Notícias pela manhã: o Passos come tudo, tudo, tudo

Há pessoas que levantam voo, há outras que preferem jogar futebol.

|
27 Fevereiro 2013, 10:14am


Futebol é a primeira coisa que se deve ler pela manhã. Para os pseudo-nacionalistas que apoiam os emigrantes, há boas notícias. O Real Madrid espetou três ao Barça, em pleno Camp Nou, virando assim uma eliminatória que nem tinha corrido por aí além no Bernabéu. Um luxo numa época quase perdida desde o início. Respira, Mourinho.



O nosso primeiro-ministro escolheu o SISAB (Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas) para revelar que o país precisará de rever as metas do défice. O objectivo passa por pedir mais um ano para cumprir essa meta, isto é, justificar a austeridade mais tempo. Logo, sermos pobres mais tempo. Estás a ser um sucesso, Passos.



Ainda dizem que a situação política é dramática. Já olharam para a Itália? O Berlusconi voltou a ir a votos, quase ganhou e ainda se deu ao luxo de pedir sacríficios. O líder do partido de centro-esquerda, Bersani (que obteve 120 senadores) terá agora de escolher entre coligar-se com Berlusconi (117 senadores), ou com o comediante Beppe Grillo (54 senadores). Se fosse comigo, não pensaria duas vezes e elegeria aquele que pede um “rendimento de cidadania de 1000 euros, a saída do euro e uma semana de trabalho de 20 horas”.



Houve um gajo que conseguiu. Meteu-se num carro a alta velocidade, bateu numa irregularidade qualquer, levantou voo e esmagou um telhado de uma casa. Parece ter sido uma grande viagem. Uma merda digna daqueles vídeos virais “people are amazing”. Parabéns.