Publicidade

“Pior instalação sonora do mundo” vai tocar “Africa” do Toto por toda a eternidade

O artista Max Siedentopf colocou uns alto-falantes no meio do Deserto da Namibia. “Africa” vai tocar no repeat até a instalação ser consumida pelas areias do tempo.

por Alex Robert Ross; Traduzido por Marina Schnoor
17 Janeiro 2019, 9:00am

Foto cortesia do artista.

Talvez um dia a gente se canse do hit gargantuesco de 1982 do Toto “Africa”. Talvez, no futuro, seja difícil explicar para os nossos filhos por que essa foi a música mais tocada da internet em 2017. Ou eles podem perguntar por que o Weezer fez um cover da música em 2018, pulando para o topo das paradas do iTunes e pegando a cobiçada posição 69 da lista de sons do ano do Noisey.

Mas hoje não é esse dia. Não, hoje é o dia que apreciamos essa instalação sonora no Deserto do Namibe, que vai tocar “Africa” do Toto no repeat por toda a eternidade.

A instalação foi feita pelo artista alemão namibiano de 27 anos Max Siedentopf, que disse que queria prestar a “homenagem definitiva” para a música do Toto, a tocando num loop permanente. A obra é formada por seis alto-falantes abastecidos por energia solar, ligados a um iPod que contém uma música. “Alguns namibianos adoraram a ideia, outros dizem que provavelmente é a pior instalação sonora da história”, Siedentopf disse a BBC. “Acho que é um grande elogio.”

Se você tem muito tempo livre — ou se mora perto do Deserto do Namibe — Siedentopf desenhou esse mapa não muito útil para te guiar até a música. É bom tentar ver a instalação antes que a eternidade chegue. “A maioria das partes da obra foram escolhidas para ser o mais duráveis possível, mas tenho certeza que o clima do deserto vai acabar devorando a instalação eventualmente”, ele disse a BBC.

Siga o Alex Robert Ross [solinho de teclado] no Twitter.

Notícia originalmente publicada no Noisey US.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.