Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
Agência Brasil

Eleições

Lula tem 39%, Bolsonaro 19%, Marina 8%, Alckmin 6% e Ciro 5%, aponta Datafolha
Preso, condenado em segunda instância e virtualmente inelegível, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 39% das intenções de voto na primeira pesquisa do Datafolha realizada após os registros das 13 candidaturas ao Palácio do Planalto. Na simulação da disputa com Lula, Bolsonaro mantém uma estabilidade no seu eleitorado, com 19% no segundo lugar. Aparecem embolados no terceiro posto Marina Silva (Rede, com 8%), Geraldo Alckmin (PSDB, 6%) e Ciro Gomes (PDT, 5%). Sem Lula, Marina e Ciro dobram suas intenções de voto, ficando atrás de Bolsonaro com 16% e 10%, respectivamente. Alckmin também sobe para 9%, empatando na margem com Ciro. Com o petista no páreo, brancos e nulos somam 11%, com 3% de indecisos. Sem ele, os índices sobem respectivamente para 22% e 6%. – Folha de S. Paulo

Com patrimônio de R$ 668 milhões, candidato mais rico é dono de farmacêutica
O candidato mais rico nas eleições de outubro de 2018 é o empresário do ramo farmacêutico Fernando de Castro Marques. Ele declarou ter patrimônio de R$ 667,9 milhões ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Marques é filiado ao Solidariedade e tentará uma vaga ao Senado pelo Distrito Federal. Esta é a primeira vez que ele concorrerá à Casa. A maior parte do patrimônio de Marques vem de "quotas ou quinhões de capital", ou seja, participação no capital de empresas: cerca de R$ 338,9 milhões. Na década de 1970, seu pai, João Marques, comprou o laboratório Prata, que mais tarde originaria a União Química, uma das maiores farmacêuticas do Brasil. O restante do patrimônio declarado de Castro Marques é composto por aplicações, fundos e terrenos, entre outros. – UOL

Publicidade

Brasil

Barroso autoriza PF a cruzar dados de inquéritos que investigam Temer
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, autorizou nesta terça-feira (21) a Polícia Federal a cruzar informações dos dois inquéritos em que Michel Temer está entre os investigados. Um dos inquéritos foi aberto para apurar o chamado decreto dos portos. A suspeita é a de que Temer tenha editado o decreto para beneficiar empresas específicas do setor, o que o presidente nega. Em outro inquérito, é investigado o suposto acerto, num jantar no Palácio do Jaburu (residência oficial de Temer), de R$ 10 de milhões da Odebrecht para o MDB. Agora, com a decisão de Barroso, depoimentos, indícios e documentos sobre o caso dos portos também poderão ser avaliados na investigação sobre os repasses da Odebrecht. – G1

Índios venezuelanos deixam abrigo e vão embora do Brasil após ataque na fronteira
Indígenas venezuelanos Warao que viviam no abrigo público de Pacaraima, na fronteira, saíram do local nesta terça-feira (21) e voltaram para a Venezuela. Dois ônibus com 25 pessoas deixaram o lugar no início da tarde. Eles decidiram voltar para o país por medo após brasileiros atacarem venezuelanos no último sábado (18). Os indígenas seguem viagem até a região de Tucupita, onde vive a maioria dos nativos Warao. O abrigo público onde os indígenas viviam é chamado de Janokoida e também o único na fronteira. O espaço abriga uma média de 400 pessoas, todos indígenas venezuelanos. – G1

Publicidade

Erro ortográfico faz polícia apreender quase 4t de maconha em SP
Um motorista foi preso em flagrante por transportar quase quatro toneladas de maconha na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Cajati, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O carregamento era monitorado pela Receita Federal, e um erro ortográfico na nota fiscal alertou a polícia. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptaram o caminhão em um posto de fiscalização. O veículo, com placas de Guarapuava (PR), transportava um contêiner frigorífico e estava com a documentação em dia e regular, assim como a do condutor, e tinha como destino Vila Velha (ES). Entretanto, os policiais verificaram que, na descrição do produto transportado, estava escrito "dorço" de frango congelado, sendo que a grafia correta é "dorso". O erro propiciou que fosse constatada uma falsificação nos documentos referentes à carga, que foi alvo de uma varredura pelos policiais rodoviários federais. – G1

E mais

Justiça do Rio de Janeiro libera entrada de crianças na mostra 'Queermuseu'
A Justiça reverteu uma decisão provisória que proibia menores de 14 anos de entrarem na "Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira", no Rio. No plantão do último fim de semana, o juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, expediu liminar com a decisão e a curadoria da mostra e a EAV (Escola de Artes Visuais) do Parque Lage, que abriga a exibição, recorreram. De acordo com comunicado, a mostra seguirá a recomendação de classificação indicativa do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, com afixação de cartazes na entrada informando que a mostra "não é recomendada a menores de 14 anos desacompanhados dos pais ou responsáveis". – UOL

Ator de "LazyTown" morre aos 43 anos após longa batalha contra câncer
Stefan Karl Stefansson, que ficou conhecido por interpretar Robbie Rotten na série infantil "LazyTown", morreu após uma batalha de dois anos contra um câncer no ducto biliar. Um porta-voz da família do ator confirmou ao "TMZ" que ele morreu nesta terça-feira (21) ao lado de familiares e amigos. O islandês estrelou a série por dez anos, sendo sua última participação no episódio decisivo do projeto em 2014. "LazyTown" é um dos programas infantis mais populares dos últimos anos e no Brasil foi exibido no SBT e Discovery Kids. O ator foi diagnosticado com câncer em 2016, mas após uma cirurgia parecia que ele conseguiria se recuperar. A doença voltou em 2018 e ainda mais forte. – UOL

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.