brasil

Bolsonaro continua a se constranger publicamente ao mostrar que não sabe fazer flexões

Isso vem acontecendo desde 2017.

por Marie Declercq
19 Junho 2019, 5:42pm

Tudo normal por aqui. Foto via.


Flexão de braço é um ótimo exercício. Ele fortalece os músculos do abdômen, ombros e peitoral. Se feito correto, traz resultados rápidos e visíveis. Ele também é o exercício que muita gente gosta de praticar em público para provar que seu condicionamento físico está ótimo e sempre sempre pronto para desviar um míssil no muque, como o Dwayne Johnson fez em um dos 40 filmes da franquia Velozes & Furiosos. Um homem que faz isso com uma certa frequência é o nosso presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

O problema é que Bolsonaro não sabe fazer flexões de braço. E ele provou isso todas vezes que fez questão de praticar o exercício em público.

Em 12 dezembro de 2018, o recém-eleito capitão da reserva quase matou de susto todas as famílias de bem nos grupos de WhatsApp ao arriscar flexões, mesmo após levar uma facada na barriga e circular pra lá e pra cá com uma bolsa de colostomia em decorrência do atentado. De terno, visitando o COT (Comando de Operações Táticas) da Polícia Federal, Bolsonaro colocou um joelho no chão e deixou a outra perna esticada e fez rapidamente uma corruptela da flexão de braço.

Justiça seja feita, Bolsonaro tinha levado uma facada não muito tempo atrás, em setembro de 2018. O que significa que ele estava todo costurado, portanto sua performance de força e destreza masculina desenvolvida no exército não estava 100% naquele dia. Afinal, você conseguiria fazer uma flexão de braço perfeita se estivesse mesma situação?

1560964018131-Screenshot_2019-06-19-BOLSONARO-FAZ-FLEXAO-DE-TERNO-EM-VISITA-A-TROPA-DE-ELITE-DA-PF-YouTube
Um usuário do Youtube, inclusive, fez até um comentário carinhoso sobre a situação do presidente:


Não seria justo avaliar a performance de uma pessoa nessas condições. E outra: ele declinou sua participação em todos os debates e eventos que exigissem dele algo além do que fazer o gesto de arminha. Mesmo com a saúde em cheque, Bolsonaro achou prudente mandar uma flexão casual só pra não perder o hábito. Corpo saudável é essencial para o Chefe do Executivo.

Porém, Bolsonaro possui antecedentes criminais na religião do fitness. Isso é o que o vídeo gravado em junho de 2018 prova para o júri marombeiro aqui presente.

Um grande vacilo no tropo flexão de braço do Bolsonaro é que o autor sempre resolve fazê-las na presença de pessoas que de fato sabem como executá-la da forma correta. Isso é o pior erro de uma pessoa que quer fazer um lance malfeito. No vídeo acima, fica evidente que mesmo em condições boas de saúde (foi antes da facada), o político pratica as famosas “pescoçadas” ao invés de descer seu tronco e subi-lo com a ajuda dos braços.

Enquanto os presentes sobem e descem contando em voz alta as flexões, Bolsonaro dá uma pescoçada e uma leve descida de corpo, movendo mais seus cabelos do que qualquer outra coisa. Ele até dá uma trapaceadinha e deixa de fazer a última flexão.

Bolsonaro é tão ruim em executar o exercício que até seu filho, Flavio, postou um vídeo em 2017 do pai fazendo flexão com o título “Pagando 10 flexões e o Jair Messias Bolsonaro pescoçando! rs #oquevaleéaintenção #10peloBrasil”. Não sabemos se Flavio passou 10 dias trancado no porão após o comentário, porém ele está certo: Bolsonaro só sabe pescoçar. E ainda por cima ele tem essa mania de falar “pra cima” que é meio constrangedora. No mesmo ano, o político fez uma visita à Guarda Municipal de Londrina (PR), onde mais uma vez convocou todos os presentes para pagar 10 flexões.

Talvez Bolsonaro não saiba o que é uma flexão de braço stricto sensu. Talvez ele reproduza outro tipo de exercício para fortalecer o pescoço, pensando que se trata de uma flexão de braço. Bolsonaro, porém, passou quase 11 anos dentro do contexto militar onde esse exercício é o mais comum possível. Além disso, qualquer filme de guerra tem a cena do superior psicopata mandando alguém pagar 10 perto do beliche. Ou seja, tudo indica que Bolsonaro sabe exatamente o que é uma flexão de braço. Ele sabe tanto o significado disciplinar, viril e militar que o invoca toda vez que está entre homens.

Às vezes a gente precisa de um tempo para aprender com nossos erros. Olhar para o horizonte, tomar um chá e avaliar nossas atitudes. Talvez Bolsonaro tenha ouvido críticas construtivas de colegas e finalmente decidiu que deveria parar de fazer flexões de braço a cada oportunidade, até porque ele é um homem que levou uma facada na barriga e tem prioridades maiores como proibir a tomada de três pinos, a cadeirinha de bebê em carros e armar cada cidadão brasileiro possível.

Claro que não.

Na manhã do dia 19 de junho de 2019, Bolsonaro e o governador João Doria fizeram uma visita no Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro, na zona sul de São Paulo. Aproveitando o tema “esportes”, a presença de jovens da Polícia Militar de SP, as câmeras e uma alta concentração de testosterona Bolsonaro fez o que sua natureza de homem de bem manda. Desafiou o governador a pagar 10 flexões em 20 segundos. Do jeito dele, claro.

Ao seu lado, o governador Doria (também conhecido como o Patrick Bateman brasileiro) fez a série de flexões com uma perfeição e agilidade impressionantes, quase como uma máquina übermensch movida a suplementos da Ultrafarma. Heleno também, apesar de ser mais velho e tão vermelho quanto o presidente, desceu e subiu na posição correta. Já Bolsonaro evoluiu as pescoçadas para um movimento estranho das costas que a qualquer momento parece que irá evoluir para uma hérnia de disco ou um derrame.

O presidente do Brasil já não é mais jovem como sua esposa Michelle Bolsonaro, sabemos disso. Sua saúde está fragilizada, o stress está a milhão, o Senado não aprovou nem a reforma da previdência e nem a flexibilização do porte de arma e ele levou uma facada, afinal de contas. Porém, por que um presidente cuja plataforma eleitoral obcecado com virilidade e piadas de pinto se submete tanto à demonstrações fracassadas de força em público? Essa lógica nunca saberemos. Só esperamos que o presidente saiba que fazer flexão na posição errada pode causar problemas na postura.

@vieneinpace

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram.