Sexo

Atores e atrizes pornô nos contam sobre as vezes que tiveram o coração partido

“Ela não gostava que eu fazia pornô, mesmo sendo uma atriz pornô. Estou assistindo vários filmes que vimos juntos, como 'P.S. Eu te Amo'.”

por Rebecca Baden, e Laura Binder; Traduzido por Marina Schnoor
09 Novembro 2018, 3:36pm

Todas as fotos por Flora Rüegg.

O pornô só costuma abordar o tema de decepção amorosa quando um homem flagra a esposa sendo penetrada por três estranhos ou quando uma mulher decide fazer sexo lésbico porque seu namorado a traiu com a professora de espanhol. Na verdade, porém, os atores adultos são tão vulneráveis como qualquer um a tomar um pé na bunda ou ter o coração partido.

Cercados de pênis de plástico e vaginas de silicone, oferecemos aos artistas pornô da Feira Venus Erotic, em Berlim, na Alemanha, uma pausa de responder quais suas posições sexuais favoritas e perguntamos sobre a última vez que eles ficaram de coração partido.

Lia Lion, 20 anos

1539342826635-IMG_3595

“Minha última decepção amorosa foi algumas semanas atrás. Eu estava saindo com um cara muito fofo com quem trabalhei por um tempo. Mas de repente ele me disse que não estava pronto para um relacionamento. E pensei comigo mesma: 'Que ótimo. Viajei dez horas de ônibus de Berlim para Baden-Württemberg por semanas pra ver esse cara, só pra levar um tapa na cara emocional'. Mas ultimamente estou me sentindo bem melhor com isso.

“Como atriz pornô, consigo muitas coisas que quero, mas é difícil achar caras atraentes que têm o pacote completo. Tenho o Tinder no meu celular, mas ainda não marquei nenhum encontro. Fora os colegas do pornô, muitos caras não ficariam comigo por causa do meu trabalho. Muita gente vê meu trabalho como um tipo de prostituição e não me perguntam o que realmente faço. No momento, estou bastante solitária.”

Freddy Gong, 28 anos

1539342879987-IMG_3601

“Não tenho um relacionamento há muito tempo, então faz tempo que ninguém parte meu coração. Eu era adolescente da última vez que aconteceu. Me apaixonei por uma garota que não estava interessada em mim. Eu não sabia nada sobre amor ou como lidar com rejeição."

“Hoje, é difícil ferir meus sentimentos. Se gosto de alguém, posso desligar isso rapidamente. E sempre tenho cuidado para não magoar ninguém. Conheço muitas mulheres no meu trabalho, então é impossível desenvolver sentimentos por todas elas – é só um trabalho. Às vezes trabalho com atrizes que gosto mais que outras. Ocasionalmente tem uma com quem consigo trabalhar especialmente bem. Talvez isso seja amor verdadeiro.”

Hanna Secret, 22 anos

1539342971054-IMG_3547

“Minha última decepção amorosa foi um mês atrás. Eu estava louca por um cara que conheci filmando uma novela de TV. Ele era um câmera freelance e não tinha nada a ver com a indústria do pornô. Acho que ele sabia que eu sentia algo por ele, mas não deu certo – ele já tinha uma família."

“Me apaixono com uma certa frequência. Honestamente, artistas pornô geralmente não se apaixonam. Meu trabalho me ensinou muito sobre os homens: conheço muitos homens, e muitos deles são insinceros, desonestos e julgam as mulheres só pela aparência. Mas, claro, nem todo homem é assim.”

Mark Aurel, 35 anos

1539343034061-IMG_3632

“Estou passando por um momento assim agora. Ela não gostava que eu fazia pornô, mesmo sendo uma atriz pornô. Claro, machuca. Ultimamente estou fazendo muitas caminhadas, e assistindo vários filmes que vimos juntos, como P.S. Eu te Amo."

“Você pode esquecer sobre encontros nessa indústria. Moro no sul da Alemanha, onde mulheres normais não se sentiriam bem com meu trabalho. Não tive nenhuma sorte no Tinder ainda, mas talvez meus padrões sejam um pouco altos por causa das mulheres com quem fico no meu trabalho."

“Muito tempo atrás, teve uma mulher que realmente partiu meu coração, bem antes de entrar para a indústria do pornô. Nos conhecemos num parque de diversões e ela traiu o namorado dela comigo. Logo me apaixonei. Mandei rosas e até mudei de cidade para ficar perto dela. Quando terminamos, fui duas vezes para o Afeganistão com o exército. Estar em outro país me distraiu e me ajudou a superar a decepção.”

Princepessa, 21 anos

1539343112677-IMG_3541

“Trabalhando no pornô você conhece muitos homens. Estou aberta para um relacionamento propriamente dito, e não acho que meu trabalho atrapalharia – ninguém me rejeitou ainda porque faço sexo diante das câmeras."

“Quatro anos atrás, eu estava feliz e apaixonada por um cara. Não estávamos num relacionamento e só tive um crush por ele por um curto período, mas ele sabia que eu queria mais e, infelizmente, eu não era o que ele queria. Na época eu não tinha feito nenhum filme, mas acho que como atriz pornô é fácil se distrair e conhecer alguém novo.”

Cat-Coxx, 40 anos

1539343159431-IMG_3571

“Eu estava muito apaixonada cinco anos atrás, até fiz uma tatuagem com as iniciais dele. Éramos completos opostos – tenho um senso de humor muito negro, enquanto ele era pragmático e nada engraçado. Ele tinha um trabalho normal e, durante dois anos de relacionamento, fiz uma pausa no pornô porque ele não queria que eu fosse 'esse tipo de garota', e porque eu estava criando duas crianças."

“Acabei escolhendo a carreira em vez do homem, e isso partiu meu coração. Prometi a mim mesma que nunca mais ia me magoar assim de novo. Meus filhos não se importam com o que faço, e meu novo parceiro veio a apreciar minha carreira, mesmo tendo um emprego normal. Às vezes fazemos vídeos amadores juntos. Ele é muito mais mente aberta.”

Matéria originalmente publicada pela VICE Alemanha.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.