Publicidade
Noisey

A banda de death metal polonesa Decapitated foi acusada de estupro coletivo

Os documentos divulgados na segunda-feira (11) dizem que a banda agrediu sexualmente uma mulher após um show em Washington.

por Alex Robert Ross; Traduzido por Amanda Cavalcanti
13 Setembro 2017, 8:27pm

Imagem via Wikimedia Commons

Os quatro membros da banda polonesa de death metal Decapitated, que foram presos no sábado (9) por serem suspeitos de sequestrar uma mulher após um show em Spokane, Washington, também são suspeitos de agredi-la sexualmente em seu ônibus de turnê. A notícia foi dada pela Associated Press, que teve acesso aos documentos do tribunal que foram divulgados na segunda-feira (11).

Os documentos dizem que a mulher e sua amiga foram convidadas ao ônibus do Decapitated depois de seu show no The Pin no dia 31 de agosto, e que a agressão ocorreu no banheiro do ônibus. A amiga da mulher disse que ela presenciou os membros da banda cometendo a agressão. "Ela viu pelo espelho e pelo canto do olho cada um dos membros da banda se revezarem para estuprá-la", consta no documento.

A mulher disse que um dos membros da banda a ajudou a se vestir e a levou pra fora do ônibus. Ela ligou para alguns membros de sua família antes de chamar a polícia. A mulher foi, mais tarde, levada ao hospital. Os documentos do tribunal dizem que ela teve lesões consistentes com a denúncia.

Todos os membros da banda — Michal Lysejko, 31 anos; Waclaw Kieltyka, 35; Rafal Piotrowski, 31; e Hubert Wiecek, 30 — estão presos em Los Angeles. Depois de comparecer a um tribunal de Los Angeles ontem, eles serão extraditados para Spokane num prazo de 30 dias.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.