As comemorações do Dia do Trabalhador em Recife, São Paulo e Paraná

FYI.

This story is over 5 years old.

Noticias

As comemorações do Dia do Trabalhador em Recife, São Paulo e Paraná

Passeatas reuniram milhares de trabalhadores pró e contra impeachment.
2.5.16

Manifestantes em São Paulo. Foto por Rodrigo Zaim/R.U.A. Fotocoletivo.

Milhares de trabalhadores brasileiros saíram às ruas no domingo, dia 1º de maio, para celebrar o Dia do Trabalhador. Como de costume, o dia foi marcado por passeatas e eventos culturais para celebrar a data.

Passeata em Recife. Foto por Filipe Mendes/R.U.A Fotocoletivo.

Em Recife, nem a forte chuva afastou cerca de 15 mil pessoas, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT), que foram às ruas para prestar apoio ao governo federal. Segundo a Polícia Militar, duas mil pessoas estavam presentes na manifestação comemorativa. O início da passeata foi na Praça do Derby onde está um acampamento popular em defesa da democracia e caminhou até o Marco Zero. No centro histórico, o ato em favor dos direitos sociais e contra o impeachment teve a presença de políticos como o deputado federal Sílvio Costa (PTdoB), o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT), o e o senador Humberto Costa (PT), entre outros.

Publicidade

Na capital de São Paulo, passeatas contra e a favor do impeachment também marcaram esse domingo. Em Campos de Bagatelle, na Zona Norte, a Força Sindical, capitaneada por Paulinho da Força, engrossou o coro favorável ao impeachment. Segundo a própria organização, 500 mil pessoas compareceram no local.

Show na zona norte. Foto por Rodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo.

Já o Vale do Anhangabaú, região central, abrigou membros da CUT, militantes contra o impeachment e teve shows, um discurso da própria presidente, Dilma Rousseff, e de Guilherme Boulos, uma das lideranças do MTST. Segundo a PM, cerca de 50 mil pessoas compareceram na passeata.

Não muito distante do Vale do Anhangabaú, a Avenida Paulista foi ocupada pela organização CSP-Conlutas, ligadas ao PSTU, com o já conhecido discurso "Fora todos eles!". Segundo a Conlutas, quatro mil pessoas compareceram. No Largo da Batata, agora bem distante dos eventos do dia 1º maio, uma pequena manifestação pró-Bolsonaro foi presidida.

Na cidade de Rio Bonito do Iguaçu, no Paraná, cerca de 200 pessoas do acampamento Herdeiros da Terra do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) comemorou dois anos de sua existência. A festividade foi simples, mas bastante significativa pela sua resistência e pela defesa da democracia.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

RecifeFilipe Mendes/R.U.A Fotocoletivo

RecifeFilipe Mendes/R.U.A Fotocoletivo

RecifeFilipe Mendes/R.U.A Fotocoletivo

RecifeFilipe Mendes/R.U.A Fotocoletivo

São PauloRodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo

São PauloRodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo

São PauloRodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo

São PauloRodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo

São PauloRodrigo Zaim/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo

Rio Bonito do IguaçuIsabella Lanave/R.U.A Fotocoletivo