Este balconista de dispensário de maconha enfrentou ladrões usando um bong

Praticamente um John Wick da cannabis, assista ao vídeo.

por Mack Lamoureux; Traduzido por Marina Schnoor
|
12 Setembro 2018, 2:43pm

Photo via screenshot do YouTube. 

Matéria originalmente publicada pela VICE Canadá.

Fazia muito tempo que uma pessoa não entrava para o panteão Puta Cara Foda™.

A gente não via um competidor desde os caras que enfrentavam o Kimbo Slice em lutas de boxe clandestinas no quintal pra sustentar a família. Mas isso muda hoje: quero inscrever esse funcionário de um dispensário de maconha que enfrentou três assaltantes com um bong depois de levar spray contra urso na cara. Venha comigo que vou apresentar meus argumentos – é, foi tudo filmado.

Na verdade, o vídeo, que foi postado na internet por um usuário chamado Big Daddy Dishrags, é quase bom demais pra ser verdade. Mas numa busca rápida no Facebook da Polícia de Tyendinaga, Ontário, você acha uma postagem descrevendo o que aconteceu e pedindo ajuda do público para identificar os suspeitos. A polícia diz que tudo aconteceu no dia 6 de setembro por volta das 16h, no Recreational Cannabis Farmers Market em Shannonville, uns 200 quilômetros a nordeste de Toronto.

A polícia diz que três homens entraram na loja e encontraram “grande resistência” do “balconista que é do Território Tyendinaga Mohawk”. Mesmo sendo uma escolha curiosa de palavras prum policial, “grande resistência” é a descrição perfeita. Sem mais delongas, vamos ver o que ele queria dizer.

O vídeo começa calmamente com o funcionário e sua colega de trabalho andando pela loja. O homem vai para trás do balcão acompanhado do menor cachorrinho que já vi na vida. Aí, depois de uns 50 segundos, o bagulho fica sério.

Três homens usando moletons pretos, máscaras de pintura e luvas de borracha entram no prédio gritando “NO CHÃO”, “DEITA NO CHÃO, PORRA”, e já chegam esvaziando uma lata de spray anti-urso no local. É aí que a coisa fica intensa. Você acha que nosso herói, o Cara do Menor Cachorrinho do Mundo, vai deixar sua loja ser roubada?

Não, foda-se, o cara vai pra cima deles com um bong – um BONG, bicho!

Enquanto um dos caras tenta dar a volta no balcão, ele encontra nosso herói, bong em punho, dando aqueles pulinhos estranhos que você dá antes de entrar num combate mortal. Sabe, aqueles avanços que você dá na direção de alguém quando está pronto pra tudo? Ele vai na direção dos assaltantes brandindo o bong – é um daqueles bongs de vidro grandes (não enoormes), tipo aquele que seu amigo maconheiro de carteirinha tem – como você faria com um cano de vidro.

Ele vai em frente enquanto o cara com o spray de pimenta continua soltando fumaça nele, mas o spray parece não funcionar e nosso ladrão wannabe, que estava tentando dar a volta no balcão, tem que recuar. Nesse momento, dá pra notar, a hierarquia de poder se reverte. Os caras com spray anti-urso não estão mais no comando, não, como um John Wick da erva, nosso herói balconista toma as rédeas da situação.

Olha esse cara.

Em seis segundos, ele acaba com a moral dos assaltantes e deixa os caras aterrorizados. Ele alterna entre segurar o bong como se fosse um cano de ferro ou um taco de basebol. Ele avança com uma mão na frente, só esperando para agarrar um moletom. Ele muda seu foco de um bandido para o outro e deixa os caras atônitos. Eles estão diante de um exterminador armado com um bong que passou por uma nuvem de spray anti-urso como se não fosse nada – eu teria me cagado. E cara, se o vídeo acabasse aqui já seria maravilhoso, mas o que acontece depois torna o momento único.

Um dos bandidos sabe que eles não estão contra um simples balconista, e que a única esperança pra sair dessa situação são armas. Então... olhando em volta ele agarra a única coisa disponível – uma lixeira.

O assaltante ameaça o balconista com a lixeira, mas o cara está pouco se fodendo. Ele dá de ombros, como se fosse só outro dia de trabalho pra ele. Dá quase pra exergar o que ele está pensando: “é meu ganha-pão, fazer o quê, né?”.

“O que você vai fazer com isso?”, pergunta o Cara do Menor Cachorrinho do Mundo (que acabou de levar spray anti-urso na cara e mesma assim está encarando três assaltantes com um bong), incrédulo.

Bom, o ladrão sabia o que ia fazer com a lixeira – a questão é que não era um bom plano. O assaltante wannabe joga o cesto de lixo no homem com toda a força. Mas nosso herói se esquiva na hora exata e o cesto passa apenas de raspão. Agora o balconista armado com um bong começa a avançar na direção dos bandidos – provavelmente porque já estava cansado de brincar com eles.

O homem mostra de novo que já está de saco cheio, abaixando os braços por um momento antes de partir para o ataque. Com o bong no alto, ele avança e os bandidos dão o fora o mais rápido possível. Enquanto eles fogem, o balconista brande o bong uma última vez, quebrando o acessório canábico em alguma coisa (ou alguém?) e a base sai voando pra trás dele. Assim que os caras saem, o homem aproveita a deixa pra xingar os – LEMBRE-SE, TRÊS – assaltantes que tentaram roubar a loja dele. Ele fecha a porta e instrui a colega a ligar para alguém chamado Pete.

Não sei quem é o Pete, mas como é certeza que eles vão fazer um filme dessa história, acho que ele vai ter um papel importante na sequência.

Siga o Mack Lamoureux no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.