Nova declaração da família de Avicii sugere que DJ teria tirado sua própria vida

A família divulga uma segunda declaração sobre a morte do artista.
Foto via Kevin Winter / Getty Images

A família do DJ sueco Tim Bergling — mais conhecido como Avicii — divolgou uma segunda declaração nesta manhã, em homenagem ao artista de EDM que morreu na semana passada, aos 28 anos.

"Nosso amado Tim estava sempre numa procura, era uma frágil alma artística em busca de respostas para questões existenciais", diz a declaração. "Um perfeccionista que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao estresse extremo."

Publicidade

A declaração alude às lutas de Bergling com a fama e os desafios psicológicos que enfrentou ao se ajustar às pressões da indústria fonográfica. "Ele realmente lutou com pensamentos sobre Sentido, Vida, Felicidade. Ele não podia mais continuar. Ele queria encontrar a paz. O Tim não era feito para a máquina de negócios em que ele se encontrava; era um cara sensível que amava seus fãs, mas evitou os holofotes. "

A família de Bergling divulgou um primeiro comunicado à imprensa na terça-feira, pedindo privacidade e agradecendo aos fãs por suas homenagens.

Apesar dos relatos que dizem o contrário, a causa da morte de Bergling ainda não foi confirmada.

Leia a declaração completa abaixo:

Nosso amado Tim estava sempre numa procura, era uma frágil alma artística em busca de respostas para questões existenciais.

Um perfeccionista que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao estresse extremo.

Quando ele parou de fazer turnês, foi porque ele queria achar um equilíbrio na vida entre ser feliz e poder fazer o que ele mais amava – música.

Ele realmente lutou com pensamentos sobre Sentido, Vida, Felicidade.

Ele não podia mais continuar.

Ele queria encontrar a paz.

O Tim não foi feito para a máquina de negócios em que ele se encontrava; era um cara sensível que amava seus fãs, mas evitou os holofotes.

Tim, você será pra sempre amado. Sentiremos sua falta.

A pessoa que você foi e sua música manterão sua memória viva.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.