Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE - 2/4/2019

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
02 Abril 2019, 1:30pm

Alan Santos / Presidência da República

Brasil

Bolsonaro antecipa volta de viagem a Israel por reforma da Previdência

O presidente Jair Bolsonaro vai antecipar seu retorno de Israel ao Brasil, disse nesta terça-feira o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. A parte final da agenda em Israel, prevista para a manhã de quarta-feira, foi oficialmente cancelada. Com a mudança, Bolsonaro chegará ao Brasil na quarta por volta de 18h40. Uma das razões alegadas para antecipar a volta é a reforma da Previdência - na quinta-feira, o presidente receberá líderes partidários para conversar sobre o tema. – Valor

Presidência diz não saber quem enviou vídeo que nega golpe de 1964

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, que acompanha o presidente Jair Bolsonaro em viagem a Israel, afirmou nesta terça-feira (2) que o vídeo que nega o golpe de 1964, enviado no último domingo (31) por um canal de comunicação do Planalto, é um assunto "encerrado". A Secretaria de Comunicação da Presidência da República informou no domingo que não sabia quem produziu e quem compartilhou o material, embora o vídeo tivesse sido enviado por um canal de comunicação do Planalto. "Esse é um assunto que nós já caracterizamos como encerrado", disse Rêgo Barros ao ser questionado sobre o vídeo – G1

Paulo Preto diz à Receita ser dono de 4 contas na Suíça com R$ 137 milhões

O engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto e apontado como operador de recursos ilícitos do PSDB, reconheceu diante da Receita Federal que é o dono de quatro contas abertas na Suíça. O saldo dessas contas soma 35 milhões de francos suíços, o equivalente a R$ 137,4 milhões. Ex-diretor da Dersa, empresa de infraestrutura viária do governo paulista, Paulo Preto fez isso retificando as declarações dos últimos cinco anos e pagando uma multa, cujo valor é mantido em sigilo pelo Fisco. – Folha de S. Paulo

Alexandre de Moraes suspende lei que proibia fogos de artifício em São Paulo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu nesta segunda-feira (1º) suspender uma lei que proíbe o manuseio, utilização, queima e a soltura de fogos de artifício na cidade de São Paulo. A decisão foi tomada em ação apresentada pela Associação Brasileira de Pirotecnia (Assobrapi) no STF contra a lei, que foi sancionada por Bruno Covas em maio do ano passado. Moraes concordou com os argumentos da associação, de que o município teria legislado sobre matéria de competência federal. – UOL

Polícia prende PM e mais três suspeitos de vender fuzil em shopping no Rio

Policiais civis da 14ª DP (Leblon) prenderam, na tarde desta segunda-feira (1º), um policial militar suspeito de vender um fuzil de calibre 5,56 no interior do Shopping Downtown, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A arma tem uma luneta para uso de atiradores de elite, snipers. Outros três homens foram detidos por estarem envolvidos com a comercialização do fuzil. Segundo os investigadores, a arma seria vendida por R$ 35 mil. O policial militar foi identificado como Fábio Henrique Soares, de 39 anos. Ele é sargento e está lotado no 5ºBPM (Praça da Harmonia), na região central do Rio. – G1

Parte das padarias de SP anuncia que não vai mais vender cigarros

Cerca de 400 padarias da Grande São Paulo decidiram nesta segunda-feira (1º) parar de vender cigarros. A decisão tem dois motivos: a série de assaltos a esse tipo de comércio com foco nos pacotes de cigarro e a baixa margem de lucro com a venda do produto. Aproximadamente 6 mil padarias estão registradas na Região Metropolitana de São Paulo. A padaria Vila Carmela, em Guarulhos, já foi assaltada 18 vezes, média de quase um assalto por ano desde a sua inauguração, há 20 anos. Em todas as vezes, os criminosos tinham um único foco: maços de cigarro. – G1

Mundo

Nova Zelândia aprova em primeira votação projeto para restringir armas no país

O Parlamento da Nova Zelândia aprovou, nesta terça-feira (2), um projeto de lei para restringir a posse de armas no país. A votação teve apoio de 119 dos 120 congressistas, tanto liberais quanto conservadores. Essa foi a primeira de três votações pelas quais o texto precisa passar antes de virar lei. A medida quer proibir os cartuchos de alta capacidade e os tipos de armamento semiautomático, de estilo militar, usados no massacre do mês passado em duas mesquitas, na cidade de Christchurch, quando 50 pessoas morreram. No dia 20 de março, a premiê neozelandesa, Jacinda Ardern, anunciou que a venda desse tipo de arma seria proibida no país a partir de 11 de abril. – G1

E mais

Los Hermanos lançam música inédita após 14 anos

O grupo Los Hermanos deu a largada na turnê 2019, que marca o retorno da banda aos palcos 4 anos após hiato. Mas antes de cantar para o público brasileiro, a banda se apresentou no Lollapalooza Argentina no sábado (30). No Twitter, eles compartilharam imagens da multidão que acompanhou a apresentação no Hipódromo de San Isidro. Foi também pela rede social que a banda anunciou o lançamento da música “Corre Corre”. A faixa inédita é a primeira após 14 anos sem novidades. O último disco com inéditas de Los Hermanos foi “4”, lançado em 2005. – G1