Publicidade
Music by VICE

Rimas & Melodias e a voz coletiva das mulheres negras

O supergrupo de rap/r&b formado por sete artistas mulheres lançou seu EP de estreia, que conta com participação da pesquisadora e ativista feminista negra Djamila Ribeiro.

por Beatriz Moura; fotos por Pétala Lopes
15 Setembro 2017, 5:15pm

Foto: Pétala Lopes/VICE

Em 2014, a Beyoncé usou uma parte do discurso "We Should All Be Feminists" ("Todos deveríamos ser feministas", em português), extraído do TED Talks da escritora e ativista feminista nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, como sample em "Flawless", faixa do seu penúltimo disco, o BEYONCÉ. Com o trecho de Chimamanda explicando o conceito do termo "feminista", a música se tornou um "hino pop" e ainda influencia boa parte do movimento feminista pós-2015.

Um reflexo direto dessa influência aqui no Brasil foi o que o Rimas & Melodias — projeto que começou como um cypher de sete minas já conhecidas do neo-soul e do hip-hop paulistano em 2015 mas logo se transformou num supergrupo musical — fez em "Manifesto/Pule, Garota", faixa que fecha o seu EP de estreia, lançado nesta sexta-feira (15): o grupo convidou a filósofa e pesquisadora feminista negra Djamila Ribeiro para recitar alguns versos no final da música. "Com certeza, 'Flawless' foi uma referência, mas nós resolvemos fazer diferente" explica a rapper e cantora Tássia Reis, uma das sete integrantes do R&M. "Na música da Beyoncé, era sample. Já na nossa, a gente teve a honra de receber a maravilhosa Djamila no estúdio para gravar suas incríveis palavras, escritas especialmente para a nossa faixa."

Leia a matéria completa aqui.