FYI.

This story is over 5 years old.

O Profano Álbum de Mashup Aphex Twin/Taylor Swift do David Rees

Por que o cartunista David Rees resolveu unir sons absurdamente opostos é uma questão que não sabemos responder. Ainda assim, mandamos a real sobre o disco numa resenha beat a beat.
28 Outubro 2014, 10:34pm

Não vamos perder tempo pensando em como ou por que um álbum de mashup Aphex Twin/Taylor Swift (AKA Aphex Swift) existe. Ele existe e não há nada que você, eu ou qualquer outra pessoa possa fazer pra mudar isso. Tudo o que podemos fazer agora é ouvir a "Twengerbibbytwo2" e jogar com as cartas que a vida nos deu. Com isso em mente vamos detonar os trabalhos selecionados do artista David Rees - também conhecido como o cara por trás da indústria do apontamento de lápis artesanal - beat a beat.

**1. "T4ROUBLE" ("4" VS. "TROUBLE") **

"T4rouble" começa fraca e melhora muito pouco através de seus 4 minutos e 10 segundos. Fora de tom e fora de tempo, foi difícil pra mim entender por que o David Rees escolheria abrir o seu álbum com essa bagunça. Então, por uns breves segundos, mais precisamente no 1:13, o impensável acontece: "T4rouble" soa meio que ok. É um sinal do que estaria por vir.

2. "STARLIGHTLICKER" ("WINDOWLICKER" VS. "STARLIGHT")

O que eu vou dizer agora chocou até a mim mesmo, mas "Starlightlicker" é realmente uma boa música. Algo nela simplesmente funciona. Esta música é a trilha sonora de trailer de filme blockbuster de Hollywood do futuro. Ela vai ensinar as pessoas que nunca ouviram rádio antes a sonhar sonhos impossíveis, e vai ensinar às pessoas que só ouvem rádio que o progressive house não é a única ferramenta para pop stars tentando ganhar dinheiro com música eletrônica

3. "WE ARE NEVER EVER GETTING GIRL/BOYGETHER" ("GIRL/BOY SONG" VS. "WE ARE NEVER EVER GETTING BACK TOGETHER")

Pela primeira vez na minha vida as palavras me falham completa e totalmente. Essa música é tão ruim que ela nem justifica uma terceira sentença. Na verdade justifica sim: não ouça essa música.

**4. "TO CURE A WEAKLING MCGRAW" ("TO CURE A WEAKLING CHILD" VS. "TIM MCGRAW") **

É nesse ponto que "AphexSwift" alcança seu interlúdio. "To Cure A Weakling McGraw" evocará imagens de corvos deslizando em poças d'água enquanto o sol se põe e é a música de fundo perfeita para funerais e vigílias.

5. "WHY YOU GOTTA BE SO FLIM" ("FLIM" VS. "MEAN")

Essa é a música que realmente te dá esperança no mundo. Todo mundo, desde uma garota de 13 anos no Starbucks até um homem de 34 anos que só sai do quarto para comprar Kleenex e hidratante entenderá "Why You Gotta Be So Flim". E vai ajudar você, você, e até você a superar o seu/sua ex que não tem a menor ideia de que alguém sente falta dele/dela. Você é um(a) homem/mulher forte, independente e um dia - um glorioso dia - o mundo saberá disso.

6. "EVERYTHING HAS CORNMOUTHED" ("CORN MOUTH" VS. "EVERYTHING HAS CHANGED")

Foda-se essa música.

7. "TWENGERBIBBYTWO2" ("FINGERBIB" VS. "22")

"Twengerbibbytwo2" é outra música que alcança um sucesso triunfal. David Rees encontra o balanço perfeito entre as duas faixas, e o som de uma das vozes mais icônicas da cultura pop sendo acompanhada por synths chiados e notas rígidas realmente chega lá.

8. "YOU BELONG WITH AVRIL" ("AVRIL 14TH" VS. "YOU BELONG WITH ME")

Essa música fará você chorar e adormecer. Quando acordar você terá uma ereção. Sim, mesmo as garotas. Eu não sei o que isso significa mas sei que amo essa música. Siga em frente, T-Swift. Espero que você encontre o seu homem.

Ziad Ramley está no Twitter: @ZiadRamley