Publicidade

O Facebook quer colocar olhos nas fotos em que você aparece piscando

Pesquisadores da empresa estão fazendo testes com inteligência artificial para retocar suas fotos mais constrangedoras.

por Sarah Emerson; Traduzido por Amanda Guizzo Zampieri
12 Julho 2018, 10:00am

Imagem: Shutterstock.

O Facebook está fazendo testes com IA para corrigir as fotos constrangedoras em que as pessoas aparecem piscando — uma nova melhoria na cruzada interminável para deixar as pessoas mais bonitas na internet.

A técnica nova utiliza um “retoque” inteligente para replicar os globos dos olhos nas pessoas de um modo bem convincente. Isso foi feito por meio da Rede de Geração Antagônica (GAN, na sigla em inglês) para reconhecer os olhos abertos com base em um conjunto de fotos de referência. Basicamente, significa mostrar a aparência de um rosto humano a ponto de não comprometer a estrutura facial individual de uma pessoa quando a fotografia for retocada.

Ao treinar o sistema de aprendizado automático com fotos de pessoas de olhos abertos, a GAN aprendeu as características, como cor e formato dos olhos, além de também considerar fatores como a postura de uma pessoa e a iluminação da foto.

Uma dupla de pesquisadores do Facebook publicou recentemente seus achados no site da empresa. Para o experimento, eles treinaram a GAN com duas milhões de imagens alinhadas em 2D. Esse conjunto de dados continha imagens de aproximadamente 200 mil indivíduos, com ao menos uma fotografia da pessoa de olhos abertos. Para a realização de uma replicação externa, um conjunto de dados de fotos de 17 mil celebridades, contendo 100 mil imagens, foi pego da internet.

Os resultados são muito, muito bons. Quando questionado sobre qual seria a foto “real”, um grupo de pessoas escolheu aquela gerada por inteligência artificial em 54% das vezes (ou não estavam certas sobre qual seria a restaurada), de acordo com o estudo.

Imagem: Estudo do Facebook
Imagem: Estudo do Facebook

Contudo, a técnica apresenta limitações. Óculos e certos cortes de cabelo fazem a rede dar uns tropeços, o estudo afirma. E é muito delicado também; fotos sem ruídos ou detalhes demais, com pessoas em poses mais sérias, tendem a produzir resultados mais precisos. E sem a foto de referência de olhos abertos, a GAN não seria capaz de realizar a reconstrução personalizada.

A edição de fotos com IA é compreensivelmente atrativa porque 1) as pessoas são preguiçosas e 2) querem se sair bem o tempo todo. O IA Sensei da Adobe, por exemplo, compara imagens a “fotos editadas profissionalmente”, como uma ferramenta para que amadores possam produzir fotos com aspecto profissional. O Adobe também tem uma opção para “abrir os olhos fechados”, mas é muito mais trabalhosa do que o recurso do Facebook.

De qualquer modo, estou curiosa para ver se e como o Facebook vai lançar isso. Será necessário dar consentimento para que o Facebook retoque as imagens? Saberemos quando isso vai acontecer com uma foto nossa? Como as fotos do Facebook já foram utilizadas para a aplicação de leis, será que os tribunais vão argumentar que as imagens no Facebook não são mais evidências válidas porque uma IA pode ter manipulado elas?

Até lá, você pode desativar o tagueamento de suas fotos, e deixar seus álbuns fechados.

Matéria originalmente publicada no MOTHERBOARD US.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal MOTHERBOARD.
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, no Instagram e no YouTube.

Tagged:
AI
Fotos
images
inteligencia artificial
edição de foto
IA
imagens
olhos