Por favor, não chafurdem nos legados de Kurt e de Amy