixa. Eu vou tocar um som do DJ Maa com a mesma vontade que eu tocaria um beat de 300 plays do SoundCloud, enfim...é o jeito como eu sempre enxerguei música, sem barreiras", diz.

Ouça Flex EP:

O Sants está no Facebook // Twitter // Soundcloud.

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.

O Sants está no Facebook // Twitter // Soundcloud.

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.