Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
Divulgação/ PBH

Brasil

3,16 milhões de desempregados buscam trabalho há mais de 2 anos, aponta IBGE

Dados divulgados nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 3,16 milhões de brasileiros procuram emprego há mais de 2 anos. Trata-se do maior número da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012. Este número corresponde a cerca de 24% do total de desempregados no país, que ficou em 13 milhões no 2º trimestre. Na comparação com o 1º trimestre do ano, houve um aumento de 238 mil no número de brasileiros que estão desempregados há mais de 2 anos. Desde o início da crise econômica, em 2014, o contingente nessa situação cresceu 162%. – G1

Publicidade

MPF diz que desembargador recebeu R$ 300 mil para liberar suspeito de chacina

O Ministério Público Federal afirma que o desembargador Ronaldo Eurípedes, do Tribunal de Justiça do Tocantins, recebeu R$ 300 mil para tirar da cadeia Carlos Roberto Pereira, acusado de encomendar uma chacina contra uma família de ciganos. O crime aconteceu em 2012, no norte do Tocantins, e o suspeito recebeu um habeas corpus de Eurípedes em 2013. Em 2017 Pereira foi condenado a mais de 76 anos de prisão, mas ainda recorre da sentença. Nesta quarta-feira (15), o desembargador foi alvo de uma operação da Polícia Federal. Ele é investigado por vendas de sentenças e enriquecimento ilícito. – G1

Homem é preso em SP por trocar rótulo de cerveja Guitt's por Original e cobrar o dobro do preço

Um vendedor de 27 anos foi preso nesta quinta-feira (15), sob suspeita de falsificar garrafas de cerveja. O flagrante ocorreu em um depósito na Casa Verde, zona norte de São Paulo. O homem foi detido acusado de falsificar bebidas alcoólicas em um galpão na zona norte de SP; ele comprava garrafas de cerveja da marca Guitt's e trocava o rótulo e a tampa por marcas da Skol e Original. O vendedor admitiu, segundo a polícia, mudar os rótulos de uma cerveja de baixa qualidade para revendê-la pelo dobro do preço. Nos fundos do depósito, os policiais localizaram diversas caixas de bebida, parte cheias, parte vazias, além de um aparelho usado para tampar as garrafas. – Folha de S. Paulo

Publicidade

Zilah Abramo, fundadora do PT, morre aos 92 anos em SP

Uma das fundadoras do PT e presidente de honra do conselho curador da Fundação Perseu Abramo, Zilah Abramo morreu nesta quinta-feira (16), em São Paulo, aos 92 anos. Durante a ditadura militar no Brasil, Zilah Abramo teve destacada atuação na defesa dos direitos humanos e da liberdade de expressão. Zilah formou-se em ciências sociais pela Universidade de São Paulo. Sua atuação política teve início no começo dos anos 1950, quando militou no PSB. Em 1952, casou-se com o jornalista, professor e dirigente do PT Perseu Abramo (1929 -1996), com quem teve cinco filhos: Laís, Helena, Mário, Marta e Bia. – Folha de S. Paulo

Mundo

Após Senado argentino vetar aborto, mulher morre ao tentar interromper gravidez em casa

Menos de uma semana após o Senado argentino rejeitar projeto de lei que descriminalizaria o aborto até a 14a semana de gravidez, uma mulher morreu por conta de complicações derivadas de uma tentativa de interromper a gravidez em casa. Segundo o jornal El Clarín, no último domingo (12), uma mulher de 24 anos foi internada em hospital de Buenos Aires com infecção generalizada após ter introduzido salsinha na vagina para tentar abortar. A mãe de dois teve de fazer uma histerectomia (cirurgia para remoção do útero) às pressas e em seguida transferida para um centro de terapia intensiva em outro hospital. Lá, ela não resistiu e morreu no dia seguinte. Este foi o terceiro aborto que a paciente tentou fazer. – Marie Claire

Publicidade

Suíça investiga médico francês que diz curar homossexualidade

As autoridades médicas da Suíça iniciaram nesta quarta-feira (15) uma investigação sobre um médico francês que afirma poder curar a homossexualidade com um tratamento homeopático. Jean-Yves Henry, clínico geral e naturopata, trabalha desde 2004 em Genebra e Lausanne, na Suíça. Ele também criou um site com aulas pagas sobre tratamentos alternativos. Em entrevista por telefone à televisão pública suíça RTS, Jean-Yves Henry, 71 anos, diplomado pela Universidade de Bordeaux, afirma não entender o tumulto provocado pelo seu artigo publicado no site em 2009. “A homossexualidade é um sintoma como outro qualquer, como uma dor de cabeça ou uma alergia. Não entendo qual é o problema”, defendeu-se o médico francês. – UOL

E mais

'Queermuseu', exposição que sofreu censura após protestos, reabre no Rio

Quando as portas das Cavalariças da Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage, no Rio de Janeiro, se abrirem no próximo sábado, o público carioca poderá visitar a exposição mais debatida e menos vista dos últimos tempos. Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira foi cercada de polêmica após seu fechamento às pressas, em setembro de 2017, pelo Santander Cultural, em Porto Alegre, respondendo a fortes críticas de grupos de extrema-direita que acusaram as obras de apologia a pedofilia, zoofilia e blasfêmia. Um mês depois, a Queermuseu foi vetada pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que gravou um vídeo afirmando que os planos de levar a exposição "de pedofilia e zoofilia" para o Museu de Arte do Rio (MAR) não iriam adiante. "Só se for no fundo do mar", afirmou à época. – BBC