Publicidade
Noisey

Rica Pancita analisa os lançamentos da sexta #105

Finalmente as coisa tá melhorando, no tocante a isso aí.

por Rica Pancita do Twitter
01 Fevereiro 2019, 6:56pm

E ae, força jovem.

Entramos em fevereiro. Você sobreviveu. Parabéns para você por manter-se vivo, estou muito feliz por isso.

Após a última semana muito traumática no tocante a sons, dessa vez já vou conseguir estar apresentando para você leitor uns negocinho melhor. Ou ao menos uns negocinho que me agradaram. Pode ser que não agrade você, mas aí é o risco que eu decidi correr. A vida é feita de riscos.

E basicamente é isso. Beba muita água. Cuide-se.

Semana que vem é nóis de novo.

----AS MAIS TOP DA SEMANA----

Interpol - “Fine Mess”

Esse som sim bateu bonito desde o primeiro segundo. Tá bem no nível do Turn On The Bright Lights que tanto emocionou os jovem da época. Até tentei caçar ponto pra criticar, mas não achei não. Som fera.

White Denim - “Shanalala” / “NY Money”

A primeira faixa eu nem vou entrar muito em detalhes porque é uma instrumental que parece uma longa (2m46s) introdução pra o que vem em seguida que, aí sim, é um belo sonzinho. Onda alt-folk de base muito da gostosinha que aí vai indo. Bota lá o momento do solinho de guitarra, vai segurando a base, aí quando cê vai perceber passou 6 minutos e cê nem sentiu. Bem bom.

Guided By Voices - Zeppelin over China

Disco com TRINTA E DUAS faixas, sendo que boa parte delas não dura 2 minutos. Aviso que não ouvi inteiro, mas foi mais que a metade (tô na faixa 19 agora), e já falo que o disco é bom. Não teve nenhuma música que eu não gostei até agora. Som indiezão velha guarda. O vocal já tá meio cansado? Já. Mas faz parte também. Disco show.

Beirut - Gallipoli

Nunca fiz questão de esconder a minha completa birra pelas musiquinhas muito bonitinhas muito uplifting do conjunto musical Beirut. Até tinha um pouco do famoso caso “os fã é chato”, mas a espécie fã-de-Beirut entrou em extinção em 2009. Porém, ficou a birra. Mas enfim, mesmo assim, e mesmo tendo falado meio mal de todos os singles que vieram anteriormente, no fim das contas o disco completo resultou numa boa audição. Como esperado, a maior parte do disco é aquele naipe de metais-violão-coralzinho já conhecido como som de tocar em cerimônia de casamento a céu aberto que, de fato, é muito do bonitinho, com uma ou outra faixa que destoa disso aí. Saiu um bom disco de deixar rolando enquanto faz outra coisa como, por exemplo, a faxina de fim de semana. Fim de semana é faxina na casa hein galera. Valeu.

----AS OUTRAS QUE TAMBÉM ESTÃO ATÉ QUE BOAS----

The Chemical Brothers - “Got To Keep On”

Som bem na moralzinha. É aquela que num futuro show eles vão meter no meião pra dar o tempo da galera ir pegar uma cerveja (porém não é tempo suficiente de pegar a fila pra comprar a ficha, já tem que estar com ela na mão). A melodia não é de todo mal, inclusive muito pelo contrário, mas tem algo nos samples das vozes que não me agradou muito não. Mas, no geral, boa música.

Avey Tare - “Saturdays (Again)”

Boa música, melodia bem na moral, bem a cara do Avey Tare mesmo. Se cê tá ligado, então tá ligado. Se não tá, recomenda-se passar a estar. E é isso.

Lexa - “Só Depois do Carnaval”

Boa faixa pra playlist Carnaval 2019. Pop-funk na moral, de qualidade, daqueles que a amiga lá do Diplo desistiu de fazer. Eles que se resolvam lá. Enfim, som maneirinho.

Cage The Elephant - “Ready To Let Go”

Indiezinho animadinho que, sei lá viu, pra mim tanto faz. Aqueles indie disco-pop sem grandes novidades. Não me interessa muito não. Mas é okzinha até.

The Mountain Goats - “Younger”

Folk aceleradinho, violão-piano-bateria, esquema lá do Mountain Goats. Tá um som bom de ouvir, mas prefiro quando eles vem mais na moral.

Lil Pump - “Racks on Racks”

É o trap aí galera. Alô galera do trap, ó o trap aí. Skrrt skrrt. Valeu.

Papatinho - “Como ela vem”

Pop-funk que ficou bom esse som aí. É a baladinha romântica que agrada a família brasileira pois é romântica de jovem e não tem palavrão. E a produção tá boa mesmo. Então é boa.

----RUIM----

Big Boi - “Doin’ It”

Single com duas faixas bem da fraquinha. Deus do céu. “Doin’ It” é fraquinha com potencial pop pra tocar em alguma rádio FM desse meu mundão. A outra sei lá o que faz com a outra. Duas fracas.

White Lies - Five

Seguinte… Esse tá sendo o último disco que estou ouvindo hoje e já tô meio sem paciência pra esse som aí. Tá meio imagine os dragons, só que dando uma maquiada oitentista pra ficar mais new wave, mas é muito imagine uns dragons. Não tenho paciência não. Chatinho.

Toda semana, o guerreiro brasileiro Rica Pancita seleciona a nata dos lançamentos do universo pop para a playlist só com o ouro fonográfico no Sexta Lançamentos por Rica Pancita.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tagged:
brasil
música
Guided By Voices
Spotify
Interpol
white denim
Beirut
Playlist
Sexta lançamentos por Rica Pancita