Entretenimento

Um resumão da treta da Azealia Banks com a Grimes e Elon Musk

A rapper diz que ela foi para Los Angeles fazer um som com a Grimes antes que as coisas ficassem doidas. Mas vai saber.

por Colin Joyce; Traduzido por Amanda Cavalcanti
14 Agosto 2018, 6:49pm

É difícil se surpreender com praticamente qualquer notícia nessa desilusão coletiva induzida pela ansiedade chamada "estar vivo em 2018", mas a coisa ficou muito mais doida nesta segunda (13). No fim de semana, Azealia Banks — que parecesempre estar envolvida nas situações mais inacreditáveis possíveis e impossíveis — postou uma série de stories no Instagram supostamente da casa de Elon Musk em Los Angeles, que ela aparentemente foi visitar a convite da Grimes sob a suposição de que elas fariam um som juntas. Mas nada é tão fácil assim, e segundo Banks, as coisas ficaram doidas bem rápido e ela acabou sozinha por dias na casa de Musk enquanto o caos se desenrolava ao redor dela.

Em prints dos stories postados no Twitter — o Noisey não conseguiu verificar se eles foram de fato postados por Banks — a rapper diz que "esperou por todo o fim de semana, enquanto Grimes mimava o namorado dela por ser burro demais para não twittar enquanto tomava ácido". Ninguém sabe o quão verídica é esta história, mas segue um bom conselho que serve para todo mundo, milionário de ou não: é uma boa ideia ficar longe de redes sociais enquanto você está tomando drogas psicodélicas, e especialmente se você for já for um magnata da tecnologia com uma propensão à falar merda. Ou, como diria um amigo meu, se você está doidaço de droga e não está tratando seu celular como "uma cobra venenosa no seu bolso", talvez você deva reconsiderar suas prioridades.

Da parte de Musk, ele disse ao Gizmodo ontem via DM que "ele nunca conheceu ou interagiu com Banks de nenhum jeito." Um porta-voz da Tesla também disse ao Jalopnik que os posts da rapper eram "completamente nonsense". O que, por um lado, é exatamente o que você diria se seu CEO fosse acusado por uma artista de ignorar a fé dos investidores da empresa enquanto consumia substâncias ilegais. Mas também estou disposto a reconhecer que basicamente qualquer coisa — ou absolutamente nada — pode ter acontecido, porque o mundo é cada vez mais inacreditável e, como sempre, muito burro.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.