Noticias

Boletim Matutino da VICE 24/03/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
24 Março 2020, 11:57am
49686310568_2e667c7348_o

Brasil

Bolsonaro edita MP que suspende prazos de respostas via Lei de Acesso à Informação

O presidente Jair Bolsonaro editou uma Medida Provisória (MP) que suspende prazos de pedidos feitos via Lei de Acesso à Informação (LAI). Segundo o texto, em meio à pandemia do novo coronavírus, a suspensão vale para demandas feitas a órgãos ou entidades da administração pública cujos servidores estejam sujeitos a regime de quarentena, teletrabalho ou equivalentes e que, necessariamente, dependam de acesso presencial de agentes públicos encarregados da resposta; ou de agente público ou setor prioritariamente envolvido com as medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O texto foi publicado nesta segunda-feira (23) em edição extra do "Diário Oficial da União" (DOU) e também é assinado pelo ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner de Campos Rosário, e pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira. – G1

Motorista de Bolsonaro dá entrada em hospital com problemas respiratórios

Um dos motoristas do presidente Jair Bolsonaro deu entrada em um hospital de Brasília apresentando problemas respiratórios, o que pode indicar contaminação pelo novo coronavírus. Segundo fontes do governo, o estado de saúde do motorista está sob controle. Ele apresenta alguma dificuldade para respirar, mas não tem febre. O motorista foi submetido ao teste da Covid-19 e aguarda o resultado. O caso foi informado à Secretária de Saúde do Distrito Federal. Dias atrás, outro motorista da Presidência da República também foi submetido a um teste para ver se estava com o coronavírus. O primeiro exame deu positivo, mas a contraprova deu negativo. – Correio Braziliense

Salvador fecha shoppings e restaurantes, interdita praias e suspende aulas

A prefeitura de Salvador determinou uma série de ações para garantir o isolamentos dos moradores da capital baiana e, assim, tentar desacelerar o surto do novo coronavírus. Entre elas as medidas adotadas, o prefeito ACM Neto anunciou fechamento de shoppings e restaurantes, interdição de praias e suspensão das aulas. "Pra combater o coronavírus, algumas medidas foram necessárias. Aulas suspensas. Shoppings fechados. Praias interditadas. Só os serviços essenciais da Prefeitura estão funcionando. O isolamento é a ação mais eficiente contra o vírus", anunciou a gestão de ACM Neto (DEM). O prefeito também determinou a proibição de atividades sonoras na capital baiana, a partir de quarta. Equipamentos poderão ser apreendidos caso descumpram. – UOL

Governadores da Amazônia pedem equipamentos médicos à China por coronavírus

Os governadores dos estados que compõem o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal pediram ajuda para a China para conter o avanço do novo coronavírus. O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), informou ontem nas redes sociais que os mandatários solicitaram o apoio do governo chinês no fornecimento de materiais médicos, insumos e equipamentos, em especial leitos de UTI e respiradores. "Hoje (segunda-feira, 23), enviei um ofício em nome do Consórcio de Governadores da Amazônia para ajudar a conter o coronavírus em nossa região. Oficializei o pedido de ajuda ao embaixador chinês Yang Wanming para nossa região", escreveu Góes no Twitter. "O povo chinês é exemplo para o mundo inteiro neste momento difícil. Temos uma relação de respeito e admiração e estamos certos de que podemos contar com os chineses para vencer esse desafio", acrescentou o governador. – UOL

Consequências econômicas serão maiores do que 5 ou 7 mil que vão morrer, diz dono do Madero

O empresário paranaense Junior Durski, dono da rede de restaurantes Madero, compartilhou nesta segunda-feira (23) um vídeo nas redes sociais em que critica medidas restritivas sobre setores econômicos como resposta a expansão do novo coronavírus no Brasil. Ele afirma que o número de mortes causadas pela doença não será tão grave quanto o de desempregos. “O Brasil não pode parar dessa maneira. O Brasil não aguenta. Tem que ter trabalho, as pessoas têm que produzir, têm que trabalhar. O Brasil não tem que essa condição de ficar parado assim. As consequências que teremos economicamente no futuro vão ser muito maiores do que as pessoas que vão morrer agora com o coronavírus”, disse no vídeo. - UOL

Justiça proíbe que Templo de Salomão seja chamado de "Sinagoga de Satanás" no Google

O Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu que o Templo de Salomão, sede da Igreja Universal do Reino de Deus, em São Paulo, seja vinculado aos termos “Anticristo” e “Sinagoga de Satanás” em buscas na plataforma Google Maps. No processo, a Igreja Universal alegou que, sempre que eram utilizados os termos "Anticristo" e "Sinagoga de Satanás" na busca do Google Maps, ferramenta de mapeamento por satélite, o resultado da pesquisa era vinculado à imagem e ao endereço do Templo de Salomão, no bairro do Brás, na zona leste da capital paulista. Ao buscar os termos na tarde desta quinta-feira (15), a reportagem não encontrou os resultados reclamados. A decisão, que é de dezembro do ano passado e foi proferida no dia 1º deste mês, também determinou que o Google Brasil desenvolva filtros que evitem a “vinculação presente e futura” desses termos ao nome, imagem e endereço do templo no Google Maps. – UOL

40% dos paulistanos acham a gestão de Bolsonaro péssima, diz Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (23) mostra que 25% da população da cidade de São Paulo aprovam a gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido); enquanto 48% consideram o atual governo como péssimo e ruim. O levantamento mostra os seguintes percentuais de avaliação sobre a gestão do presidente eleito em 2018: ótima: 9%; boa: 16%; regular: 26%; ruim: 8%; péssima: 40%; não sabe/não respondeu: 1%. A pesquisa ouviu 1.001 eleitores de 16 anos ou mais entre os dias 17 e 19 de março. O levantamento foi contratado pela Associação Comercial de São Paulo. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. – G1

"Não dá para ir além do que estamos fazendo" sobre coronavírus, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje que ele e sua equipe ministerial estão trabalhando "há semanas" para minimizar os efeitos do novo coronavírus no país, destacando que não há como ir além do que já está sendo feito. "Estamos fazendo o possível, não dá pra ir além do que estamos fazendo, todos os ministérios têm trabalhado incessantemente", afirmou o presidente aos jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada na manhã desta segunda (23). O presidente disse que os empregos estão sendo "exterminados" e que o governo não pode levar o pânico à população. "Empregos estão sendo exterminados, em especial aqueles que vivem da informalidade. Essas pessoas não têm como sobreviver mais que três, quatro dias sem seu sustento." – UOL

Bolsonaro é alvo de panelaços pelo 7º dia seguido

Cidades brasileiras registraram panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro na noite desta segunda-feira (23). São Paulo e Rio tiveram gritos de "fora, Bolsonaro!" a partir das 20h. Foi o sétimo dia consecutivo de manifestações contrárias a Bolsonaro. As primeiras ocorreram na terça-feira (17) da semana passada. No Rio de Janeiro as panelas foram brandidas em bairros como Botafogo, Copacabana, Humaitá, Leme, Glória, Leme e Tijuca, enquanto na capital paulista as caçarolas retumbaram em Pinheiros, Bela Vista, Vila Madalena, Santa Cecília, Pompeia e Butantã. – G1

Professor da USP diz que mais pobres 'vão morrer nas portas dos hospitais'

O professor da Universidade de São Paulo e um dos cirurgiões mais renomados do Brasil, Miguel Srougi, criticou as medidas do governo federal para conter a crise do coronavírus no país. De acordo com Srougi, a infraestrutura hospitalar brasileira aponta para a falta de atendimento para a população mais pobre no ápice da pandemia. Quando questionado sobre a sua perspectiva da pandemia no Brasil, o professor disse, em entrevista ao jornal O Globo, que o país acompanha a disseminação da covid-19 como "espectador" e o presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), "de forma incompetente e imoral", menospreza a gravidade da pandemia no país. – UOL

Homem de 33 anos de SP é o mais jovem a morrer pelo coronavírus no Brasil

Um homem de 33 anos de São Paulo é o mais jovem a morrer pelo novo coronavírus no Brasil. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, o jovem tinha uma comorbidade (doença prévia), que ainda não foi especificada pela pasta. Até a tarde desta segunda-feira (23), o Brasil registrou 30 mortes na capital paulista, e quatro no estado do Rio, nas cidades de Niterói, Miguel Pereira, Petrópolis e Rio de Janeiro. Nesta segunda foram confirmadas mais oito mortes em São Paulo. Além do homem de 33 anos, há entre os mortos cinco homens (68, 75, 76, 77, 78 anos) e duas mulheres (80 e 88 anos). O estado tem 745 casos confirmados da doença, segundo balanço divulgado nesta segunda. – G1

Marco Aurélio Mello atende estados do Nordeste e proíbe cortes no Bolsa Família

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, atendeu nesta segunda-feira (23) ao pedido feito por governadores de sete estados e proibiu cortes no Bolsa Família. O ministro ordenou que a União apresente dados que indiquem o motivo de cortes realizados até o momento. Entraram com a ação judicial os governos de Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A decisão liminar (provisória), segundo o ministro, ultrapassa esses estados e tem validade para todo o país. “Os dados sinalizam a tese jurídica veiculada e o dano de risco irreparável a ensejar desequilíbrio social e financeiro, especialmente considerada a pandemia que assola o país”, diz o ministro na liminar. A ação ainda terá julgamento definitivo, mas não há data prevista. – G1

Bolsonaro revoga trecho de MP que previa suspensão de contratos de trabalho por 4 meses

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (23) que revogou o trecho da medida provisória 927 que previa a suspensão dos contratos de trabalho por 4 meses. A medida foi publicada pelo governo nesta segunda no "Diário Oficial da União", com ações para combater o efeito da pandemia de coronavírus sobre a economia. O governo defende a MP como uma forma de evitar demissões em massa. O trecho revogado pelo presidente foi o artigo 18. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), partidos políticos e entidades já haviam se manifestado contra pontos da MP editada pelo governo e defenderam aperfeiçoamento do texto. "Determinei a revogação do art.18 da MP 927, que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário", escreveu Bolsonaro no Twitter. – G1

Haddad diz que 'é duro lidar com um vírus e um verme, simultaneamente'

Candidato derrotado na eleição presidencial de 2018, Fernando Haddad (PT-SP) atacou indiretamente Jair Bolsonaro (sem partido), por conta da medida provisória que autoriza suspensão de contratos de trabalho por quatro meses. "É duro ter que lidar com um vírus e um verme, simultaneamente", postou Haddad em seu Twitter, na manhã dsta segunda-feira (23), sem citar o nome do presidente. Já Manuela D'Ávila (PCdoB), tuitou: "Perto da meia-noite, o governo editou uma Medida Provisória que autoriza o não-pagamento de salários por 4 meses sem criar nenhuma alternativa para as pessoas sobreviverem nesse período. Sem renda básica, nada. É dramático!", criticou. – UOL

Justiça libera investigação contra Flávio Bolsonaro sobre 'rachadinha'

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu nesta segunda-feira (23) que o senador Flávio Bolsonaro continue a ser investigado pelo Ministério Público estadual por crimes que teria praticado durante o seu mandato como deputado estadual. A advogada Luciana Pires, que defende o senador, disse que não irá se manifestar sobre a decisão. De acordo com o Ministério Público estadual, o senador é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, em um suposto esquema de "rachadinhas" – no qual funcionários do então deputado devolveriam parte do salário pago por ele quando era deputado estadual, na Assembleia Legislativa (Alerj). A decisão é da desembargadora Suimei Cavalieri, da 3ª Câmara Criminal, que havia suspendido a investigação, em 11 de março. – G1

Twitter apaga posts de Flávio Bolsonaro e Salles com vídeo descontextualizado de Drauzio

O Twitter apagou tuítes do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), que utilizavam fora de contexto um vídeo antigo do médico Drauzio Varella sobre a crise do coronavírus. A empresa considerou que as postagens violavam as regras de uso da rede ao potencialmente colocar as pessoas em maior risco de transmitir o vírus. O vídeo foi gravado por Drauzio Varella em janeiro e tecia comentários sobre aquele momento da crise, quando ainda não existiam casos de contaminação no Brasil. No vídeo de janeiro, o médico dizia que estava levando a vida normalmente e que não havia motivo para pânico. No entanto, Flávio Bolsonaro e Salles compartilharam o vídeo nos últimos dias, sem contexto, levando seus seguidores a acreditarem que Varella estava comentando a situação atual da crise no país. – Folha de S. Paulo

Por cautela com coronavírus, Guedes adota trabalho remoto e não despachará de Brasilia

Para evitar contágio por coronavírus, o ministro da Economia, Paulo Guedes, aderiu ao regime de trabalho remoto. Guedes testou negativo para a Covid-19, mas, por cautela, despachará de casa, no Rio. O ministro tem 70 anos. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (23) pelo Ministério da Economia. Guedes, que vivia no Rio antes de assumir o cargo, tinha o costume de viajar para a cidade às quintas-feiras, despachar da sede do ministério na capital fluminense às sextas e retornar a Brasília às segundas. A pandemia alterou essa rotina. Já nesta segunda-feira, o ministro não retornou à capital federal. – O Globo

Responsável pelo combate à epidemia em SP, David Uip testa positivo para coronavírus

Chefe de centro de combate à covid-19 em São Paulo, o médico infectologista David Uip, de 67 anos, testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB). Doria explicou que David Uip está isolado, mas passa bem, e acrescentou ainda que já se submeteu ao teste por precaução. "Informo que o resultado do exame do Dr Davi Uip, Coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, deu positivo para covid-19. Ele está isolado, passa bem e permanecerá em sua residência. Há pouco me submeti ao teste e, assim que obtiver o resultado, divulgarei", escreveu Doria, em seu perfil no Twitter. – UOL

Prefeito de SP vai fazer teste e diz que ficará isolado em seu gabinete

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), 39, afirmou hoje no Instagram que vai fazer o teste para saber se tem a covid-19 e já disse que ficará isolado em seu gabinete até o resultado do exame. A iniciativa vem após o médico infectologista David Uip, chefe do centro de combate ao coronavírus em São Paulo, descobrir hoje mais cedo que está com a covid-19. Covas, que há quase cinco meses foi diagnosticado com câncer, foi obrigado a entrar em uma "quarentena" por conta do coronavírus. As medidas frustraram os planos de seu entorno, que esperava torná-lo mais conhecido da população com vistas à disputa pela reeleição em outubro. Com a nova "quarentena", Covas literalmente se mudou para a Prefeitura e levou para o gabinete a cama que estava no quarto do seu apartamento na Barra Funda, na zona oeste. – UOL

Álcool gel a preço de custo começa a valer em SP, mas mercados não têm o produto

Álcool gel continua a ser um dos produtos mais cobiçados em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A partir desta segunda (23), o produto começa a ser vendido em mercados e farmácias a preço de custo no Estado de São Paulo, mas, na capital, o produto segue em falta em muitos lugares. A procura pelo álcool gel já vinha crescendo desde o final de fevereiro, quando o país teve a primeira confirmação do novo coronavírus, o que levou o preço às alturas em muitos estabelecimentos. Para evitar abusos de preços, o governo do Estado de São Paulo fez um acordo com associações de supermercados e farmácias para que o produto passasse a ser vendido a preço de custo a partir desta segunda-feira (23). – UOL

Porto Alegre restringe circulação de pessoas com mais de 60 anos, multa é de R$ 400

A Prefeitura de Porto Alegre restringiu a circulação de pessoas acima de 60 anos por meio de decreto publicado neste domingo (22). A medida foi tomada como uma das atitudes de combate ao avanço da Covid-19 na Capital do Rio Grande do Sul. Caso seja flagrado em deslocamento sem uma justificativa, o idoso poderá ser multado em até R$ 417, de acordo com a prefeitura. As pessoas com mais de 60 anos terão que estar com o documento de identificação para a checagem da idade pelos agentes de fiscalização. De acordo com último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde são 85 casos de coronavírus confirmados no estado. – G1

Governo de Pernambuco proíbe mototáxi e reuniões com mais de 10 pessoas

O governo de Pernambuco determinou, nesta segunda (23), que estão proibidas reuniões com mais de 10 pessoas e transporte de passageiros via mototáxi como medidas conter o avanço do novo coronavírus no estado. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara (PSB), através de um pronunciamento em vídeo divulgado na internet. "A melhor estratégia no combate à disseminação do vírus, neste momento, é o isolamento social. Por isso, estamos editando um novo decreto hoje [segunda, 23], com proibição de reuniões e aglomerações de mais de 10 pessoas e do transporte de passageiros via mototáxi", afirmou. Com 37 casos confirmados no estado da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o governador também anunciou a contratação imediata de profissionais de saúde. – G1

Polícia investiga BO sobre mortes por problemas respiratórios em MG

Autoridades policiais abriram investigação sobre um boletim de ocorrência (BO) registrado pela Polícia Civil de Minas Gerais indicando que uma funerária de Belo Horizonte recebeu 73 cadáveres entre a sexta-feira (20) e a noite de domingo (22). Segundo o BO, foi informado que os laudos cadavéricos mostram que pelo menos 23 desses corpos tiveram como causa da morte problemas respiratórios graves — como “insuficiência respiratória aguda”, “pneumonia crônica” e “pneumonia aspirativa” — e que o laudo de um deles indicava morte por Covid-19. A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) confirmou a existência do boletim de ocorrência à reportagem. Mais tarde, no entanto, ressaltou que há suspeitas sobre a veracidade do que foi escrito no documento. – Correio Braziliense

Traficantes e milicianos impõem toque de recolher em comunidades do Rio por coronavírus

Moradores de diferentes comunidades do Rio relatam mensagens de traficantes e milicianos impondo toque de recolher à população devido à pandemia do novo coronavírus. O governo do estado já decretou restrições para isolar a capital fluminense e tentar conter a propagação do vírus. Foram tomadas medidas como a redução do funcionamento de trens, barcas e metrô. No entanto, não foi determinado toque de recolher, com horário definido para que moradores estejam em casa. Indo além das medidas tomas pelo estado, recado enviado pelas redes sociais nas comunidades de Rio das Pedras, Muzema e Tijuquinha, na Zona Oeste do Rio, orienta que a população não saia das ruas a partir das 20h. – G1

Prefeitura no ES tira bancos de avenida para manter idosos em casa

Nos últimos dias, várias medidas estão sendo tomadas, em cidades de todo o mundo, para evitar a propagação do novo coronavírus. Mas uma dessas alternativas está chamando a atenção. Nesta segunda-feira (23), a Prefeitura de Marilândia, no Noroeste do Espírito Santo, retirou 50 bancos de concreto da principal avenida no município. Segundo a prefeitura, a decisão é para evitar que os idosos saiam de casa, já que muitos deles passavam horas aglomerados nos bancos da região. De acordo com a Prefeitura de Marilândia, os idosos representam uma parte considerável da população local. Mesmo com a determinação dos órgãos de saúde, para que as pessoas permaneçam em casa, principalmente os grupos de risco, muitos idosos estavam ignorando a medida e ficavam nos bancos de concreto da avenida Dom Bosco no Centro da cidade. – A Gazeta

Irmãos que bebiam em bar são presos no AP, um deles jogou lata de cerveja em policial

A Justiça do Amapá mandou prender preventivamente três irmãos que descumpriram o decreto do governo do Estado que proíbe aglomerações para conter o coronavírus. O trio ingeria bebida alcoólica em um bar quando recebeu a abordagem da Polícia Militar (PM) aconselhando a quarentena. Um dos jovens, de 24 anos, se negou a ir para casa e jogou uma lata de cerveja no rosto de um militar. O caso ocorreu neste domingo (22) em Santana, na região metropolitana de Macapá. Na decisão, o juiz plantonista Diogo de Souza Sobral indicou que a prisão dos irmãos era necessária para servir de exemplo aos que desrespeitam as orientações de isolamento. – UOL

Filme mais visto no Brasil no fim de semana teve menos de 200 pagantes

Os filmes que estavam entre os mais vistos Brasil na semana passada tiveram a audiência reduzida em mais de 99,5% entre quinta-feira (19) e domingo (22). A bilheteria foi quase nula no país, devido às medidas necessárias para evitar o avanço do coronavírus no país. O filme mais visto, Bloodshot, teve 166 pagantes em todo o país. No final de semana passado, já com o público diminuindo, ele tinha sido visto por 144 mil pessoas no Brasil. No total, os 10 filmes mais vistos arrecadaram R$ 7,3 mil e foram vistos por 594 pessoas no final de semana no Brasil. Mesmo sendo um número baixo, este público nas salas vai contra as recomendações do Ministério da Saúde de aumentar a distância social para diminuir o avanço do coronavírus. – G1

Quatro casais ficam presos em motel alagado em Manaus

A forte chuva que atingiu Manaus nesta segunda-feira (23) deixou o Eros Motel, localizado na avenida Torquato Tapajós, completamente alagado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), o fato fez com que quatro casais ficassem presos no lugar. Em nota, a corporação informou que uma equipe de resgate foi acionada para retirar as vítimas do motel. Para fazer o deslocamento, um bote deve ser usado pelos Bombeiros do Batalhão de Bombeiros Especial (BBE). Segundo a Defesa Civil Municipal, até as 8h55, foram registradas 13 ocorrências, entre alagações, deslizamentos e desabamentos. Foram registradas cinco ocorrências alagação, nos bairros Monte das Oliveiras, Manoa, Colônia Terra Nova, Alvorada e São José; quatro deslizamentos de barranco, na Compensa, Novo Israel e Colônia Terra Nova; três desabamentos, nos bairros Manoa, Petropólis e São Francisco e um desabamento de muro no bairro Jesus Me Deu, informou a Defesa Civil. – Amazonas1

Mundo

'A pandemia está acelerando', diz OMS sobre aumentos de casos de coronavírus no mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira (23) que nos últimos 4 dias os novos casos de coronavírus subiu em 100 mil, levando o total de pessoas infectadas a mais de 300 mil em quase todos os países do mundo. "A pandemia está acelerando", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, informando que o vírus está em circulação em"quase todos os países do globo terrestre." ara comparar a velocidade que a pandemia ganhou nos últimos dias, a OMS informou que o número de casos de Covid-19 atingiu a marca de 100 mil em 67 dias – mas levou apenas 11 dias para dobrar e atingir 200 mil casos e outros quatro dias para chegar a 300 mil casos. – G1

Governos europeus subsidiarão salários de milhões de trabalhadores

Enquanto o debate sobre o destino dos trabalhadores brasileiros revela um governo sem rumo, governos europeus tentam evitar a repetição da crise de 2008 e abrem seus cofres para bancar os salários de milhões de pessoas. A previsão da Organização Internacional do Trabalho é de que, em 2020, o desemprego no mundo dará um salto de 25 milhões de pessoas diante da paralisia gerada pela pandemia. Para evitar que tal cenário se transforme em uma crise humanitária e o aprofundamento da pobreza, governos europeus têm mergulhado em novos planos de resgate. Na UE, todos estão cientes de que isso vai gerar um desequilíbrio nas contas dos estados, a regra de ouro para a existência do euro. Mas os limites foram abolidos, justamente para impedir que a sociedade não seja asfixiada. A estratégia mais completa foi adotada pela Suécia. O governo indicou que poderá subsidiar os trabalhadores para que possam receber 90% de seus salários, mesmo que trabalhem horas reduzidas ou em casa. Para aliviar os empregadores, todos os impostos foram adiados para 2021. – UOL

Membro do COI diz que decisão de adiar as Olimpíadas já foi tomada

"O adiamento foi decidido. Os Jogos Olímpicos não começarão em 24 de julho". A afirmação é do membro mais antigo do COI (Comitê Olímpico Internacional), onde está desde 1978, o ex-presidente da Wada (a agência internacional antidopagem) Dick Pound, de 78 anos. Em entrevista ao jornal americano "'USA Today", nesta segunda-feira, o dirigente canadense disse que as Olimpíadas de Tóquio serão adiadas, provavelmente para 2021, mas que os detalhes ainda serão discutidos nas próximas semanas. "Com base nas informações do COI, o adiamento foi decidido. Os parâmetros daqui para frente não foram determinados, mas os Jogos não começarão em 24 de julho, pelo que sei" declarou o veterano do COI. – GloboEsporte

Polícia prende homem por lamber equipamentos do metrô na Alemanha

A polícia prendeu um homem de 33 anos em Munique nesta segunda-feira, após ele lamber máquinas de venda de bilhetes, barras de apoio de passageiros e corrimão da escada rolante do metrô da cidade. Ele também filmou suas ações, divulgando os vídeos nas mídias sociais. Segundo a polícia, o suspeito disse querer espalhar a Covid-19. As autoridades afirmaram que testaram o homem, que será processado por lesão corporal, e aguardam o resultado do exame. – DW

Número de pessoas curadas do coronavírus no mundo já passa de 100 mil

O número de pessoas que se recuperaram do novo coronavírus passou de 100 mil nesta segunda-feira, 23. A informação é do monitoramento em tempo real conduzido pela Universidade Johns Hopkins. No momento, o levantamento contabiliza exatos 100.443 casos de pacientes diagnosticados com a covid-19 que conseguiram se recuperar, sendo a província de Hubei (China), onde a doença surgiu, o local que reúne o maior número de curados, 59.882. A região é seguida do Irã, com 8.376, e a Itália, com 7.024. O número de casos confirmados já passou de 350 mil e o total de mortes, no momento, é de 15.430, sendo a Itália o país mais afetado pela epidemia, com 5.476 mortes. Mais até do que o registrado na China. – Exame

Em meio à pandemia, EUA decidem que venda de maconha é 'serviço essencial'

Para conter a epidemia de coronavírus, vários estados americanos estão decretando o fechamento do comércio, abrindo exceção apenas para serviços essenciais, como farmácias, bancos, mercados e… lojas de maconha. Na segunda-feira passada (16), a cidade californiana de San Francisco determinou o fechamento de todos os dispensários de maconha, junto com o resto do comércio. Mas, no dia seguinte, o departamento de saúde pública da cidade reverteu a decisão, excluindo essa indústria específica do decreto. "Cannabis é um medicamento necessário para muitos san-franciscanos, por isso dispensários continuarão operando", disse o prefeito London Breed, ao comunicar a decisão, que inclui não apenas os dispensários medicinais, mas também os recreativos. – Época

Homem nos EUA morre após se automedicar com cloroquina para coronavírus

Um homem na faixa dos 60 anos no estado do Arizona, nos Estados Unidos, morreu após usar sem orientação médica a cloroquina, usada para o tratamento de malária, lúpus e atrite, em uma aparente tentativa de se tratar da covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus. A sua esposa, que também se automedicou com a cloroquina, segue em observação por profissionais do Hospital Banner Health, segundo informações da CNN. O medicamento ganhou as manchetes na última semana por ser uma possível alternativa para ajudar pacientes da covid-19. Algumas pesquisas iniciais apostam que a cloroquina pode ser útil contra o novo coronavírus. Mas seu uso ainda precisa de testes e requer cuidados. – UOL

Homem é preso em porta-malas de carro tentando furar confinamento na Espanha

A polícia da Catalunha divulgou hoje ter prendido três pessoas em um carro, uma delas no porta-malas, tentando furar o confinamento imposto pelo governo da Espanha, como medida para conter a propagação do novo coronavírus. O caso aconteceu na cidade de Sant Andreu de la Barca, na província de Barcelona. Os agentes visualizaram as duas pessoas em bancos do veículo - sendo que só está autorizado tráfego com uma - e, ao fazer revista, localizaram o terceiro indivíduo. O homem que estava no porta-malas explicou aos policiais que havia saído de casa para tentar ver a avó, o que seria um descumprimento de recomendações do governo, que pedem para que se evite contato com idosos. – UOL

E mais
Morre aos 92 anos o quadrinista Uderzo, criador do 'Asterix'
O francês Albert Uderzo, criador do personagem de quadrinhos "Asterix", morreu aos 92 anos. A família do desenhista anunciou o falecimento nesta terça-feira (24), em Neuilly-sur-Seine, na região parisiense. "Albert Uderzo morreu dormindo em sua casa, em Neuilly, de um ataque cardíaco não relacionado ao coronavírus. Ele estava muito cansado há várias semanas", disse seu genro Bernard de Choisy. Com René Goscinny, Albert Uderzo imaginou em outubro de 1959 as aventuras do gaulês de bigode loiro, um personagem "cult" nos quadrinhos. Desde a sua criação, os álbuns de "Asterix" venderam 380 milhões de cópias em 111 idiomas. – G1

E mais

Ao explicar porque falou bosta para Mion, Justus fala mais bosta ainda sobre coronavírus

Após a viralização de um áudio que enviou para Marcos Mion no domingo (22), em que criticava o apresentador de A Fazenda e a conduta da população mundial em relação à pandemia de Covid-19, Roberto Justus participou ao vivo do Aqui na Band desta segunda (23) para justificar suas opiniões sobre o assunto. E novamente minimizou os efeitos da doença e o número de mortes. "12 mil mortes em 7 bilhões de habitantes é muito pouco pra criar essa histeria coletiva", disse. O empresário e apresentador explicou na Band que, quando mandou o áudio, havia visto que cerca de 12 mil pessoas haviam morrido em decorrência da doença no mundo e fez questão de responder, com rispidez, porque achou um absurdo Mion afirmar, baseado em estudos científicos, que um milhão de pessoas poderiam morrer de coronavírus no Brasil. – Na Telinha

Youtube tira do ar vídeo em que Olavo de Carvalho diz que coronavírus não existe

O Youtube tirou do ar um vídeo em que o astrólogo Olavo de Carvalho colocava em dúvida a existência da pandemia do novo coronavírus no mundo. Até o momento, a doença já contaminou mais de 1.800 pessoas no Brasil e matou 34. No mundo, mais de 350 mil pessoas foram contaminadas, e mais de 15 mil morreram, segundo dados da universidade norte-americana Johns Hopkins. A plataforma entendeu que o conteúdo publicado feria as diretrizes da comunidade. Em sua lista de regras, o Youtube afirma que, em seu esforço para contribuir no combate ao coronavírus, fará "a remoção rápida de vídeos que violem nossas políticas assim que eles forem sinalizados. Isso inclui o conteúdo que incentiva as pessoas a não procurarem tratamento médico ou que afirmem que substâncias nocivas podem ser benéficas à saúde." - Folha de S. Paulo

Twitter apaga postagens de Allan dos Santos que colocavam em dúvida a crise do coronavírus

O Twitter apagou neste segunda-feira (23) postagens do influenciador Allan dos Santos, do canal bolsonarista Terça Livre, que questionavam informações divulgadas por órgãos de saúde pública sobre a pandemia do novo coronavírus. Em suas postagens, Allan repetia argumentos apresentados pelo guru bolsonarista Olavo de Carvalho em vídeo que foi tirado do ar pelo Youtube mais cedo no mesmo dia. Allan dizia, por exemplo, que para afirmar que alguém morreu de coronavírus seria necessário fazer uma autópsia em todos os órgãos, e perguntava se alguém já havia feito isso. Ele tem argumentado que a preocupação global com a crise do coronavírus seria uma fabricação da imprensa e que não haveria motivo para pânico. - Folha de S. Paulo

Saxofonista Manu Dibango morre aos 86 anos vítima do coronavírus

O célebre saxofonista camaronês Manu Dibango, um astro do jazz, morreu nesta terça-feira aos 86 anos, poucos dias depois de contrair o novo coronavírus, informaram pessoas próximas ao artista. O compositor de “Soul Makossa”, uma das músicas mais famosas dos anos 70, é o primeiro artista que falece devido à COVID-19. “Morreu durante a madrugada, em um hospital da região de Paris”, declarou à AFP Thierry Durepaire, representante e gerente das obras musicais do artista. O funeral será uma cerimônia íntima e uma homenagem será organizada posteriormente, quando possível, afirma a página do músico no Facebook. - Istoé

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.