FYI.

This story is over 5 years old.

viagem

A Villa do Mal do Dario Argento

E aí, fãs do susto! Esse sou eu na região de San Lorenzo, em Roma, prestes a encontrar um dos "Mestres do Terror", Dario Argento.

E aí, fãs do susto! Esse sou eu na região de San Lorenzo, em Roma, prestes a encontrar um dos "Mestres do Terror", Dario Argento.

Estava lá pra filmar uma entrevista com o Dário no seu Museu Profondo Rosso, na Via Dei Gracchi, para a VBS!

Se você ama o Dario Argento, este é provavelmente o melhor lugar do mundo pra visitar. Lá tem bustos dele para vender, assim como canecas, chaveiros, emblemas e todo tipo de memorabilia de praticamente todos os filmes de terror feitos desde o início dos tempos.

Publicidade

Um vislumbre do interior do museu. Nesta foto vemos Darth Vader e um lobisomem conversando com Freddie Kreuger. Parecem estar dizendo aos visitantes para olharem em direção à cortina vermelha. Lá dentro, uma cena do filme do Argento Terror na Ópera, de 1987, que foi um fracasso de crítica e comercial, mas depois foi revisto como uma obra-prima perdida. Tem uma parte na qual o assassino gruda agulhas embaixo dos olhos de uma mulher, fazendo com que caso ela pisque ela fique cega. Daí ela tem que assistir seu amante ser agredido até a morte com um punhal gigante. Nos seus primeiros filmes, Argento sempre atuava como assassino.

Aqui uma pintura legal do Dario. Ele está se banhando num oceano de sangue. Vê aquelas nuvens? Também parecem estar cheias de sangue.

Uma réplica de Demons -- Filhos das Trevas, filme que escreveu para o filho de Mario Bava, Lamberto. Parece que essa mulher foi atacada por um demônio, ou talvez ela mesma seja um demônio.

Outra pintura do museu. Dessa vez, de alguns cães curtindo no espaço.

Aqui temos algo que parece ter sido inspirado por alguém que usa bastante droga. Há rumores sem embasamento de que Dario Argento usou toneladas de drogas, mas isso é algo que não assinamos embaixo.

Provavelmente cozinhando um enredo para um filme assustador.

De volta aos filmes! Esse set é dedicado a um dos primeiros filmes de Jennifer Connelly, também estrelando Donald Pleasence, Phenomena.

Publicidade

Pinturas assim estavam por todo o museu. Como você pode ver, essa retrata uma dama tomando banho numa câmara submersa. A luz está atravessando as clarabóias e iluminando as bandas da bunda dela.

Essa foi a cadeira na qual o Dario se sentou durante a entrevista.

ANDY CAPPER VICE UK
TRADUÇÃO POR EQUIPE VICE BR