Boletim Matutino da VICE - 11/1/2019

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

|
11 Janeiro 2019, 11:23am

Isac Nóbrega / Agência Brasil

Brasil

Bolsonaro autoriza a fusão entre Embraer e Boeing

O Palácio do Planalto informou por meio de nota nesta quinta-feira (10) que o governo não exercerá o poder de veto ao acordo entre Boeing e Embraer para criação de uma nova empresa na área de aviação comercial. De acordo com a nota, divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência, o presidente Jair Bolsonaro foi informado durante reunião nesta quinta no Palácio do Planalto que a proposta final do acordo "preserva a soberania e os interesses nacionais". Em dezembro, as duas empresas anunciaram que aprovaram os termos do acordo anunciado em julho do ano passado. A americana Boeing deterá 80% do novo negócio e a brasileira Embraer, os 20% restantes. – G1

9ª noite de ataques no Ceará tem explosão em viaduto

Criminosos explodiram uma bomba na estrutura de um viaduto na rodovia CE-040, no Bairro Messejana, em Fortaleza, nesta quinta-feira (10). A onda de violência no estado chegou à 9ª noite seguida com 187 ataques confirmados em 43 dos 184 municípios cearenses. O Governo do Ceará confirmou que, após a onda de violência, transferiu 41 membros de facções criminosas do estado para presídios federais, sendo 20 transferências realizadas entre a noite de quinta e a madrugada desta sexta-feira (11). – G1

Prescrição médica de derivados da cannabis no Brasil cresce 183% em 3 anos

A crescente demanda de pacientes por produtos derivados da cannabis, os canabinoides, pressiona a classe médica brasileira. De 2015 a 2018, o número de profissionais que prescreveram canabinoides foi de 321 para 911 (alta de 183%), segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reunidos pela Abmedcan, entidade voltada à formação de médicos sobre o tema. Mas o total de prescritores ainda é baixo, se comparado ao de pacientes que já receberam autorização para importar o produto: 4.236, até outubro. Incertezas sobre as substâncias, dificuldades de delimitar dosagens e insegurança sobre a legalidade da prática estão entre os motivos da baixa adesão. – UOL

Mackenzie expulsa estudante de direito que publicou vídeo racista durante as eleições

A Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo expulsou o estudante de direito Pedro Baleotti, de 25 anos, segundo a assessoria de imprensa da instituição. O jovem apareceu em vídeo durante as eleições de 2018 dizendo que a “negraiada vai morrer”. "Os trâmites institucionais foram cumpridos e o aluno foi expulso, receberá todos os documentos quanto aos créditos cumpridos. A instituição não coaduna com atitudes preconceituosas, discriminatórias e que não respeitam os direitos humanos", afirmou o Mackenzie por meio de nota. – G1

E mais

Rapper e ativista LGBT Kevin Fret é morto a tiros aos 24 anos em Porto Rico

O rapper e ativista LGBT Kevin Fret foi morto a tiros, em Porto Rico. O cantor tinha 24 anos. Fret, que se descrevia como primeiro artista abertamente gay do trap latino, foi morto em San Juan, na noite desta quinta-feira (10), segundo a polícia local. O artista estava andando de moto na rua quando foi atingido por oito tiros na cabeça e no quadril, segundo a BBC. Conforme a publicação, a morte de Fret elevou para o número de assassinatos em Porto Rico este ano para 22. – G1