Leia

Os caras solitários que estão usando 'mágicka' para transar

Sim, homens estão apelando para feitiços acreditando mesmo que isso pode ajudar a molhar o biscoito.
05 Janeiro 2017, 10:00am

Esta matéria foi originalmente publicada na VICE Canadá .

Só depois que ela comeu o fettuccine alfredo, o namorado contou que tinha colocado seu sêmen no molho.

Mas foi só um tempo depois, quando ela estava limpando o altar do mesmo namorado para uma deusa do amor vudu, que ela encontrou algo que a fez repensar a relação.

"Um dia fui tirar a poeira ali e achei uma bola de cabelo meu", ela escreveu numa postagem no Reddit. "Quando perguntei o que era aquilo, ele disse que era todo meu cabelo que ele tinha achado no apartamento dele depois que começamos a sair, mas antes de eu me mudar pra lá. Quando vi aquilo, a ficha caiu."

Ela largou o cara logo depois e explicou que, ao descobrir o cabelo, ela tinha quebrado o feitiço de tesão (ou amor) que o namorado tinha colocado nela.

Aquele namorado só estava fazendo o que os homens fazem há séculos — qualquer coisa que puderem para transar.

Nos últimos anos alguns homens estão se voltando para conselheiros e livros escrotos de pick-up artists, outros arranjam um amigo com mais lábia, e um punhado especial se volta para a mágicka.

Agora, não estou falando da suposta mágica dos PUAs ou de tirar um coelho da cartola para ver a vizinha pelada. Estou falando de "mágicka", homens de verdade repetindo feitiços acreditando mesmo que isso pode ajudar a molhar o biscoito.

Caso você esteja imaginando, o termo em inglês é "magick" e vem do grande mestre do oculto Aleister Crowley, que usou o "k" para diferenciar a mágica de palco da mágicka do oculto.

"Sedução, claro, é uma das principais razões para as pessoas se voltarem para a mágicka, e dos dias da PGM [mágica greco-romana egípcia] até a modernidade, temos mais técnicas desenvolvidas para esse propósito do que qualquer outro, exceto talvez para atrair prosperidade", o mágico e escritor Frater MC disse à VICE.

"As pessoas que procuram a mágicka muitas vezes fazem isso por desespero, necessidade ou um grande desejo. Elas não conseguiram atingir seus objetivos por nenhum meio lógico, então se tornam cada vez mais dispostas a tentar algo fora da caixa na esperança de que funcione."

Frater MC está escrevendo um livro focado na sedução mágicka no momento, mas diz que certamente não é o primeiro. Livros, especialmente e-books, sobre o tema existem aos montes na Amazon e em sites especializados.

"Independentemente do seu gênero ou orientação sexual, a sedução mágicka é uma maneira poderosa de trazer prazer para a vida", escreveu Damon Brand em seu livro Magickal Seduction — que é tipo O Jogo dos magos modernos.

"Tenho usado sedução mágicka para me divertir com sexo casual com antigas amigas e pessoas que tinha acabado de conhecer. Já usei isso para conseguir namoradas e, eventualmente, minha parceira."

Há vários livros e sites com instruções para aspirantes a magos conseguirem ficar com suas damas, ou moços, qualquer que seja a escolha dele ou dela. Até alguns tutoriais no YouTube têm aparecido agora.

Esse tipo de mágicka é tão popular — e tanta gente realmente acredita nisso — que alguns mágicos defendem que usar sedução mágicka equivale a estupro.

Então, agora que sabemos o que procurar, vamos dar uma olhada em alguns desses feitiços:

Spoiler: quase todos envolvem masturbação.

Uma música para acompanhar a leitura.

Para quem quer só uma trepadinha rápida, os feitiços mais comuns online envolvem sigilos (símbolos que representam entidades) mágickos. Alan Chapman, em seu livro Advanced Magick for Beginners destaca como utilizar um sigilo mágicko:

Passo 1: Escreva um desejo

Passo 2: Crie um sigilo omitindo letras repetidas, depois arranjando as remanescentes em um glifo arbitrário e abstrato

Passo 3: Se masturbe

Passo 4: Esqueça que fez isso

Passo 5: Registre o resultado no seu diário

Chapman diz que leva 24 horas para o sigilo fazer efeito, tempo suficiente para o jovem mago recobrar suas forças depois de bater sua punheta mágicka.

Um dos feitiços mais interessantes envolve conseguir uma cabeça de cabra "ainda com a pele", prender o nome da pessoa desejada no topo da cabeça com uma faca e repetir palavras assustadoras numa língua que lembra o latim. Aí você enterra a cabeça e o papel num cemitério seguindo as instruções "passe o PÉ ESQUERDO por cima do lugar onde a cabeça está enterrada sete vezes, imaginando a pretendente largando tudo para vir até você". Nem preciso dizer que esse é um pouco mais extremo que os outros.

Brand oferece um jeito garantido de conseguir a pessoa dos seus sonhos, mas alerta "esse é o encantamento mais poderosos do livro".

Funciona mais ou menos assim: coloque uma pedra pesada em cima de um sigilo, igual ao descrito acima, no meio de outro "círculo mágiko", depois acenda velas e cante em latim enquanto imagina o sol. Depois da primeira rodada de cânticos você deve imaginar seu alvo e, claro, começar a se masturbar — punheta não é obrigatória mas é recomendada.

Quando seu "desejo estiver forte" você chama os espíritos com uma linguagem imitando o latim e, bom, continua fazendo isso até gozar. Brand recomenda limpar a porra num pedaço de papel, mas "não muito, porque você terá que fazer isso por cinco noites seguidas".

Estranho, né?

A quantidade de feitiços de luxúria são quase infinitos, com magos e feiticeiras se juntando nos fóruns de mágicka e trocando magias como se fossem receitas.

God-King, um frequentador conhecido do Wizard Forums — um dos maiores fóruns de mágicka real da internet — disse que já usou o livro de Frater MC Abrasax tanto para transar quanto para chamar alguém para sair. Agora ele diz que deixou os dias de sedução mágicka para trás e não usa feitiços para transar "desde a faculdade".

Ele explicou à VICE como é seduzir alguém magickamente.

"Os resultados não parecem 'mágickos' a não ser que você saiba o que procurar. A mágicka tende a se cercar de coincidência. Na maioria dos casos, se seu alvo não está presente, ele pode mandar uma mensagem ou te ligar do nada, flertando ou querendo te ver. Se ele está presente, você pode notar uma mudança repentina de humor...

"O alvo vai parecer mais aberto para você, uma redução de inibições se você preferir. Escrevendo assim parece milagre, mas na realidade só vai parecer que ela está com muito tesão."

A ética da sedução mágicka

Frater MC diz seguir um código ético rígido quando se trata de seduzir uma pessoa através de mágicka, e muitos outros magos fazem o mesmo. Você pode contratar os serviços de MC, mas ele diz que quando ajuda um cliente a transar, o limite é seduzir uma pessoa em particular.

"Por exemplo, se você vem me procurar com uma crush ou amiga que só te vê como amigo mesmo, ou uma estranha que você viu mas nunca foi apresentado, claro que posso ajudar", ele diz. "Mas se você diz que está tentando seduzir a vizinha há um ano e ela sempre te rejeita, não encosto a mão nisso – não vou subverter a vontade dela."

"As pessoas me pedem para fazer isso e muito pior, mas nunca aceito."

Nas profundezas dos fóruns de mágicka existe uma facção que acredita que sedução mágicka é similar ao estupro, e muitas discussões acaloradas giram em torno da ética desse tipo de conquista.

"Se todo mundo trouxesse a moral para a mágicka, 80% dos feitiços nunca seriam feitos. A natureza é bondosa e cruel ao mesmo tempo, bom... então nossa mágicka também deveria ser", escreveu God-King numa pergunta sobre o tema.

Depois disso, as respostas caem numa picuinha sobre quem consegue quebrar a cara de quem usando mágicka.

Para quem procura um toque mágicko, Frater MC alerta que a comunidade está cheia de charlatães que só querem tirar dinheiro das pessoas. Esses mágicos vão dizer que podem te conseguir qualquer coisa simplesmente usando o livro deles.

MC diz que isso é conversa fiada. Ele diz que a mágicka funciona criando "oportunidades e circunstâncias onde você pode ter sucesso". Ele ri da ideia de magos tarados jogando feitiços a torto e a direito para conseguir descabelar o palhaço.

"Há técnicas que te permitem fazer isso? Claro, e quando você entra no caminho do estudo mágicko esse pode ser seu objetivo, mas de 100 pessoas que praticam mágicka, só um punhado tem algum sucesso", ele diz. "O universo tornou o processo extremamente longo, tedioso e árduo para alcançar o nível de habilidade necessário para isso, um meio de cortar os inaptos ou instáveis.

"Para aqueles com capacidade suficiente para desenvolver as habilidades necessárias, não vale a pena o esforço de praticar um ritual só para 'pegar mulherzinha'."

Então, se você está tentando transar usando mágicka, evite pessoas que oferecem céus e terras e tente não extrapolar as expectativas nos poderes da sedução mágicka. MC diz que os feitiços praticados pela maioria tornam o usuário mais atraente em vez de mexer com a mente do alvo.

Simplesmente não sonhe muito alto.

"Sedução mágicka não vai trazer a Scarlett Johansson para o seu quarto ou fazer modelos baterem na sua porta. Se você é um ermitão que nunca sai de casa ou tem medo de falar com mulheres quando se aventura no mundo exterior, a mágicka não vai fazer um enxame de mulheres te cercar como se você fosse o senhor das moscas.

"Então, se algum leitor espera furar o dedo, pingar um pouco de sangue, recitar um feitiço, invocar um demônio e cair na cama com uma modelo de lingerie hoje à noite, desculpe a sinceridade, mas não vai rolar."

Siga o Mack Lamoureux no Twitter .

Tradução: Marina Schnoor

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.