Publicidade
Noisey

Uma entrevista com o designer do pôster do Pearl Jam no Rio, Ravi Zupa

"O mundo inteiro tem muito a aprender com as pessoas que moram na favela."

por Amanda Cavalcanti
23 Março 2018, 5:04pm

Arte por Ravi Zupa

Na última quarta-feira (21), o Pearl Jam se apresentou com o Royal Blood no estádio do Maracanã, mas não foi exatamente o show que estampou manchetes. Na tarde antes do show, a banda divulgou o pôster da apresentação, que mostrava aves da fauna brasileira (um tucano, uma arara e um bem-te-vi) carregando fuzis sobre as favelas do Rio. Não demorou, claro, para que a associação entre a intervenção militar acontecendo na cidade fosse feita.

A arte foi assinada pelo norte-americano Ravi Zupa, cujo catálogo conta com várias dessas imagens de animais armados, em referências a guerras antigas principalmente do hemisfério Norte. Depois da explosão de compartilhamentos e comentários na postagem do Pearl Jam do pôster (que conspiravam até sobre o fato de uma das aves ser um tucano), o Noisey foi atrás de Ravi para que ele comentasse o que realmente inspirou a imagem. Leia a entrevista abaixo e veja o texto que o artista escreveu sobre a arte em seu site.

Noisey: Fale um pouco sobre o seu trabalho. O que te inspira a desenhar? E por que animais estão presentes em muitos de seus projetos?
Ravi Zupa: Sou inspirado pela arte de culturas de todo o mundo e ao longo da história. Adoro estudar as religiões, os povos e o passado através da arte e descobrir as maneiras pelas quais diferentes culturas e períodos de tempo têm histórias e tradições e ideias semelhantes

No seu site, você fala sobre ser inspirado por livros sobre a história das culturas. Você já leu algum livro sobre história brasileira/latino-americana que tenha te marcado?
Na maior parte do tempo, deixo os livros de arte guiarem minha investigação em história e cultura. Eu olho para as imagens e depois pesquiso o significado e o contexto. A maior parte do meu conhecimento da América Latina é das culturas mais ao norte, simplesmente porque os povos pré-colombianos das regiões setentrionais tinham mais arte permanente em pedra e pinturas.

Como o Pearl Jam se aproximou de você para fazer o pôster do show no Rio? E o que você achou do pedido?
Eles me procuraram há alguns anos. Eu fiz primeiro um pôster para eles em 2015, para um show em Santiago, Chile. É uma honra fazer arte para uma banda como o Pearl Jam.

O que sobre o estado cultural e político do Rio inspirou você a criar o pôster?
Acho as favelas bonitas e fascinantes. A verdade é que à medida que a população do mundo cresce e o nível do mar sobe, porque as maiores cidades do mundo estão nas costas, a maioria dessas pessoas precisará se deslocar para o interior em áreas urbanas densas e haverá cada vez mais lugares como o Rio em todos os lugares, incluindo em todo os Estados Unidos. As favelas são belas e vibrantes e cheias de vida, além de perigos e dificuldades, e o mundo inteiro tem muito a aprender com as pessoas que moram lá.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Tagged:
brasil
Design
música
Pearl Jam
rio de janeiro
arte
Poster
Favelas
violência policial
intervenção militar