Como os Vikings modernos mantêm as suas tradições vivas
Todas as fotos por Matteo Congregalli.
Viagem

Como os Vikings modernos mantêm as suas tradições vivas

Vikings Contra o Racismo estão aqui pra mostrar que você pode apreciar tradições antigas sem ser escroto.

Este artigo foi originalmente publicado na VICE Suécia.

Quando, em Setembro de 2017, o grupo neo-nazi Nordic Resistance Movement tentou organziar uma marcha em Gotemburgo, cidade da costa oeste da Suécia, o fotógrafo italiano Matteo Congregalli estava lá para documentar o evento. Entre a multidão de contra-manifestantes, um grupo específico chamou-lhe a atenção: Vikings.

Os Vikings que participavam neste contra-protesto representavam a rede Vikingar Mot Rasism (Vikings Contra o Racismo), cujos membros estão empenhados em demonstrar que é possível acarinhar as tradições ancestrais, sem que se seja necessariamente um idiota racista. Depois da marcha, Congregalli contactou os Vikings, que concordaram falar com ele e deixá-lo documentar a moderna cultura viking - mais concretamente em Skåne, a província mais a sul da Suécia, mas também na Noruega.

Publicidade

Tal como certamente muitas outras pessoas, Congregalli assumiu que ser um Viking moderno implicaria participar e andar à porrada na brincadeira em encenações de época, mas não tardou a descobrir que, na verdade, é uma forma de vida.

Kristin, uma guerreira Viking norueguesa, ajusta o seu capacete antes de um treino de batalha, em Fevereiro de 2018

No decorrer das conversas com o grupo, Congregalli também descobriu que viver como um Viking é algo que se está a tornar cada vez mais popular na Suécia, desde que o país aderiu à União Europeia, em 1994. "Senti que [o facto de a Suécia se ter juntado à UE] significou que tínhamos perdido uma parte da nossa identidade sueca", diz ao fotógrafo Ola, membro do grupo Viking Halsingarna. E acrescenta: "Juntar-me a um grupo Viking deu-me, como a muitos outros, uma forma de preservar a nossa identidade histórica".


Vê: "Os gigantes da Islândia"


Quando comecei a documentar a cultura Viking, não tardei a aperceber-me que é uma subcultura em rápida expansão", sublinha Matteo Congregalli. E acrescenta: "E, como acontece com qualqur subcultura, os Vikings de hoje estão a tentar encontrar um propósito. Algumas pessoas vão viver para aldeias Viking durante a Primavera e o Verão, enquanto outras apenas vestem a sua personagem Viking quando chegam a casa. Mas, a maioria celebra à sua maneira as tradições da era Viking ao longo de todo o ano - do festival Midwinter, à organização de casamentos Viking".

Abaixo podes ver mais fotos de Matteo Congregalli destes Vikings modernos.

Publicidade

Ragnar e Kiin são casados. Aqui estão nos arredores da aldeia Viking de Foteviken, em Skåne. Dezembro, 2017

Kristin Hage na Noruega. Fevereiro, 2018

Ingelin Skei em Tistedal, Noruega. Fevereiro, 2018

Nora Front na Noruega. Fevereiro, 2018

Cecilie Bredesen Libakken na Noruega. Fevereiro, 2018

Dag Lekander faz parte do grupo Viking Halsingarna. Novembro, 2017

Saga Hegelund é membro do grupo Viking Halsingarna. Novembro, 2017

Waldemar Hällström, do grupo Halsingarna. Novembro, 2017

Treino de uma cena de batalha na Noruega. Fevereiro, 2018


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.