Publicidade
Munchies

Mulher tenta comer polvo vivo, polvo tenta comer mulher viva

Vê esta mulher a tentar cometer uma crueldade animal mascarada de truque "engraçado" e a sofrer um karma instantâneo.

Por Gavin Butler
09 Maio 2019, 9:42am

Image via YouTube/Aaron

Este artigo foi publicado originalmente na VICE ASIA.

Tentar comer um polvo vivo é uma má ideia. Talvez já soubesses isso, mas vale a pena repetir, porque, aparentemente, algumas pessoas não sabem. O caso desta mulher na China parece ser um exemplo bastante claro disso.

Num vídeo que se tornou viral nas últimas 24 horas, uma vlogger - conhecida online como "Little Seven, a miúda do litoral" - filmou a sua tentativa de consumir um molusco muito vivo. O que começou por ser um caso clássico de crueldade contra animais disfarçado de truque ao estilo Jackass, transformou-se rapidamente numa luta pela sobrevivência, quando o polvo se agarrou ao rosto da mulher e à sua vida.

Em seguida, Little Seven passa uns bons 30 segundos do vídeo a chorar e a tentar soltar o povo, enquanto este, basicamente, lhe tenta arrancar a cara. O bico acaba por largá-la, deixando-a com uma pequena picada de sangue na bochecha.

"A minha cara está desfigurada", diz ela, conforme descreve o The Independent, antes de garantir aos espectadores que vai "comer [o polvo] no próximo vídeo".

Existem várias razões que fazem com que este tipo de coisa seja imprudente - a ética, por exemplo. Comer qualquer animal enquanto ele ainda respira é cruel e, para além disso, um polvo também não é um animal qualquer. Os polvos são, de facto, os invertebrados mais inteligentes do Planeta, com 500 milhões de neurónios. Um número que os coloca “quase ao nível dos cães” em termos de inteligência, segundo o The Guardian, enquanto as suas impressionantes funções cognitivas e emocionais estão a levar muitas pessoas a questionar se é moralmente defensável comê-los.



Este dilema, obviamente, é ainda maior quando estamos a falar de os comer vivos. Há alguns anos, a VICE falou com Jennifer Mather, especialista em cefalópodes, sobre como um polvo vivo se sente enquanto está a ser consumido. "Não há absolutamente nenhuma dúvida de que sentem dor", garantiu Jennifer. E acrescentou: "É uma coisa bárbara de se fazer ao animal... Acho difícil ter alguma simpatia por pessoas que se engasgam com um animal vivo que estão a comer pedaço por pedaço".

O que nos traz de volta ao vídeo e a outra razão muito boa pela qual nunca deves tentar comer um cefalópode que ainda se contorce: porque há sempre uma boa probabilidade de ele se defender e te tentar matar. Há uma sensação de justiça kármica no vídeo da menina Little Seven; um exemplo satisfatório de um animal que exige uma vingança instantânea sobre o humano arrogante que está, essencialmente, a tentar torturá-lo só pela suposta piada. Mas, também deve servir como um aviso para qualquer um que ainda não tenha recebido o memorando: tentar comer um polvo vivo é uma má ideia - e se esse polvo tentar arrancar-te a cabeça no processo, provavelmente é porque mereces.


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.