Publicidade
Esta história é mais de 5 anos de idade.
Tecnologia

Escolha o que É a Verdade no The Republia Times

Como você é o novo editor chefe do The Republia Times, o governo achou que seria uma boa tática de segurança manter sua família como refém de acordo com seu desempenho na escolha de que matérias entrarão ou não no jornal.

por Pedro Moreira
20 Dezembro 2013, 6:00pm

Como você é o novo editor chefe do The Republia Times, o governo achou que seria uma boa tática de segurança manter sua família como refém de acordo com seu desempenho na escolha de que matérias entrarão ou não no jornal e o bem-estar de seus entes queridos será proporcional ao desempenho do jornal. Mais um jogo feito por Lucas Pope, a mente por trás do incrível Papers, Please, o jogo retrata um universo distópico semelhante a seu maior sucesso. Ele foi feito para uma maratona chamada Ludum Dare, em que desenvolvedores de jogos fazem um jogo em no máximo 48 horas. O resultado foi este lindo game no qual você escolhe o que entra ou não para o maior jornal do país comunista Republia, sempre se atendo em não somente agradar o público em geral, mas também em fazer uma moral com o partidão. Suas escolhas entre as matérias que sairão na primeira página do jornal afetam diretamente sua família e podem também alterar o futuro do país.


Começando o serviço a favor do povo e do líder supremo! Você arrasta as matérias da esquerda para a diagramação da primeira página à direita.


Ao final de cada dia, você recebe os resultados do número de leitores e popularidade.

O Popular e o Subversivo

Dependendo das manchetes que você tem à sua disposição, é necessário equilibrar entre populismo deslavado e propaganda de estado. As matérias mais populares falam de previsão do tempo, fofocas das celebridades, esportes, etc. e as matérias que agradam a seus mestres totalitários mostram como Republia é um verdadeiro paraíso na terra; será seu papel fazer o melhor equilíbrio possível entre os dois mundos, ganhando cada vez mais leitores e apoio do estado.

Células Terroristas

O mundo que você habita no The Republia Times é o mesmo do Papers, Please, em uma Europa Oriental fictícia, onde estados lutam entre si pela hegemonia local. Assim como em Papers, Please, você controla um infeliz burocrata que está entre o poder do partido que controla todos seus movimentos com um grupo que tenta derrubar o poder vigente, suas escolhas na edição do jornal definem se o golpe de estado irá funcionar ou não. Entre as manchetes usuais, surgirão em sua mesa estranhas mensagens cifradas, informando você sobre o grupo que quer tomar o poder.


As matérias em vermelho são, na verdade, mensagens cifradas dos rebeldes passando diretrizes para destruir o estado de dentro.

O Eterno Retorno

Se você seguir as diretrizes dos rebeldes, que prometem resgatar sua família das garras opressoras do estado totalitário, e conseguir aumentar o número de leitores ao mesmo tempo em que derruba a popularidade do governo, o grupo rebelde será bem-sucedido no golpe de estado, mas... OOOOPS! você não consegue resgatar sua família, que é sumariamente executada. ;(

O que não parece ser grande problema para o novo governo, que imediatamente arruma outra esposa para você, que, por enquanto, para sua própria segurança, é mantida refém do novo estado. Bom, na prática, o que é que muda para você, infeliz trabalhador fantoche desses dois estados distintos? Na verdade, só o nome de seu glorioso país, que vai de Republia para Democria.

Ao “terminar” o jogo, o que acontece é que o regime anterior é deposto, sua família é executada e o partido novo arruma outra família para você. Nisso, o país muda de nome e você começa tudo do zero.

Spoilers, Spoilers, Spoilers

A recompensa, ao terminar o jogo, tem o mesmo gosto amargo de quando você termina

Papers, Please:

 ao obedecer todas as regras do estado e fazendo tudo direitinho, você consegue liberar o Endless Mode, no qual você continua preso à sua vida horrível de burocrata ETERNAMENTE. É uma caricatura feiosa de como seria viver num mundo que não muda e que está preso eternamente em um pesadelo Orweliano de 1984, muito menos gostoso e divertido e colorido do que o Van Haliano 1984. É difícil não fazer uma analogia com nossas próprias vidas, em que a recompensa por um trabalho mais ou menos bem feito no final das contas é, simplesmente... mais trabalho. De qualquer forma, The Republia Times é um ótimo joguinho para você jogar em seu trabalho, enrolando enquanto o recesso não chega.

Um Novo Jornal para um Novo País.

Siga o Pedro Moreira no Twitter: @pedrograca

Anteriormente - Papers, Please: o Melhor Thriller Documental Distópico de 2013