Publicidade
Australia

Crocodilão capturado na Austrália é do tamanho de uma van

Com 600 quilos, o grandalhão é o maior crocodilo já encontrado no Rio Katherine, no norte australiano.

por Equipe VICE; Traduzido por Marina Schnoor
11 Julho 2018, 6:06pm

Foto: @rfitz18.

Guardas-florestais locais estavam perseguindo o crocodilo de água salgada de 4,71 metros e 600 quilos há uma década. Guias de passeio e pescadores já tinham reportado ver o crocodilo monstro perto da rampa de barcos do Rio Katherine, na região norte da Austrália, mas os próprios guardas nunca tinham visto. Aí, na tarde de segunda-feira, o Parques e Vida Selvagem dos Territórios do Norte anunciou que o bicho não era um mito, e que eles finalmente tinham sedado e capturado a coisa.

A caçada começou em maio, quando guardas-florestais estavam checando o Parque Nacional Nitmiluk de helicóptero. A checagem acontece todo ano perto da estação das secas para localizar crocodilos. E apesar de serem incomuns na terra dos Territórios do Norte, crocodilos de água salgada são maiores e mais agressivos, e são removidos antes que o rio seja aberto para banhistas no inverno.

Três crocodilos de água salgada foram localizados este ano e armadilhas foram instaladas duas semanas atrás. A besta de 4,71 metros foi pega primeiro, junto com um crocodilo muito menor de 2,37 metros. Estima-se que o maior tenha cerca de 60 anos.

Os guardas-florestais John Burke e Chris Heydon, do departamento de Parques e Vida Selvagem dos Territórios do Norte, disseram ao Katherine Times que esse é o maior crocodilo já capturado no Rio Katherine. “A média é de um crocodilo de 4,2 metros na maioria dos anos, mas nunca grande assim”, John disse a repórter Roxanne Fitzgerald.

“Mesmo sendo a estação de seca, os crocodilos estão por toda parte. Eles estão sempre em movimento independente da temperatura”, ele disse. “A população está crescendo.”

E mesmo sendo caçadores experientes, os guardas admitiram que não deram chance ao azar. “Quando eles são grandes assim, temos que sedá-los para não correr o risco de alguém ser comido”, disse Chris Burke.

Matéria originalmente publicada pela VICE Austrália.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.