O prazer e a dor das relações à distância em ilustrações fascinantes
Todas as ilustrações cortesia Frida Castelli
Sexo

O prazer e a dor das relações à distância em ilustrações fascinantes

A artista italiana Frida Castelli desenha a história da sua relação de uma forma intensa e partilha-a com o Mundo através do Instagram.
22 February 2017, 11:09am

Este artigo foi originalmente publicado na nossa plataforma CREATORS e contém material para adultos.

O erotismo arrepiante foi a forma que a italiana Frida Castelli encontrou para lidar com a sua intensa e apaixonada relação de longa distância. A artista de Milão desenha imagens de si própria em momentos de êxtase, muitas vezes substituindo o seu amante por objectos que lhe perfuram, rasgam, ou penetram o corpo. "Cada obra é uma celebração do amor que sinto pelo meu homem", diz Castelli ao CREATORS.

Uma imagem típica da artista assemelha-se ao formato de uma selfie sexy, ou de uma captura de ecrã de um vídeo porno amador, mas ligeiramente distorcida pelo uso de uma broca, de um cacto, ou até, numa delas, de uma colmeia de abelhas. "Nas minhas ilustrações encontram-se as raízes das minhas emoções mais íntimas. Estou a desenhar a história da minha relação à distância e cada trabalho é uma tentativa de analisar os meus sentimentos, de os perceber melhor e de tentar dominá-los".

Por vezes as suas emoções são mais obscuras, mas Castelli ilustra o prazer extremo que faz com que a sua relação valha a pena. "É um diálogo entre ele e eu, onde só se consegue perceber o meu ponto de vista, mas é uma história de amor intensa, pontuada por momentos de solidão física, mas também por encontros absolutamente poéticos", explica.

Numa das imagens, Castelli está rodeada de pássaros e posa nua numa partitura musical. Noutra,o seu corpo está dobrado, numa curva perfeita de uma espiral fibonacci. Com cinco mil "gostos", foi de longe a sua publicação mais popular de 2016 no Instagram.


Vê também: "O Padrinho da fotografia erótica"


Para algo que se percebe como uma conversa tão pessoal, parece ser estranho que tenha lugar numa conta pública do Instagram com mais de 70 mil seguidores. Castelli afasta qualquer sentimento de desconforto em relação a isso: "Nunca pensei que fosse capaz de chegar a tanta gente. O meu objectivo era apenas de falar com o meu parceiro através de um canal pouco convencional. Fico muito contente que tantas pessoas me estejam a seguir e, honestamente, estou muito surpreendida, mas isso não altera o meu objectivo".

Recentemente, a artista italiana lançou em livro uma selecção das suas ilustrações. A obra chama-se Love is The Devil e está disponível apenas através da sua própria loja. Abaixo podes ver alguns dos fascinantes trabalhos de Frida Castelli. Segue-a também através do Instagram.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.