Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
25 Setembro 2017, 11:38am

Fofo via VICE News

Brasil

Temer libera mais de R$ 1 bilhão em tentativa de se livrar de denúncia
Michel Temer acenou com uma nova rodada de emendas parlamentares no valor de R$ 1,02 bilhão para evitar que a Câmara autorize a investigação das acusações de obstrução de justiça e organização criminosa levantadas pela PGR contra o presidente. A denúncia, que envolve ainda os ministros Eliseu Padilha (PSDB-RS) e Moreira Franco (PSDB-RJ) deve começar a ser analisada nesta semana – na sexta-feira (22) Temer publicou nas redes sociais um vídeo dizendo que o país trilha caminho de "regimes de exceção" ao aceitar "acusações sem provas". – UOL

Ministério Público de SP rejeita acordo de delação com a Odebrecht
O MP de São Paulo rejeitou um acordo de delação premiada com a Odebrecht, que traria dados e fatos novos sobre o pagamento de propinas em obras do Metrô, CPTM, Dersa e DER durante os governos de Geraldo Alckmin (PSDB) e José Serra (PSDB) frente ao governo do estado e de Gilberto Kassab (PSD) frente à prefeitura. Os promotores que investigam o caso dizem não endossar o acordo de leniência da Lava Jato com a Odebrecht. – Folha de S. Paulo

Brancos usam cotas para negros para entrar em curso de medicina da UFMG
Dezenas de candidatos brancos têm feito uso fraudulento das cotas raciais criadas em 2009 para o curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais – caso de alunos como Vinícius Loures, loiro de olhos claros, que chegou a trabalhar como modelo publicitário. O movimento negro e entidades estudantis endossam os protestos da comunidade acadêmica contra as fraudes no sistema de cotas da universidade. – Folha de S. Paulo

Após ocupação do Exército, mais de 3 mil alunos têm aulas canceladas na Rocinha
Após a ocupação da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, pelo Exército, na sequência de uma disputa pelo controle do tráfico na região que deixou a cidade em pânico na sexta-feira (22), mais de 3 mil alunos não terão aulas nesta segunda-feira (25). Os confrontos começaram no dai 17 de setembro e chegaram ao ápice na semana passada. Após a ocupação do Exército, realizada a pedido do governo estadual, foram registrados 3 mortes e 16 prisões na área. – G1

PMs e Guarda Civil são condenados a mais de 600 anos por chacina em São Paulo
Dois PMs e um Guarda Civil foram condenados, conjuntamente, a mais de 600 anos de prisão pela maior chacina da história de São Paulo, quando 23 pessoas foram mortas nos dias 8 e 13 de agosto de 2015. Eles foram acusados de 17 dos 23 assassinatos. O julgamento durou cinco dias, e o júri chegou ao veredito por 4 votos a 3 – as defesas já anunciaram que vão recorrer das condenações. - UOL

Mundo

Trump inclui Venezuela e Coreia do Norte em veto de viagens aos EUA
Um novo decreto do governo de Donald Trump neste domingo (24) substituiu o veto a imigrantes de seis países de maioria islâmica para os EUA (Irã, Somália, Sudão, Iêmen e Líbia) por um decreto que inclui o veto agora também para cidadãos do Chade, Venezuela e Coreia do Norte, enquanto o Sudão foi retirado da lista. O governo Trump ainda tenta viabilizar judicialmente o veto migratório, que só foi liberado pela Suprema Corte do país recentemente. – G1

Extrema-direita ganha espaço inédito no parlamento alemão em eleições que deram vitória a Merkel
O Alternativa para a Alemanha, partido de extrema-direita cuja principal plataforma é o veto expulsão de imigrantes do país, conseguiu conquistar 89 cadeiras no parlamento alemão nas novas eleições. Com 13,4% dos votos, a AfD ficou na frente dos partidos Verde e da Esquerda, e deve ser a principal oposição local à primeira-ministra Angela Merkel, que foi reeleita. – Terra

Futebol americano tem rodada de protestos em massa após declarações de Donald Trump
Após o presidente dos EUA pedir um boicote aos jogadores que têm protestado contra a violência policial durante jogos da NFL, liga de futebol americano dos EUA, a última rodada de partidas neste fim de semana contou com protestos em massa de dezenas de jogadores. Jogadores e também dirigentes (incluindo doadores da campanha de Trump) têm dado os braços e cantando o hino nacional ajoelhados em massa, protestando ao mesmo tempo contra a violência policial contra as populações negras e latinas do país e pela liberdade de expressão política nos EUA. – Globo Esporte

E mais

Nova série de Star Trek estreia na Netflix – mas não nos EUA
Star Trek Discovery, a nova série da franquia de ficção científica cinquentenária, estreia nesta segunda-feira (25) na Netflix de todo o mundo, exceto dos EUA, onde faz parte do serviço de streaming da rede CBS. Discovery, primeira série de TV de Star Trek em mais de 10 anos (desde Enterprise, de 2005), é um prequel que vai abordar eventos ocorridos 10 anos antes da série original, que estreou nos anos 60. – Netflix

Tagged:
Donald Trump
Star Trek
chacina
Michel Temer
PM
Rocinha
extrema-direita
cotas raciais
Odebrecht
futebol americano
Boletim Matutino